Não foi possível encontrar uma correspondência para sua pesquisa.

Sugerimos que você tente o seguinte para ajudar a encontrar o que procura:

  • Verifique a ortografia da sua pesquisa por palavra-chave.
  • Use sinônimos para a palavra-chave digitada; por exemplo, tente “aplicativo” em vez de “software.”
  • Inicie uma nova pesquisa.

O que é Ativação de Dados?

Ativação de dados sem segredos

O que é ativação de dados? A ativação de dados é um conceito sobre o desbloqueio de valores dos dados, por meio do desenvolvimento de informações para ações futuras. Em outras palavras, ativação de dados é uma das formas que os profissionais de marketing utilizam dados e informações dos clientes para melhorar a experiência do usuário nos canais de anúncio.

A ativação de dados visa construir um panorama completo do consumidor para alimentar e melhorar a experiência do usuário em todas as atividades de marketing e publicidade. Coletar, armazenar e analisar, de forma rápida e eficiente, todas as interações digitais requer soluções de marketing que sejam robustas e escaláveis. A ativação de dados exige a coleta de dados em tempo real, através de todos os canais digitais, oriundos de diversos dispositivos. A análise dos dados em tempo real acelera a habilidade de criar excelentes experiências do usuário.

Os dados do cliente influenciam nas tomadas de decisões do marketing

Entrada de dados. Desbloqueio do valor. Saida de dados.

O marketing guiado por dados não é uma novidade no mercado. Aliás, a utilização de dados se tornou a principal estratégia e ainda será a líder por muitos anos. Entre para a plataforma de gerenciamento de dados (DMP), software utilizado na coleta e gestão de dados. Usar os dados do DMP, implica na influência automática na tomada de decisão em marketing. O DMP é uma solução que foi de "é bom ter" para "agora é obrigatório" em um piscar de olhos.

Veja a seguir alguns estágios da ativação de dados:

1. Processamento de dados, responsável pela captura de todas as interações

Retire os dados de qualquer lugar e coloque-os em uma plataforma centralizada, de estrutura única, para utilizá-los de forma agregada. Os dados originam de uma infinidade de fontes. Uma pessoa pode agregar os dados a partir de diversos locais, como sites, sites e aplicativos móveis, banco de dados off-line ou sistemas CRM, impressões de mídia, dados transacionais, entre outros.

2. Liberte o valor dos dados do cliente, e amplie os seus horizontes sobre o marketing

Assim que os dados estiverem em um único lugar, você consegue liberar o valor escondido por meio de métricas dos dados, e utilizá-los para impulsionar os anúncios e o marketing externo. Por exemplo, análise do perfil do público, modelagem similar, e modelagem de controle, bem como outras oportunidades.

3. Integração dos dados de marketing, que resulta na hiperpersonalização

Essa hiperpersonalização é um dos elementos mais trabalhosos da ativação de dados e requer muito esforço e tempo. Entretanto, com as profundas integrações entre o anúncio e o ecossistema do marketing, você consegue compartilhar segmentos de dados que foram desenvolvidos com parceiros do marketing, impulsionar a eficiência de alcance, eliminar resíduos indesejados de dados e, por fim, aumentar o desempenho no back-end. A hiperpersonalização e a criação de melhores experiências aos usuários tem um papel fundamental no engajamento e receitas entre as campanhas de marketing em canal cruzado.

A ativação de dados é unica

A ativação de dados é uma combinação de todos esses estágios, e uma plataforma DMP transforma tudo isso em realidade. Cada empresa que trabalha com DMP acaba criando uma solução 100% exclusiva, devido a natureza única dos dados que entram no sistema, combinados com os produtos utilizados para libertar o valor, além das parcerias exclusivas feitas para compartilhar esses dados.

Escala da ativação de dados = dados desembaraçados

O desembaraço de dados é a separação das camadas de dados e de execução dentro do conjunto de martech. Escala e eficiência são a base desse processo. Caso você opere com um parceiro de execução, por exemplo, demand-side platform (DSP) ou um site-side optimization (SSO), que possua acesso aos dados somente para avaliação e modelagem, o seu sucesso depende unicamente desse único fornecedor. Nesses casos, você acaba restringindo o aprendizado e a coleta de informações de todos os outros parceiros.

Qualquer profissional do marketing geralmente trabalha com 18 parceiros diferentes, para os diversos formatos de mídia. Você precisa de uma única plataforma de execução que seja integrada a cada DSP, portal, rede social, servidor de anúncios em dispositivos móveis, servidores de anúncios em vídeo ou editora de grande porte pelo mundo. Isso lhe dará a liberdade de libertar os seus dados e ativá-los em qualquer parceiro de mídia que você deseje. Você também pode gerenciar os orçamentos de cada mídia com base no desempenho, em vez de lidar com conflitos de interesse por conta de um parceiro que lhe forneça a plataforma de dados, em conjunto de uma plataforma única para execução de mídia.