Oracle Cloud: Configurando manualmente a porta do Listener

Por Tércio Silva Costa Oracle Associate , Skant Gupta Oracle ACE
Publicado em Abril 2019

Revisado por Francisco Riccio




Neste artigo, mostraremos como configurar manualmente a porta do Listener no Oracle Cloud.


Criação da instância:

Logue na sua conta da Oracle Cloud, vá para a página “Oracle Database Cloud Service” e crie um novo serviço.

Serviço

  • Defina o Service Name como “Primary”
  • Defina o Service Level como “Oracle Database Cloud Service”
  • Defina o Metering Frequency como desejar
  • Defina o Software Release como “Oracle Database 11g Release2”
  • Defina o Software Edition como “Enterprise Edition”
  • Defina o Database type como “Single Instance”

Clique em para continuar





Detalhes do Serviço

  • Defina o DB Name (SID) como “ORCL”
  • Defina uma senha administrativa da sua escolha e confirme essa senha (será a senha do sys também)
  • Defina o Usable Database Storage com 25 GB
  • Seleciona o compute shape com “OC3 -1 OCPU, 7.5GB RAM” (este é um requerimento mínimo)
  • Defina o SSH Public key como mostrado abaixo
  • Clique em Advance Setting
  • Configure a porta do Listener (1521-5499)

Clique em  para continuar




Para finalizar, revise a configuração e clique em "Create" para criar o seu banco no Oracle Cloud.




Depois de alguns minutos, a instância “Listener” será criada com sucesso.




Clique em service name (Listener) para abrir a página principal do banco.




Antes de tentar conectar na instância do servidor na Oracle Cloud, você tem que habilitar a regra de acesso dblistener.

Passos para habilitar a regra de acesso do dblistener:

Abra o database service and Access Rule no menu.




Clique em Actions menu para a regra ora_p2_dblistener e o habilite.

Nota: A porta do Listener tem que ser a mesma que configuramos antes durante a criação da instância.




Abra duas vezes o “Putty” e conecte via ssh em ambos os servidores.




Conecta na instância e verifique o hostname e o pmon no servidor. Verifique também se o listener está em execução ou não.




Podemos verificar o status do Listener da maneira tradicional.

lsnrctl status LISTENER




Mas, no Oracle Cloud, podemos usar o dbaascli para verificar o status do Listener.

Certifique-se que você deve se conectar apenas com o usuário Oracle.



User-specified port number for Oracle Net Listener.

Quando você cria uma nova implantação do banco no Oracle Cloud Service. você pode especificar uma porta personalizada para o Oracle Net Listener. O número da porta deve estar entre 1521 e 5499.

Então, agora, você sabe como é muito fácil configurar uma porta personalizada para o Oracle Listener.




Tércio Costa Formado em Ciências da Computação pela UFPB com experiência em Servidores Windows Server e Linux e banco de dados Oracle desde 2008 juntamente com os seus serviços. Desenvolvimento de Sistemas em Java SE com banco de dados Oracle e MySQL. Certificado Oracle Certified SQL Expert, mantendo o blog https://oraclepress.wordpress.com/ reconhecido pela OTN e articulista no portal http://www.profissionaloracle.com.br/gpo

Skant Gupta é um Oracle Certified Cloud Professional 12c, OCE RAC 11g and Oracle Certified Professional (10g, 11g, 12c). Atualmente trabalha na Vodafone no Reino Unido e trabalhava anteriormente como DBA Sênior na Etisalat em Dubai. Tem 6 anos de experiência em diferentes tecnologias Oracle, focando principalmente em banco de dados, nuvem, soluções de alta disponibilidade, WebLogic e GoldenGate. Elejá esteve presente em vários grupos de usuários Oracle ao redor do mundo e maisrecentemente nos EUA, Emirados Árabes e Índia. Perfil de Skant Gupta no LinkedIn - https://www.linkedin.com/in/ skantali, Blog: http://oracle-help.com/

Este artigo foi revisto pela equipe de produtos Oracle e está em conformidade com as normas e práticas para o uso de produtos Oracle.