Não foi possível encontrar uma correspondência para sua pesquisa.

Sugerimos que você tente o seguinte para ajudar a encontrar o que procura:

  • Verifique a ortografia da sua pesquisa por palavra-chave.
  • Use sinônimos para a palavra-chave digitada; por exemplo, tente “aplicativo” em vez de “software.”
  • Inicie uma nova pesquisa.

Oracle Contextual Intelligence

Solução de segurança de marca que gera melhores resultados para a campanha de publicidade digital e protege seu orçamento.

Oracle Moat Measurement

Tome decisões mais informadas sobre onde os anúncios são veiculados, proteja a reputação da sua marca e execute campanhas com confiança.

O que é segurança da marca e adequação da marca na publicidade digital?

O que é segurança da marca?

A segurança da marca é a prática de proteger a reputação de uma marca e impedir que ela apareça em ambientes inseguros. O foco é alinhar sua marca a outras marcas positivas, confiáveis e não-confrontacionais. Para evitar associações de marca problemáticas ou inadequadas, a segurança da marca historicamente envolve táticas rudimentares, como bloqueio de palavras-chave e listas de bloqueio de URL.

O que é adequação da marca?

A adequação da marca é a evolução da segurança da marca - oferecendo aos profissionais de marketing maior controle e precisão nos ambientes bloqueados e no conteúdo destinado à publicidade. Enquanto a segurança da marca depende de amplas técnicas de bloqueio, a adequação da marca usa perfis de marca exclusivos, insights de pesquisa de mercado e posicionamento estratégico para identificar e direcionar ambientes específicos para publicidade.

A adequação da marca é baseada na compreensão do significado subjacente do conteúdo e no contexto verdadeiro do que está na página. Inclui a análise do conteúdo além das strings de URL e de palavras-chave específicas para determinar a relação entre os termos e frases e seu significado mais amplo.

Por que a segurança e a adequação da marca são importantes

As medidas de segurança da marca têm sido foco de anunciantes, agências e editores digitais. O alinhamento insatisfatório da marca gera o risco de alienação e perda de clientes. Portanto, a segurança da marca sempre terá um papel essencial para anunciantes e editores.

Recentemente, houve uma mudança no setor para a adequação da marca graças à pandemia de COVID-19. À medida que os profissionais de marketing buscam maior controle e confiança nas soluções que implementam, fica claro que as táticas rudimentares de segurança da marca não são tão eficazes quanto antes.

A adequação da marca ajuda a preencher a lacuna entre o risco e a oportunidade, fornecendo proteções baseadas em contexto rigorosas que permitem que os anunciantes digitais visem estoques seguros, apropriados e que constroem a marca.

Alinhamento da marca

A prática de garantir que todos os ativos de marketing e publicidade voltados para o cliente cumpram a promessa da marca, comunicando uma história coesa e contínua. Sua marca está alinhada quando a experiência que você oferece corresponde às expectativas dos seus clientes.

Por que a segurança da marca está ficando mais desafiadora

A segurança da marca evita a perda de confiança entre uma marca e um cliente. Sem confiança, a receita, o valor da marca e as percepções do cliente são prejudicados (ou deixam de existir). Uma relação transparente com o fornecedor de segurança da marca do anunciante digital é a chave para o sucesso. Os anunciantes precisam saber que a estratégia de segurança da marca aplicada aos esforços de publicidade digital se move na velocidade da cultura e pode absorver novos tópicos conforme eles chegam, mas não bloqueia o conteúdo nem permite conteúdo inseguro/inadequado.

O bloqueio de palavras-chave e a lista de permissão e de bloqueio em nível de domínio costumam deixar esses tipos de falhas. Muitas palavras-chave têm vários significados e os domínios de URL podem hospedar conteúdo em uma ampla gama de assuntos. Ambas as táticas não fornecem aos anunciantes a proteção adequada em escala. Portanto, deve existir uma relação transparente entre o fornecedor de segurança da marca e o anunciante. Considerando que a publicidade programática remove o controle direto da compra de mídia, as marcas devem confiar nos parceiros escolhidos. Portanto, o relacionamento entre marca, agência, editores e fornecedores de tecnologia deve ser transparente e baseado em decisões orientadas por evidências.

