Nenhum resultado encontrado

Sua pesquisa não corresponde a nenhum resultado.

Sugerimos que você tente o seguinte para ajudar a encontrar o que procura:

  • Verifique a ortografia da sua pesquisa por palavra-chave.
  • Use sinônimos para a palavra-chave digitada; por exemplo, tente “aplicativo” em vez de “software.”
  • Tente uma das pesquisas populares mostradas abaixo.
  • Inicie uma nova pesquisa.
Perguntas Frequentes

Conhecendo Oracle Application Express

Por Anderson Rodrigues Ferreira ,

Postado em Novembro 2016

Do que se trata o artigo: Neste artigo será apresentada a tecnologia Oracle Application Express (Apex). Em que situação o tema é útil: Para gerentes ou desenvolvedores que desejam conhecer uma opção de tecnologia para desenvolvimento de sistemas web desktop ou mobile.

O Oracle Application Express (mais conhecido por Apex, com pronúncia ā'pěks) é uma tecnologia poderosa para desenvolvimento simples e rápido de aplicações sem custo para quem possui banco de dados Oracle (incluindo a versão gratuita Oracle Express Edition).

O desenvolvimento de boa parte da aplicação pode ser feito apenas de forma declarativa, ou seja, o desenvolvedor informa os parâmetros para a aplicação e para as páginas e a ferramenta encarrega-se de gerar o código JavaScript, HTML 5 e CSS 3, que na versão 5 é aderente às principais normas de acessibilidade.

Com a utilização de apenas um navegador e conhecimentos básicos de SQL, é possível em poucos minutos o desenvolvimento declarativo de aplicações web responsivas para desktop ou dispositivos móveis (jQuey Mobile).

Apesar de em alguns casos ser útil para a execução de tarefas mais complexas, para utilizar o Apex não é necessário conhecimento de CSS, nem de HTML e tampouco de JavaScript.

É altamente integrado com banco de dados Oracle: Data Mining, Spatial, RAS e muito mais.

Ações dinâmicas podem ser criadas de forma declarativa para tornar a aplicação ainda mais profissional e dinâmica. As ações dinâmicas implementam de forma abstrata para o usuário chamadas Ajax (Assyncronous JavaScript and XML).

O Apex possui nativo o gerenciamento de sessão sem o desenvolvedor precisar escrever uma linha de código para isso!

A autenticação é a capacidade de a aplicação definir se o usuário que está tentando logar é realmente quem diz ser. A autorização é a verificação se o usuário pode ou não visualizar aquele componente (aplicação, página ou item) ou executar aquela operação. Nativamente é possível definir uma autenticação dentre diversas opções tais como Contas do Apex, LDAP, Oracle SSO, autenticação pelo cabeçalho HTTP, ou você pode criar uma autenticação personalizada. O gerenciamento de autorizações pode ser definido no nível da aplicação, página, processo, cálculo, ramificação ou até mesmo do item.

O Apex tem baixa curva de aprendizado, ou seja, em pouquíssimo tempo já é possível desenvolver aplicações comerciais. Por exemplo, na empresa onde trabalho, o treinamento básico é de apenas uma semana!

Outro ponto interessante é a facilidade de geração e consumo de webservices REST e SOAP em formulários e relatórios.

Ficou interessado? Crie gratuitamente seu espaço de trabalho e experimente a tecnologia no próprio ambiente da Oracle: http://apex.oracle.com

Anderson Rodrigues Ferreira, engenheiro de computação e MBA em Gestão de TI. Pós-graduação em Criptografia e Segurança em Redes. Possui as certificações: Oracle Apex Developer Expert, Oracle Database SQL Expert e Professional Scrum Master. Foi professor universitário de Banco de dados, Projeto de sistemas, Projetos Orientado a Objetos, Java e Java para web. Participou da trilha Apex do ODTUG Kscope 2012 e 2016. É o atual vencedor da competição mundial de desenvolvimento de jogos em Apex (ODTUG Apex Gaming Competition). Atualmente, trabalha como gerente de desenvolvimento descentralizado utilizando Oracle Apex. É membro do grupo de usuários Oracle do Brasil (GUOB) e do Grupo de usuários de ferramentas de desenvolvimento Oracle dos Estados Unidos (ODTUG).

Este artigo foi revisto pela equipe de produtos Oracle e está em conformidade com as normas e práticas para o uso de produtos Oracle.