Nenhum resultado encontrado

Sua pesquisa não corresponde a nenhum resultado.

Sugerimos que você tente o seguinte para ajudar a encontrar o que procura:

  • Verifique a ortografia da sua pesquisa por palavra-chave.
  • Use sinônimos para a palavra-chave digitada; por exemplo, tente “aplicativo” em vez de “software.”
  • Tente uma das pesquisas populares mostradas abaixo.
  • Inicie uma nova pesquisa.
Perguntas Frequentes

Oracle Cloud: Configurando o DBaaS Monitor Console para o Oracle Database.

Por Skant Gupta (OCE) , Joel Pérez & Franky Weber F. (OCE)
Publicado en Março 2017

Neste artigo vamos apresentar como configurar o Database as a Service Monitor Console para o banco de dados Oracle.

  • Façalogin na suaconta da Oracle Cloud;
  • Acesse o “Oracle Database Cloud Service” e crie umnovoserviço;
  • Selecione “Oracle Database Cloud Service” como o tipo de subscrição.
  • Defina a chave SSH pública como apresentado na imagem;
  • Selecione “Oracle Database 12c Release 1” como Software Release;
  • Selecione “Enterprise Edition” como Software Edition;
  • Defina a frequência de cobrança como preferir.

Clique no botão next para continuar.

Service Details

  • Selecione o “Computershape” e “Time zone” apropriados;
  • O destino de backupdeve ser definido como “none” ouvocêdeve ter configurado previamente umstoragecontainer;
  • Defina um valor para o “Usable Database Storage”;
  • Defina umasenha administrativa (esta será a senha do sys e também do DBaaS Monitor Console);
  • Defina o nome do banco de dados (SID);
  • Defina umnome para o PDB;
  • Defina a porta do Listenercomo 1521ououtra de suapreferência;
  • Coloque “No”em“Create Instance from Existing Backup”;
  • Defina o Charater Set como AL32UTF8 e o NationalCharacter Set como AL16UTF16.

Clique no botãonext para continuar.

Finalmente, revise a configuração e clique em “Create” para criar seu banco de dados na nuvem.

Apósalguns minutos seu banco de dados na nuvem estará criado.

Clique no nome do serviço (CloudGG) para abrir a página principal do banco de dados.

Habilitando as regras de acesso para a porta (5500) do DBaaS Monitor Console

Cliquenoícone e entãoselecione “Access Rules”, conforme imagemabaixo.

Maisuma vez cliquenoícone correspondente a“ora_p2_dbexpress” e escolha “Enable” conforme a imagem.

Clique novamente noicone e selecione“Open DBaaS Monitor Console”, confome a imagemabaixo.

Agoravocê precisa inserir suascredenciais. Por padrão o username é “dbaas_monitor” e a senha é mesma que a suasenha administrativa definida na criação do serviço.

   

Depois de efetuar o loginvocê verá uma tela como a apresentada na imagem. Esta consolemostra o status do banco de dados e do listener e tambéminformações de armazenamento, sessões, principaisclasses de espera, resumo dos alertas e quantidade de sessões.

   

Nasessão “Database” do menu, selecione a opção “Manage” para para e iniciar o banco de dados.

Nestemesmomenuvocê pode também ver os detalhes de conexãoao banco de dados na nuvem.

O DBaaS Monitor Consoletambém auxilia no monitoramento de recursos do Sistema Operacional, como memória, CPU e armazenamento. Isto pode ser feitoatravés do menu “OS”.

Clique em OS e entãoselecioneMemoryno menu.

Entãoagoravocê sabe que é muito fácil criar um banco de dados e monitorá-lo usando o DBaaS Monitor Console.

Esperamos, sinceramente, que este artigo tenha se provado útil para seusnovosconhecimentosem Oracle Cloud e convidamos você para que continueacompanhandonossasérie de artigos a respeito de Oracle Cloud.

Skant Gupta é um Oracle Certified Professional 12c & 11g RAC Certified, trabalha como DBA Sênior na Etisalat em Dubai. Temmais de 5 anos de experiênciaem diferentes tecnologias Oracle, focando principalmente em banco de dados, soluções de alta disponibilidade, WebLogic e GoldenGate.

Joel Pérez é um DBA (Oracle ACE Director, MaximumAvailability OCM, OCM CloudAdmin. & OCM12c/11g) Especialista commais de 16 anos de experiência real no mundo da tecnologia Oracle, especializada na concepção e implementação de soluções: Nuvem, alta disponibilidade, recuperação de desastres, Upgrades, replicação e toda a área relacionada com bancos de dados Oracle. Joel serve como "Chief Technologist & MAA, TEM Architect" para www.Enmotech.com Yunhe ENMO (Beijing) Technology Co. Ltd. Beijing, China. OCM Perfil Joel Perez: http://education.oracle.com/education/otn/JoelPerez.htm

Franky Weber Faust atua como administrador de banco de dados Oracle e MySQL no PagSeguro, tem 26 anos, é graduado em Tecnologia em Bancos de Dados e iniciou sua carreira trabalhando num projeto internacional da Volkswagen com os bancos de dados DB2 da IBM, SQL Server da Microsoft e também com o Oracle e desde o início direcionou seus estudos para as tecnologias Oracle. É especialista em tecnologias de Alta Disponibilidade como RAC, Dataguard e GoldenGate e compartilha seus conhecimentos no blog loredata.com.br. Possui as certificações OCE SQL, OCA 11g, OCP 12c, OCS RAC 12c e OCS Linux 6.

Este artigo foi revisto pela equipe de produtos Oracle e está em conformidade com as normas e práticas para o uso de produtos Oracle.