Nenhum resultado encontrado

Sua pesquisa não corresponde a nenhum resultado.

Sugerimos que você tente o seguinte para ajudar a encontrar o que procura:

  • Verifique a ortografia da sua pesquisa por palavra-chave.
  • Use sinônimos para a palavra-chave digitada; por exemplo, tente “aplicativo” em vez de “software.”
  • Tente uma das pesquisas populares mostradas abaixo.
  • Inicie uma nova pesquisa.
Perguntas Frequentes

Vamos Começar usando as Ferramentas do Oracle Developer para VS Code

Bem-vindo! As Ferramentas do Oracle Developer para VS Code permitem que os desenvolvedores do Visual Studio Code se conectem ao Oracle Database e Oracle Autonomous Database, editem SQL e PL/SQL com preenchimento automático, intellisense, coloração de sintaxe e trechos de código, executem SQL e PL/SQL e exibam e salvem os resultados em formatos como .CSV e JSON. O controle em árvore Oracle Database Explorer permite explorar rapidamente o esquema do banco de dados, exibir dados da tabela e editar, executar e salvar PL/SQL.

Este Início Rápido ajudará você a instalar, conectar, configurar e começar a usar as Ferramentas do Oracle Developer para VS Code.

Observação: Este documento pressupõe que você esteja usando a versão 19.3.3 (lançada em 30/09/2020). Siga as instruções abaixo para atualizar se você estiver usando uma versão mais antiga.

Início Rápido

 

Instalar

  • Clique no ícone Extensions (Extensões) na Barra de Atividades ao lado do VS Code ou use o comando View (Visualizar): Show Extensions (Ctrl + Shift + X)
  • Digite Oracle na barra de pesquisa de extensões
  • Localize Oracle Developer Tools for VS Code e clique em Install
  • Quando a instalação estiver concluída, reinicie o Visual Studio Code
  • Durante a instalação, você pode ser solicitado a instalar o .NET Core Runtime. (.NET Core Runtime versão 2.1 funcionará, mas a versão 3.1 é preferencial. Qualquer outra versão de tempo de execução não é suficiente. A versão 3.1 é necessária para usuários do macOS que desejam se conectar ao Oracle Autonomous Database.) Os links de instalação estão abaixo:

Atualizar esta Extensão

  • O Visual Studio Code verifica automaticamente as atualizações de extensão e as instala. Após a atualização, você será solicitado a reiniciar o Visual Studio Code.
  • Se você desativou as atualizações automáticas, pressione F1 para abrir a Paleta de Comandos, digite o comando Check for Extension Updates (Verifique Atualizações de Extensão) e clique no botão Update... (Atualizar...) que aparecerá na lista de extensões instaladas. Para mais informações clique aqui.
  • Os usuários do macOS que desejam se conectar ao Oracle Autonomous Database devem instalar o .NET Core Runtime versão 3.1.

