Não foi possível encontrar uma correspondência para sua pesquisa.

Sugerimos que você tente o seguinte para ajudar a encontrar o que procura:

  • Verifique a ortografia da sua pesquisa por palavra-chave.
  • Use sinônimos para a palavra-chave digitada; por exemplo, tente “aplicativo” em vez de “software.”
  • Inicie uma nova pesquisa.
Entre em Contato Faça login na Oracle Cloud

Recursos do Oracle Stack Monitoring

Descoberta de aplicações e tecnologias de pilha de aplicações

Descoberta simplificada

O Stack Monitoring fornece descoberta simplificada para aplicaões, como Oracle E-Business Suite e PeopleSoft, e tecnologias de pilha de aplicações, como Oracle WebLogic Server, Oracle Database, Apache Tomcat, Microsoft SQL Server e servidores host. Depois de implementar o agente de gerenciamento, um processo de descoberta de um clique com entrada mínima do usuário descobrirá automaticamente componentes relacionados, como Concurrent Managers de uma aplicação do Oracle E-Business Suite, Domínios de Servidor de Aplicações de uma aplicação PSFT ou Servidores WebLogic de um Domínio de Servidor WebLogic.

Topologia de aplicação

O monitoramento abrangente de uma aplicação depende da identificação das associações entre a aplicação, os servidores nos quais ela é executada e o banco de dados usado como armazenamento de dados. O Stack Monitoring cria automaticamente essa topologia de aplicação como parte da lógica de descoberta, permitindo a solução de problemas na pilha de aplicações.

Monitoramento pronto para o uso de sinais vitais

Métricas selecionadas para monitoramento

O Stack Monitoring monitora automaticamente cada tipo de recurso em busca de sinais vitais importantes relacionados a seu status de disponibilidade, carga, resposta e utilização, reduzindo a carga do DevOps de exigir conhecimento de domínio para determinar o que é importante monitorar. O foco em um conjunto selecionado de métricas relevantes permite que as equipes de DevOps avaliem rapidamente a integridade geral da aplicação.

Alarmes

Usando o Oracle Cloud Infrastructure (OCI) Monitoring, as equipes de DevOps podem criar regras que acionarão alarmes quando os recursos estiverem inativos ou esgotados ou quando o desempenho estiver lento.

Enterprise Summary e páginas para um monitoramento holístico

Painel único on-premises e na nuvem

O Stack Monitoring monitora os recursos em execução on-premises ou na Oracle Cloud, permitindo visibilidade em toda a sua empresa. Com foco nas aplicações e em suas tecnologias de pilha de aplicações subjacentes, as visualizações em silos são eliminadas, facilitando a triagem e a solução de problemas. A visão do Enterprise Summary destaca interrupções, alarmes e recursos com a resposta mais lenta e a maior utilização para cada camada da pilha de aplicações. As equipes de DevOps podem fazer triagem ad hoc adicional alternando dinamicamente as exibições de métricas de desempenho ou detalhando a página inicial de um recurso para uma investigação mais aprofundada.

Páginas para monitoramento holístico

As páginas fornecem observabilidade e monitoramento holísticos para um determinado tipo de recurso. O DevOps pode verificar rapidamente o status de disponibilidade atual e investigar quaisquer alarmes abertos. É possível correlacionar métricas de carga e desempenho em diferentes períodos de tempo para verificar se o recurso é capaz de acompanhar a demanda ao longo do tempo. Se o desempenho for lento, pode detalhar rapidamente qualquer recurso dependente para verificar se há problemas de escassez de recursos.

Stack Views de aplicações

As páginas do Oracle E-Business Suite e do PeopleSoft têm páginas Stack View, que fornecem informações rápidas sobre KPIs críticos em todo a aplicação e sua pilha subjacente.

A partir dessa visão única, o DevOps do EBS pode verificar os tempos de execução dos principais programas do Oracle E-Business Suite, verificar se as solicitações do Concurrent Manager estão sendo concluídas com êxito, monitorar a utilização do heap do Java Virtual Machine (JVM) do WebLogic Server subjacente e visualizar tempos de espera do Oracle Database.

O DevOps do PSFT pode verificar o status da integridade e da carga do domínio do servidor de aplicações, verificar se os processos do servidor estão em execução e se o volume de solicitações é gerenciável e revisar as principais métricas do WebLogic Server (como a utilização da memória do JVM e o status do pool de threads).

Os períodos de tempo podem ser ajustados para entender as tendências e identificar possíveis problemas emergentes.

Painéis

Painéis personalizados podem ser criados para mostrar dados de APM (dados e métricas de monitoramento do usuário final com base em dados de rastreamento) com dados de monitoramento de pilha e dados de métricas de outras fontes de dados que usam o OCI Monitoring.