Publicidade programática

O processo automático de compra e venda de espaço publicitário digital/online por meio do uso de software algorítmico.

Medidas de segurança da marca durante a COVID

O coronavírus criou novos desafios para a segurança da marca, dominando o consumo de conteúdo e o ciclo de criação.

A integridade, em termos de conteúdo, e-commerce, largura de banda e parceiros, se tornou o principal foco. Apresentar conteúdo confiável e relevante, além de fornecer um posicionamento importante para o conteúdo, bloqueando vendedores fraudulentos, impulsionando o alcance e trabalhando com parceiros que garantem a segurança, são áreas de foco recentes.

Muitos anunciantes e agências concluíram que palavras-chave unidimensionais e blocos em aberto não são mais estratégias sustentáveis.

A evolução da segurança e do contexto da marca na publicidade

A evolução da segurança e do contexto da marca na publicidade

Atualmente, é fundamental ir além da segurança da marca. É necessário ter uma estratégia sólida de adequação da marca para garantir que encontrará ambientes positivos para sua marca se alinhar e evitar conteúdo prejudicial - como você preferir. As listas de blocos e palavras-chave não são suficientes para algumas marcas. Se estiver pensando em promover suas campanhas de publicidade digital de segurança para adequação, confira este resumo de negócios, que ilustra como a tecnologia de segurança de marca pode ajudar a implementar ambas as estratégias no mercado com sucesso.

Segurança do contexto e da marca hoje

Muitas armadilhas e erros de segurança da marca podem ser atribuídos a táticas que não são adaptadas para o conteúdo e os ciclos de notícias atuais. O contexto - compreender o verdadeiro significado de uma página e explicar as nuances da linguagem e da interpretação - é importante. Táticas de segurança da marca amplamente utilizadas, como bloqueio de palavras-chave e URL, não oferecem suporte à interpretação de nuances. Esse enigma muitas vezes coloca a segurança da marca contra a escala, quando, na realidade, os dois não precisam ser mutuamente exclusivos.

Mas não se trata apenas de enigmas e desafios. A pesquisa sugere que os anunciantes relutam em se afastar daquilo que conhecem bem. Todos nós nos sentimos confortáveis com o que sabemos. Mesmo com a tecnologia e as soluções avançadas que permitem a análise contextual de página inteira, as táticas rudimentares de bloqueio de palavras-chave persistem. Por quê? Bem, além dos níveis de conforto, é provável que a maioria dos anunciantes digitais não saiba como seria uma alternativa melhor, como as novas táticas e soluções funcionam e, em última análise, como seria fácil se beneficiar delas.

Em um nível alto, o contexto beneficia marcas e anunciantes em termos de segurança e escala. As tecnologias contextuais modernas maximizam o impacto de cada moeda investida, geram um volume maior de conversões de marca e aumentam a aquisição de clientes. A inteligência contextual garante imediatismo, relevância, segurança da marca e insights, além de poder aumentar o alcance, preservando a segmentação.

Quais são os diferentes tipos de estratégias de adequação da marca?

Existem três estágios no caminho para a adequação da marca - cada um representando um novo nível de sofisticação. Seja um anunciante, agência ou editor, é necessário determinar onde se encaixa em termos de estratégia de adequação de marca e se possui as ferramentas e tecnologia necessárias para atingir seus objetivos com sucesso.

1. Proteção legada

  • A grande maioria dos anunciantes se encontra aqui hoje, usando listas de bloqueio em nível de domínio e palavras-chave e direcionamento para bloquear inventário. Se você estiver aqui, a escalabilidade é um problema. Seu nível de proteção não é adequado e o conteúdo relevante e seguro é frequentemente bloqueado.

2. Proteção de linha de base

  • Você está adotando uma abordagem mais proativa nesse nível, implementando soluções pré-lance para bloquear conteúdo e inventário específicos, ao mesmo tempo em que identifica e evita impressões fraudulentas.

3. Adequação da marca

  • Neste estágio, você está aproveitando as qualidades e características exclusivas da marca para desenvolver e implementar uma abordagem personalizada para segurança e adequação. É possível definir e controlar com precisão a abordagem de direcionamento e prevenção, garantindo um equilíbrio entre risco e recompensa.