Explorar o Esquema do Banco de Dados com o Oracle Database Explorer

  • Para visualizar o Database Explorer, clique no ícone do banco de dados na Barra de Atividades, no lado esquerdo do Visual Studio Code.
    • Conectar-se: Clique no botão de sinal de adição para criar uma nova conexão, seguindo as etapas abaixo para Conectar-se ao Oracle Database ou Conectar-se usando um Alias de Conexão TNSNAMES.ORA. Depois que os nós de conexão são exibidos, você pode clicar no nó para visualizar o esquema do banco de dados.
    • Excluir Conexão: Clique com o botão direito do mouse em qualquer nó de conexão e selecione Delete (Excluir)
    • Atualizar informações de Conexão: Clique com o botão direito do mouse em qualquer nó de conexão e selecione Update (Atualizar)
    • Desconectar-se: Clique com o botão direito do mouse em qualquer nó de conexão e selecione Disconnect (Desconectar)
    • Exibir Outros Usuários/Outros Esquemas: Clique para expandir o nó Other Users (Outros Usuários). Selecione o esquema que deseja visualizar. Alternativamente, clique no nó de conexão e selecione Update (Atualizar). Na caixa de diálogo de conexão, marque a caixa de seleção Show more options (Mostrar mais opções) e selecione um esquema diferente na lista suspensa Current Schema (Esquema Atual). Aperte o botão Update Connection (Atualizar Conexão).
    • Exibir e Salvar Tabela/Exibir Dados: No menu Table and View node (nó de Tabela e Visualização), selecione Show Data (Exibir Dados). Para mais informações, veja Visualizar e Salvar Conjuntos de Resultados abaixo.
    • Editar PL/SQL: Em procedimentos armazenados, funções, pacotes ou nós de disparo, selecione Edit/Edit Package Body/Edit Specification para abrir o PL/SQL em um arquivo para edição. Veja Editar o PL/SQL Existente no seu Banco de Dados abaixo para mais detalhes.
    • Salvar PL/SQL no banco de dados: Se o arquivo PL/SQL foi aberto com o item de menu Edit PL/SQL (Editar PL/SQL), você pode salvar as alterações no banco de dados clicando com o botão direito no código PL/SQL e selecionando Save to Database (Salvar no Banco de Dados)
    • Salvar PL/SQL no arquivo: Selecione a guia com o código PL/SQL. No menu Visual Studio Code, selecione File->Save As
    • Executar PL/SQL: No menu, selecione Run para executar um procedimento ou função armazenada
    • Atualizar: Clique com o botão direito do mouse em qualquer nó e selecione Refresh para atualizar esse nó e todos os nós filhos
    • Filtrar: Após expandir uma longa lista de nós (por exemplo, todas as tabelas relacionais), para filtrá-los, é preciso passar o mouse sobre qualquer parte do Oracle Database Explorer , digitar uma string e pressionar Enter. Isso destacará todas as correspondências para essa sequência. Em seguida, você pode clicar no ícone de hambúrguer para mostrar apenas correspondências no Oracle Database Explorer.

Conectar-se ao Oracle Database

  • (Se seu banco de dados estiver no Oracle Cloud, vá para Conectar-se ao Oracle Autonomous Database abaixo)
  • Para conectar-se ao Oracle Database a partir de um arquivo .SQL ou .PL/SQL, pressione F1 para abrir a Paleta de Comandos e selecione Oracle:Connect no menu suspenso
  • Para conectar-se a partir do Oracle Database Explorer, clique no botão com sinal de adição
  • Uma caixa de diálogo de conexão será aberta. No menu suspenso Connection Type, selecione Basic
  • Digite o nome do host do banco de dados, o número da porta e o nome do serviço
  • Selecione a função de banco de dados na lista suspensa Role (Função)
  • Digite o nome de usuário e senha
  • Se você estiver usando uma Autenticação Proxy, marque a caixa de seleção Show more options (Mostrar mais opções) e forneça o nome de usuário e senha do proxy
  • Se você deseja usar um esquema diferente do esquema padrão associado ao seu nome de usuário, marque a caixa de seleção Show more options (Mostrar mais opções) e selecione o nome do esquema no menu suspenso Current Schema (Esquema Atual)
  • Forneça um nome de conexão a ser usado para referenciar esta conexão no Database Explorer e em outros lugares
  • Clique no botão Create Connection (Criar Conexão)

