Nenhum resultado encontrado

Sua pesquisa não corresponde a nenhum resultado.

Sugerimos que você tente o seguinte para ajudar a encontrar o que procura:

  • Verifique a ortografia da sua pesquisa por palavra-chave.
  • Use sinônimos para a palavra-chave digitada; por exemplo, tente “aplicativo” em vez de “software.”
  • Tente uma das pesquisas populares mostradas abaixo.
  • Inicie uma nova pesquisa.
Perguntas Frequentes

Oracle Cloud: Novas características do DBAAS_MONITOR

Por Skant Gupta, Joel Pérez & Franky Weber F
Publicado en Agosto 2017

Neste artigo vamos explorar alguns novos recursos do DBaaS Monitor.

Efetue login na sua conta da Oracle Cloud e acesse a página "Oracle Database Cloud Service” e crie um novo serviço.

Passos para criar ao serviço:

  • Defina o Service Name como “DBAAS”
  • Selecione o Service Level como “Oracle Database Cloud Service”
  • Selecione o Metering Frequency como preferir
  • Selecione o Software Release como “Oracle Database 12c Release1”
  • Selecione o Software Edition como “Enterprise Edition”
  • Selecione o Database Type como “Single Instance”

Clique em 01 para continuar

02

Seção Service Details

  • Defina o DB Name (SID) como “ORCL”
  • Defina uma senha administrativa e em seguida confirme-a inserindo novamente. Esta será sua senha do usuário SYS.
  • Defina o Database Storage com 25 GB
  • Selecione o Compute Shape como “OC3 -1 OCPU, 7.5GB RAM”
  • Insira sua SSH Public key conforme apresentado

Clique em 01 para continuar

03

Revise a configuração e clique em “Create” para criar o seu banco de dados na nuvem.

04

Depois de alguns minutos a sua instância DBAAS estará criada com sucesso.

05

Clique no nome do serviço (DBAAS) para abrir a página principal do banco de dados.

06

Agora vamos habilitar as regras de acesso para a porta 5500 do DBaaS Monitor Console.

Clique no ícone 07 e então em Access Rules.

08

Clique no ícone 07 que corresponde a regra “ora_p2_dbexpress” e selecione Enable.

09

Clique no ícone 07 e então em “Open DBaaS Monitor Console” para abrí-lo em uma nova aba.

10

Agora você precisa fornecer as credenciais para acessar, por padrão o username é o dbaas_monitor e a senah é a mesma fornecida na criação do serviço.

11

Depois de efetuar login você vai ver o status do banco de dados, do Listener e informações relacionadas ao Storage.

12

Aqui listamos alguns dos novos recursos do DBaaS Monitor Console na Cloud:

1. Informações a respeito de contas de usuários do banco de dados e senhas expiradas.

Você pode usar o DBaaS Monitor Console para ver informações sobre o status das contas de usuários.

Você pode usar ver também quantas contas estão com o seguintes status:

  • Open: Indica que a conta do usuário está desbloqueada e acessível.
  • Locked: Indica que a conta do usuário está bloqueada e inacessível, sendo necessário realizar o desbloqueio para permitir o acesso.
  • Expired: Indica que a senha da conta do usuário em questão está expirada e deve ser alterada.
13

2. Alterar a senha do TDE Keystore.

  • Na página inicial do DBaaS Monitor Console clique em Database Status. Ou no menu “Database” clique em Manage.
  • No menu do banco de dados clique em Change TDE Keystore Password.
  • Na seção “Change TDE Keystore Password” insira a senha atual do Keystore e então a nova senha desejada.
  • Clique em OK.
  • Clique em OK na mensagem de confirmação.
14

15

16

3. Verificando os Alertas e Erros

Para verificar as entradas do Alert Log:

  1. Na página inicial do DBaaS Monitor Console clique em “Alerts” no menu Database.
  2. Procure por um valor específico passando os filtros desejados no campo de busca e então clique no ícone de busca.
17 18

Como pudemos ver, algumas new features foram adicionadas no Dbaas Monitor Console.

Se você quiser ler este artigo em espanhol, você pode ir aqui:

http://www.oracle.com/technetwork/es/articles/cloudcomp/dbaas-monitor-3842248-esa.html

Esperamos que este artigo seja útil e convidamos para que nos acompanhe nas próximas publicações sobre Oracle Cloud.

Skant Gupta é um Oracle Certified Cloud Professional 12c, OCE RAC 11g and Oracle Certified Professional (10g, 11g, 12c). Atualmente trabalha na Vodafone no Reino Unido e trabalhava anteriormente como DBA Sênior na Etisalat em Dubai. Tem 6 anos de experiência em diferentes tecnologias Oracle, focando principalmente em banco de dados, nuvem, soluções de alta disponibilidade, WebLogic e GoldenGate. Elejá esteve presente em vários grupos de usuários Oracle ao redor do mundo e maisrecentemente nos EUA, Emirados Árabes e Índia. Perfil de Skant Gupta no LinkedIn - https://www.linkedin.com/in/ skantali, Blog: http://oracle-help.com/

Joel Pérez é um DBA (Oracle ACE Director, Maximum Availability OCM, OCM Cloud Admin. & OCM12c/11g) Especialista com mais de 17 anos de experiência real no mundo da tecnologia Oracle, especializada na concepção e implementação de soluções: Nuvem, alta disponibilida de, recuperação de desastres, Upgrades, replicação e toda a área relacionada com bancos de dados Oracle. Joel serve como "Senior Database Cloud Architect" para en.Enmotech.com Yunhe ENMO (Beijing) Technology Co. Ltd. Beijing, China. Conectar com Joel: Conecte-se com Joel’s Linkedin para ser atualizado com as informações mais notáveis relacionadas ao Oracle Cloud: https://www.linkedin.com/in/sir-joel-pérez-oracle-ace-director-ocm-cloud-99530555/

Franky Weber Faust atua como administrador de banco de dados Oracle e MySQL no PagSeguro, tem 26 anos, é graduado em Tecnologia em Bancos de Dados e iniciou sua carreira trabalhando num projeto internacional da Volkswagen com os bancos de dados DB2 da IBM, SQL Server da Microsoft e tambémcom o Oracle e desde o início direcionou seus estudos para as tecnologias Oracle. É especialista em tecnologias de Alta Disponibilidade como RAC, Dataguard e GoldenGate e compartilha seus conhecimentos no blog loredata.com.br. Possui as certificações OCE SQL, OCA 11g, OCP 12c, OCS RAC 12c e OCS Linux 6.

Este artigo foi revisto pela equipe de produtos Oracle e está em conformidade com as normas e práticas para o uso de produtos Oracle.