Oracle Press Release

Exadata Database Machine conquista clientes no Brasil

Clientes como Pão de Açúcar, Tribunal de Justiça de Santa Catarina, Piraquê e parceiros Oracle como CTIS e TCI adotam Exadata para avançar nos negócios

São Paulo, Brasil 31-OCT-2010 08:38 PM

Notícias

A empresa de pesquisa de mercado IDC publicou recentemente três relatórios sobre o Oracle® Exadata Database Machine com base em anúncios e entrevistas com clientes durante o Oracle OpenWorld San Francisco 2010.
Aumento de performance, rápida implementação, gerenciamento simplificado e diminuição de riscos são os grandes atrativos da primeira database machine para OLTP (processamento de transações on-line) desenvolvida pela Oracle, o Exadata Database Machine. Estes benefícios explicam porque o Exadata tem conquistado clientes no Brasil, seja por sua capacidade de armazenar um volume de dados dez vezes maior ou pela capacidade de pesquisar esse conteúdo dez vezes mais rápido do que os ambientes tradicionais disponíveis no mercado.
A alta performance e outros benefícios como o ganho de espaço em disco – que pode chegar até dez vezes mais da sua capacidade devido ao grande potencial da compressão híbrida –, fizeram com que clientes como o grupo varejista Pão de Açúcar, a fabricante de biscoitos, massas e margarinas Piraquê, os parceiros Oracle CTIS e TCI Business Process Outsourcing e o Tribunal de Justiça de Santa Catarina apostassem no Exadata V2.
Lançada em 2009, o Exadata Database Machine Versão 2 é a máquina mais rápida para data warehouse e processamento de transações (OLTP). Trata-se da única database machine capaz de executar aplicativos OLTP. O Exadata V2 destaca-se ainda por executar virtualmente todos os aplicativos de bancos de dados de forma mais rápida e econômica do que qualquer outro computador do mundo.

Desenvolvido com componentes de hardware, os quais seguem os padrões de mercado e também a tecnologia FlashFire da Sun, e também componentes de software que incluem o Oracle Database 11g Release 2 e o Oracle Exadata Storage Software Release 11.2, o Sun Oracle Exadata V2 é duas vezes mais rápido do que o Exadata Versão 1 para data warehouse.

Com a inclusão de Exadata Smart Flash Cachê baseado na tecnologia Sun FlashFire, o Oracle Exadata v2 vai além dos aplicativos de data warehouse, oferecendo desempenho e escalabilidade para o processamento de transações on-line. Entre outras vantagens, o equipamento ganha espaço pela excelente relação custo-benefício que pode ser 7,5 vezes menor quando comparada à plataforma de um dos principais concorrentes.

Tribunal de Justiça de Santa Catarina terá o primeiro Exadata a rodar no país

Segurança e alta disponibilidade foram duas premissas básicas que fizeram com que o Tribunal de Justiça de Santa Catarina optasse pelo Exadata V2 para OLTP, para dar suporte com qualidade à implementação do processo digital nas suas unidades.
No contexto da melhoria dos serviços prestados e para agilizar o trâmite dos processos judiciais, a Lei 11.419, publicada em 2006, estabeleceu as condições para a informatização dos procedimentos judiciais e foi um marco para a modernização do Judiciário Nacional. Contudo, a modernização do Tribunal de Justiça de Santa Catarina começou bem antes, em 1996, quando foi o primeiro do País a se informatizar utilizando a plataforma de banco de dados Oracle.
Atualmente, mais de 2 milhões de processos tramitam nas 111 comarcas catarinenses e no Tribunal de Justiça. A instituição está trabalhando gradualmente na centralização das bases de dados, buscando a otimização e o melhor gerenciamento dos recursos disponíveis.
Na prova de conceito que antecedeu ao processo licitatório, uma rotina de extração de dados do banco que normalmente demoraria mais de quatro horas para rodar no ambiente tradicional, foi executada em apenas 20 segundos no Exadata.
A solução adquirida pelo tribunal é o Exadata V2 meio rack, com quatro servidores de bancos de dados e sete de armazenamento. Com o Sun Oracle Database Machine, os clientes podem armazenar um volume de dados dez vezes maior e pesquisar esse conteúdo com dez vezes mais rapidez, sem fazer quaisquer alterações nos aplicativos.
A solução que começou a operar no Tribunal de Justiça de Santa Catarina será agregada à infra-estrutura existente, para apoiar à migração da atual versão do sistema de automação do Judiciário para sua 5ª geração, o que permitirá a utilização do processo digital em todo o estado até o final de 2011.