Conectar-se Usando um Alias de Conexão TNSNAMES.ORA

  • Copie o arquivo TNSNAMES.ORA que você deseja usar no diretório definido como Config Files Folder (Pasta de Arquivos de Configuração) nas Ferramentas do Oracle Developer para Definições de Extensão do VS Code ou altere essa configuração conforme desejado. Por padrão, este local é ~/Oracle/network/admin no Linux e Mac e %USERPROFILE%\Oracle\network\admin no Windows.
  • Se você não possui um TNSNAMES.ORA, mas gostaria de criar um, veja o exemplo localizado em ~/.vscode/extensions/oracle.oracledevtools-19.3.3/sample/network no Linux e Mac e %USERPROFILE%\.vscode\extensions\oracle.oracledevtools-19.3.3\sample\network no Windows.
  • Para conectar-se ao Oracle Database a partir de um arquivo .SQL ou .PL/SQL, pressione F1 para abrir a Paleta de Comandos e selecione Oracle:Connect no menu suspenso
  • Para conectar-se a partir do Oracle Database Explorer, clique no botão com sinal de adição
  • Uma caixa de diálogo de conexão será aberta. No menu suspenso Connection Type, selecione TNS Alias
  • Verifique se o campo TNS Admin Location está definido para o diretório em que seu arquivo TNSNAMES.ORA está localizado. Caso contrário, mude.
  • Selecione um alias da lista suspensa TNS Alias
  • Selecione a função de banco de dados na lista suspensa Role (Função)
  • Digite o nome de usuário e senha
  • Se você estiver usando uma Autenticação Proxy, marque a caixa de seleção Show more options (Mostrar mais opções) e forneça o nome de usuário e senha do proxy
  • Se você deseja usar um esquema diferente do esquema padrão associado ao seu nome de usuário, marque a caixa de seleção Show more options (Mostrar mais opções) e selecione o nome do esquema no menu suspenso Current Schema (Esquema Atual)
  • Forneça um nome de conexão a ser usado para referenciar esta conexão no Database Explorer e em outros lugares
  • Clique no botão Create Connection (Criar Conexão)

Conectar-se ao Oracle Autonomous Database

  • Obtenha seu Arquivo de Credenciais do Cliente: Acesse o Console de Administração do Oracle Autonomous Database e clique em Download Client Credentials.  Como alternativa, obtenha o arquivo de credenciais do seu administrador.
  • Descompacte os arquivos de credenciais no diretório definido como Config Files Folder (Pasta de Arquivos de Configuração) nas Ferramentas do Oracle Developer para Definições de Extensão do VS Code. Por padrão, este local é ~/Oracle/network/admin no Linux e Mac e %USERPROFILE%\Oracle\network\admin no Windows.
  • Para conectar-se ao Oracle Database a partir de um arquivo .SQL ou .PL/SQL, pressione F1 para abrir a Paleta de Comandos e selecione Oracle:Connect no menu suspenso
  • Para conectar-se a partir do Oracle Database Explorer, clique no botão com sinal de adição
  • Uma caixa de diálogo de conexão será aberta. No menu suspenso Connection Type (Tipo de Conexão), selecione TNS Alias (Alias TNS)
  • Verifique se o campo TNS Admin Location (Localização do Administrador TNS) está definido como o diretório em que você descompactou seus arquivos de credenciais. Caso contrário, mude.
  • Marque a caixa de seleção Use Wallet File (Usar Arquivo da Carteira)
  • Verifique se o campo Wallet File Location (Local do Arquivo da Carteira) está definido como o diretório em que você descompactou seus arquivos de credenciais. Caso contrário, mude.
  • Selecione o alias ao qual você deseja se conectar, por exemplo mydb_high, da lista suspensa TNS Alias.
  • Selecione Non-Administrator (Não Administrador) na lista suspensa Role (Função)
  • Digite o nome de usuário e senha. (Se você é novo no Oracle Autonomous Database, use o nome de usuário ADMIN)
  • Se você estiver usando uma Autenticação Proxy, marque a caixa de seleção Show more options (Mostrar mais opções) e forneça o nome de usuário e senha do proxy
  • Se você deseja usar um esquema diferente do esquema padrão associado ao seu nome de usuário, selecione-o no Current Schema (Esquema Atual) suspenso
  • Forneça um nome de conexão a ser usado para referenciar esta conexão no Database Explorer e em outros lugares
  • Clique no botão Create Connection (Criar Conexão)
  • Se você estiver usando o macOS e receber um erro Connection request timed out (A solicitação de conexão expirou) ao tentar conectar, atualize o .NET Core Runtime para a versão 3.1. Qualquer outra versão não é suficiente.

Conectar-se Usando um Usuário Proxy

  • Siga as etapas em Connect to Oracle Database (Conectar-se ao Oracle Database) ou  Connect using a TNSNAMES.ORA Connection Alias (Conectar-se usando um Alias de Conexão TNSNAMES.ORA) acima para abrir a caixa de diálogo de conexão e fornecer as informações de conexão
  • Na caixa de diálogo de conexão, marque a caixa de seleção Show more options (Mostrar mais opções) e forneça o nome de usuário e senha do proxy

Conectar-se Usando a Autenticação do SO

  • Se você estiver usando o Windows Client e o Windows Database Server, defina SQLNET.AUTHENTICATION_SERVICES=(NTS) em um arquivo SQLNET.ORA localizado no diretório definido como Config Files Folder (Pasta de Arquivos de Configuração) nas Ferramentas do Oracle Developer para Definições de Extensão do VS Code. Por padrão, este local é %USERPROFILE%\Oracle\network\admin
  • Siga os passos em Connect to Oracle Database (Conectar-se ao Oracle Database) ou  Connect using a TNSNAMES.ORA Connection Alias (Conectar-se usando um Alias de Conexão TNSNAMES.ORA) acima, exceto
  • Quando for solicitado um ID do usuário, insira "/" (sem as aspas).

Alterar o Esquema Padrão para uma Conexão

  • Para usar um esquema diferente do padrão para o usuário com o qual você se conectou (por exemplo, você se conectou como ADMIN, mas deseja usar o esquema RH ao executar SQL ou ao navegar com o Oracle Explorer), siga as etapas em Connect to Oracle Database (Conectar-se ao Oracle Database) ou  Connect using a TNSNAMES.ORA Connection Alias (Conectar-se usando um Alias de Conexão TNSNAMES.ORA) acima para abrir a caixa de diálogo de conexão e fornecer as informações de conexão
  • Na caixa de diálogo de conexão, marque a caixa de seleção Show more options (Mostrar mais opções) e selecione um esquema diferente no menu suspenso Current Schema (Esquema Atual)
  • .

Veja outros Esquemas no Oracle Explorer

  • No Oracle Explorer, clique para expandir o nó Other Users (Outros Usuários). Selecione o esquema que deseja visualizar.
  • Se você usar principalmente o esquema alternativo e desejar que seja o esquema padrão mostrado no Oracle Explorer, siga as etapas acima para Alterar o Esquema Padrão para uma Conexão
  • .

Editar o PL/SQL Existente no seu Banco de Dados

  • Visualize o Database Explorer, clicando no ícone do banco de dados na Barra de Atividades, no lado esquerdo do Visual Studio Code.
  • Se o painel do Database Explorer estiver vazio (sem exibir nós de conexão), clique no botão de sinal de adição para criar uma nova conexão, seguindo as etapas acima para Conectar-se ao Oracle Database ou Conectar-se usando um Alias de Conexão TNSNAMES.ORA. Depois que os nós de conexão são exibidos, você pode clicar no nó para visualizar o esquema do banco de dados.
  • Navegue no controle em árvore até o pacote PL/SQL, procedimento/função armazenada ou acione o que deseja editar.
  • Clique com o botão direito do mouse no pacote PL/SQL, procedimento/função armazenada ou acione e selecione Edit/Edit Package Body/Edit Specification para abrir o PL/SQL em um arquivo para edição.
  • Quando terminar de editar, clique com o botão direito do mouse no código PL/SQL e selecione Save to Database (Salvar no Banco de Dados)

Abrir o Arquivo .SQL ou .PL/SQL Existente

  • No Oracle Explorer, clique com o botão direito em um nó de conexão e selecione Open Existing SQL File (Abrir Arquivo SQL Existente).
  • Se uma conexão não existir, crie uma nova pressionando o ícone de adição (+) e usando as etapas em Connect to Oracle Database (Conectar-se ao Oracle Database) ou Connect using a TNSNAMES.ORA Connection Alias (Conectar-se usando um Alias de Conexão TNSNAMES.ORA acima.
  • (Observação: para salvar o PL/SQL no seu banco de dados em um arquivo, vá para o Oracle Database Explorer, abra um pacote, procedimento, função ou vá para o Explorer e, no menu do Visual Studio Code, selecione File (Arquivo) - >Save As (Salvar Como))