Parceiros terão democenter com Exadata

Além de venderem a solução, os parceiros Oracle CTIS e TCI também adotaram Exadata V2 com o objetivo de aprimorar processos internos e atingir altos níveis de performance. A ideia é mostrar aos potenciais clientes que os resultados conquistados em casa também podem ser obtidos em seus negócios.
No caso da CTIS, os planos previam a implementação de dois equipamentos: um para demonstração e outro para uso interno, que está associado à meta de expansão dos negócios.
Localizado em Brasília (DF), o democenter já está em operação e os clientes podem simular situações semelhantes às rotinas que enfrentam no dia a dia. O desempenho do equipamento impressiona. Uma rotina de um dos clientes da CTIS que demorava cerca de 15 horas para ser concluída pôde ser efetuada em 40 minutos, após a aplicação de uma prova de conceito realizada no Exadata, utilizando meio rack (composto por quatro servidores de banco de dados e sete de armazenamento). Alexandre Repinaldo, diretor de Partner Solutions da CTIS, explicou que outros tipos de consulta que consumiam seis horas foram finalizadas em apenas dois minutos.
A TCI Business Process Outsourcing, especializada em terceirização de serviços, optou pelo Exadata para criar um novo modelo de negócio, já que a solução une hardware e software e ainda permite a execução de serviços de rede, armazenamento e proteção de dados. A TCI trocará três servidores de banco de dados e dois storages pelo Exadata. Até o final deste ano, 16 bases serão migradas para a plataforma.
Assim como a CTIS, a companhia também vai criar um democenter com o Exadata até o início de 2011.

Depoimentos de apoio

“Buscamos uma solução que garantisse alta performance, total segurança e completo gerenciamento. O desempenho do Exadata atendeu a todos os requisitos e superou nossas expectativas”, afirma Giovanni Moresco, diretor de Tecnologia da Informação (TI) do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.
“A meu ver, nossa escolha pelo Exadata foi baseada na perspectiva de termos os altos volumes de processamento de dados requeridos para atender nossa cadeia de abastecimento de lojas e centros de distribuição (CDs) atendidos com velocidade e acuracidade inigualáveis no mercado”, diz Alexandre Vasconcellos, diretor de Tecnologia da Informação (TI) do Grupo Pão de Açúcar.
“A TCI BPO escolheu o Exadata por ser a solução natural para a equação que se apresenta na indústria de BPO: criar um novo modelo de negócios, com hardware e conectividade que possibilitem executar serviços de rede e de armazenamento e proteção dos dados”, pondera Roberto Marinho Filho, da TCI Business Process Outsourcing. “É por isso que, em março de 2010, tomamos a decisão de trazer o Exadata para o nosso universo.”
“O Exadata é uma grande jóia no portfólio de soluções da Oracle. É um produto completo e diferenciado”, diz Alexandre Repinaldo, diretor de Partner Solutions da CTIS, empresa que comercializa equipamentos, softwares e acessórios de TI.
“O ganho expressivo de performance e a escalabilidade da solução adquirida permitirá ao Tribunal obter um ROI (retorno do investimento, em português) bastante expressivo” - Giovanni Moresco, diretor de Tecnologia da Informação (TI) do Tribunal de Justiça de Santa Catarina
“Foi um projeto a quatro mãos e será o primeiro Exadata a entrar em produção no Brasil”, diz Diego Harstein de Souza, diretor da Samaia IT, parceiro Gold do OPN.
“Esperamos reduzir nosso custo total de propriedade (TCO) em torno de 40% e ainda aprimorar o desempenho dos processos”, diz Roberto Marinho Filho, presidente do Conselho de Administração e CEO da TCI Business Process Outsourcing.
“Oferecemos o que usamos. Isso comprova que apostamos na solução, confiamos nela e comprovamos seu poder no dia a dia. Queremos compartilhar com os nossos clientes nossas conquistas e mostrar que eles também podem chegar lá”, completa Marinho.
“Após muito investimento em pesquisas e simulações, chegamos à conclusão que o poderoso conjunto de processamento, junto a fantástica capacidade de atuação em memória da Exadata/Oracle, é a solução ideal para agora e também para muitos anos de crescimento de nossa empresa. Somente ela pode nos dar respostas imediatas, solicitadas pelo nosso ERP Lithe (que também foi arquitetado com tecnologia 100% Oracle, Forms/Report), ao banco de dados Oracle. Estamos muito felizes em ter um site totalmente Oracle. Afinal, nossa parceria é vitoriosa há mais de 15 anos”, afirma Clébio Lopes, gerente de Tecnologia da Informação da Piraquê.

Recursos de suporte

Oracle Exadata (em inglês)
Oracle Database 11g (em inglês)

Recursos complementares

Sobre o Oracle Exadata

A Oracle Exadata Database Machine é a única máquina de banco de dados que fornece performance extrema tanto para armazenamento de dados e aplicativos de processamento de transações on-line (OLTP), tornando a plataforma ideal para consolidação em grades ou nuvens privadas. É um pacote completo de servidores, rede, armazenamento e software que é altamente escalável, segura e redundante. Com a Oracle Database Machine Exadata, os clientes podem reduzir custos de TI por meio da consolidação, gerenciar mais dados sobre níveis de compressão múltipla, melhorar o desempenho de todos os aplicativos e tomar melhores decisões de negócio em tempo real.

Sobre a Oracle

Oracle (NASDAQ: ORCL) é a mais completa, aberta e integrada companhia de sistemas de software e hardware. Para obter mais informações sobre a Oracle, visite o site http://www.oracle.com.

Marcas Comerciais

Oracle e Java são marcas comerciais registradas da Oracle Corporation e/ou suas controladas e coligadas. Outros nomes podem ser marcas registradas de seus respectivos donos.

Contact Info

Fábio Auricchio
Diretor de Comunicação Corporativa
Oracle do Brasil
fabio.auricchio@oracle.com

Tânia Magalhães
Diretora sênior de Comunicação Corporativa
Oracle América Latina
tania.magalhaes@oracle.com

 
Oracle 0800-891-4433