Alterar a Conexão do Banco de Dados para um Arquivo Aberto .SQL ou .PL/SQL

  • Pressione F1 para abrir a Paleta de Comandos e selecione Oracle:Update Connection (Oracle: Atualizar Conexão) no menu suspenso
  • Se solicitado, selecione Oracle-SQL e PLSQL na lista suspensa de idiomas.
  • Selecione um perfil de conexão existente na lista ou crie um novo usando as etapas em Connect to Oracle Database (Conectar-se ao Oracle Database) ou Connect using a TNSNAMES.ORA Connection Alias (Conectar-se Usando um Alias de Conexão TNSNAMES.ORA) acima.

Criar um Novo Arquivo .SQL ou .PLSQL

  • No Oracle Explorer, clique com o botão direito em um nó de conexão existente e selecione Open New SQL File (Abrir Novo Arquivo SQL). Se uma conexão não existir, crie uma nova pressionando o ícone de adição (+) e usando as etapas em Connect to Oracle Database (Conectar-se ao Oracle Database) ou Connect using a TNSNAMES.ORA Connection Alias (Conectar-se usando um Alias de Conexão TNSNAMES.ORA acima.
  • Como alternativa, pressione F1 para abrir a Paleta de Comandos e selecione Oracle: Develop New SQL or PLSQL (Oracle: Desenvolver Novo SQL ou PLSQL) no menu suspenso. Selecione um perfil de conexão existente da lista ou crie um novo
  • Quando terminar de editar, no menu do VS Code, selecione File (Arquivo) ->Save As (Salvar Como) para salvar o arquivo.
  • Alternativamente, você pode executar o comando SQL*Plus CONNECT (CONECTAR). Este comando associará o arquivo à conexão especificada no comando.

Executar SQL e PL/SQL

  • Digite algum SQL ou PL/SQL que você deseja executar no arquivo .SQL ou .PLSQL
  • Durante a digitação, sugestões de preenchimento automático aparecerão à medida que você digita, por exemplo, nomes de colunas. Você pode clicar no ícone i nas sugestões para obter mais detalhes, como os objetos de esquema aos quais a sugestão está associada. Use as teclas de seta para navegar pelas sugestões e a tecla Enter para selecionar uma sugestão.
  • Digite um nome de esquema seguido por um ponto, por exemplo RH. para usar o intellisense para visualizar e selecionar objetos de banco de dados.
  • Durante a digitação, algumas sugestões de trechos de código podem aparecer. Você pode ver mais trechos digitando oracle em uma nova linha.
  • Posicione o cursor em uma linha que contém o SQL ou PL/SQL que você deseja executar. Como alternativa, você pode selecionar (destacar) uma ou mais instruções SQL ou PL/SQL. Clique com o botão direito e selecione Execute SQL (Executar SQL) no menu. Selecione Execute All (Executar Tudo) se você deseja executar todos os SQL e PL/SQL no arquivo atual.
  • Depois de executar o SQL, um novo documento (Results Window, Janela Resultados) será aberto ou os resultados serão anexados a uma janela de resultados aberta. O número máximo de linhas que podem ser retornadas é controlado pela configuração de extensão Max Rows (Máx. Linhas). À medida que você rola pelas linhas, mais serão buscadas - até este máximo.
  • Para limpar a janela de resultados, clique no botão Clear Results Window (Limpar Janela de Resultados) localizado na área próxima às guias do documento. Para alterar o padrão para sempre limpar a janela de resultados após cada execução, altere a configuração da extensão Clear Results Window (Limpar Janela de Resultados).
  • Por padrão, as instruções SQL serão confirmadas automaticamente (a confirmação automática está ativada). Para mudar isso, veja Disable/Enable Auto Commit (Desabilitar/Habilitar Confirmação Automática) na seção abaixo.
  • Além de SQL e PL/SQL, você também pode inserir comandos SQL*Plus. Para obter mais informações, consulte a seção Executing SQL*Plus Commands (Como Executar Comandos SQL*Plus) abaixo e visite Using SQL*Plus Commands with Oracle Developer Tools for VS Code (Como Usar Comandos SQL*Plus com Ferramentas do Oracle Developer para VS Code)

Como Executar Comandos SQL*Plus

  • Os comandos SQL*Plus fornecem funcionalidades úteis, como conectar e desconectar, habilitar e desabilitar autocommit, executar outros scripts SQL*Plus, descrever metadados de objeto de banco de dados, definir e usar variáveis de substituição, definir e usar variáveis de ligação, controlar tamanho de exibição de saída, salvar saída de script para um arquivo e muito mais. Para executar comandos SQL*Plus, faça o seguinte:
  • Digite um comando SQL*Plus no arquivo .SQL ou .PLSQL
  • Durante a digitação, sugestões de preenchimento automático aparecerão conforme você digita
  • Selecione (destaque) um ou mais comandos SQL*Plus e instruções SQL ou PL/SQL. Clique com o botão direito e selecione Execute SQL (Executar SQL) no menu. Selecione Execute All (Executar Tudo) se você deseja executar todos os comandos SQL*Plus e PL/SQL no arquivo atual.
  • Se mais comandos SQL*Plus não forem compatíveis, você receberá uma mensagem de aviso
  • O comando SQL*Plus CONNECT (CONECTAR) associará o arquivo com a conexão especificada no comando. Depois de executar este comando, o intellisense/autocomplete usará a nova conexão e esquema.
  • Para obter mais informações, incluindo um guia de referência de comandos SQL*Plus suportados, visite Using SQL*Plus Commands with Oracle Developer Tools for VS Code (Como Usar Comandos SQL*Plus com Ferramentas do Oracle Developer para VS Code)

Desabilitar/Habilitar Confirmação Automática

  • Ao executar várias instruções SQL (por exemplo, executar um script), a confirmação automática confirma o trabalho automaticamente após cada instrução. Se a confirmação automática estiver desabilitada, uma instrução COMMIT ou ROLLBACK explícita pode ser usada para controlar o comportamento
  • Em seu arquivo SQL, digite SET AUTOCOMMIT OFF (DESATIVAR CONFIRMAÇÃO AUTOMÁTICA) ou SET AUTOCOMMIT ON (ATIVAR CONFIRMAÇÃO AUTOMÁTICA) e clique com o botão direito e selecione Execute SQL (Executar SQL) no menu. Esta configuração de confirmação automática terá efeito por toda a vida da sua conexão e substituirá a configuração de extensão padrão.
  • Para definir o padrão para todos os arquivos SQL abertos com esta extensão, pressione F1 para abrir a Paleta de comandos e digite Preferences (Preferências): Comando Open Settings (UI) (Abrir Configurações - UI)
  • Expanda o nó Extensions (Extensões) e selecione Oracle Developer Tools for VS Code Configuration (Ferramentas do Oracle Developer para Configuração do VS Code.
  • Marque a caixa de seleção SQLPlus:Auto Commit (SQLPlus:Confirmação Automática) para habilitar a confirmação automática e desmarque-a para desabilitá-la

Exibir e Salvar Conjuntos de Resultados

  • Depois de executar o SQL, um novo documento - Results Window (Janela Resultados) será aberto com o conjunto de resultados ou os resultados serão anexados a uma janela de resultados aberta. O número máximo de linhas que podem ser retornadas é controlado pela configuração de extensão Max Rows (Máx. Linhas). À medida que você rola pelas linhas, mais serão buscadas - até este máximo.
  • Para salvar os resultados, escolha o formato: .CSV ou JSON. Depois clique no ícone para Save Selected Rows (Salvar Linhas Selecionadas) ou Save All Rows (Salvar Todas as Linhas). Depois de fornecer um nome e um local, o arquivo será aberto no Visual Studio Code.
  • Para copiar as linhas selecionadas para a área de transferência, clique no ícone Copy Selected Row(s) to Clipboard (Copiar Linha(s) Selecionada(s) para a Área de Transferência)
  • Para limpar a janela de resultados, clique no botão Clear Results Window (Limpar Janela de Resultados) localizado na área próxima às guias do documento. Para alterar o padrão para sempre limpar a janela de resultados após cada execução, altere a configuração da extensão Clear Results Window (Limpar Janela de Resultados).

Ver o Histórico de SQL

  • No Oracle Explorer, clique no controle History (Histórico) para abri-lo.
  • Expanda o nome da conexão para a qual deseja ver o histórico. Os comandos SQL executados anteriormente nesta sessão serão listados.
  • Passe o mouse sobre uma longa instrução SQL para visualizar uma dica de ferramenta contendo a instrução completa.
  • Para executar uma instrução SQL diretamente do histórico, clique com o botão direito sobre ela e selecione Run (Executar).
  • Para copiar o SQL para um editor aberto, clique com o botão direito sobre ele e selecione Copy to Editor (Copiar para o Editor).
  • O histórico de SQL não persiste nas sessões. Para armazenamento permanente, salve o SQL como uma marcação clicando com o botão direito e selecionando Bookmark SQL (Marcar SQL) no menu.

Criar uma Marcação de SQL

  • Selecione uma ou mais linhas de SQL ou PL/SQL no editor, clique com o botão direito e selecione Bookmark SQL (Marcar SQL) no menu
  • Forneça um nome de marcação e um nome de pasta
  • No Oracle Explorer, clique no controle Bookmarks (Marcações) para abri-lo.
  • Expanda o nome da pasta. As marcações serão listadas.
  • Passe o mouse sobre uma marcação para visualizar uma dica de ferramenta contendo a instrução completa.
  • Para executar a instrução SQL diretamente, clique com o botão direito do mouse na marcação e selecione Run (Executar).
  • Para copiar o SQL para um editor aberto, clique na marcação.
  • Para copiar o SQL para um novo arquivo SQL, clique com o botão direito do mouse na marcação e escolha Open in Editor (Abrir no Editor) no menu.

Usar um Layout de Editor Horizontal

  • Para modificar o layout da janela padrão do Visual Studio Code para dividir a tela horizontalmente, por exemplo, para ter um arquivo .SQL em um painel superior e a execução do SQL resultar em um painel inferior, faça o seguinte:
  • No menu do VS Code, selecione View->Editor Layout->Two Rows.
  • Execute algum SQL ou PL/SQL conforme descrito acima em Executar SQL e PL/SQL
  • Arraste a guia de resultados do SQL para o painel inferior.
  • Quaisquer execuções SQL adicionais continuarão sendo exibidas nesta guia no painel inferior até serem fechadas.

Criar ou Modificar Atalhos do Teclado

  • Para criar atalhos de teclado (combinações de teclas) ou modificar os existentes, vá para o menu File do VS Code e selecione Preferences->Keyboard Shortcuts
  • Na caixa de texto de pesquisa, digite uma parte do nome da extensão cujo atalho você deseja modificar, por exemplo, "oracle".
  • Uma lista de comandos e seus atalhos serão exibidos. Clique no ícone de lápis no lado esquerdo de uma linha para editar um atalho ou + (sinal de adição) para criar um novo.
  • Quando solicitado, digite a combinação de teclas e, se não estiver sendo usada por outro ramal, pressione Enter. Se estiver sendo usado por outra extensão, pressione Escape e tente novamente.
  • Para excluir um atalho, clique com o botão direito do mouse no atalho e selecione Remove Keybinding (Remover Combinação de Teclas)

Aprenda O Que Há de Novo na Versão 19.3.3

Obter Ajuda ou Fornecer Comentários