Nenhum resultado encontrado

Sua pesquisa não corresponde a nenhum resultado.

Sugerimos que você tente o seguinte para ajudar a encontrar o que procura:

  • Verifique a ortografia da sua pesquisa por palavra-chave.
  • Use sinônimos para a palavra-chave digitada; por exemplo, tente “aplicativo” em vez de “software.”
  • Tente uma das pesquisas populares mostradas abaixo.
  • Inicie uma nova pesquisa.
Perguntas Frequentes

Upgrade para o Oracle 12cR2 em ambiente Multitenant

Revisão de Paloma Aguiar

Por Rogerio Eguchi
Publicado em Janeiro 2018

Esse artigo vai explorar as possibilidades hoje disponíveis para que os DBA’s atualizem o banco de dados para a última versão do Oracle disponível: 12cR2.

Lembre-se sempre que antes de atualizar a versão do seu banco de dados, é importante estudar os novos recursos disponibilizados e também os recursos que não serão mais suportados e evoluídos, afim de evitar impactos dessas mudanças em seu ambiente.

Métodos para atualização

  1. Utilizando a interface gráfica DBUA (Database Upgrade Assistant), ou
  2. Upgrade manual via linha de comando usando o utilitário Parallel Upgrade

    A Oracle recomenda a utilização do DBUA quando atualizamos: major release upgrade (exemplo: 11g para 12c) ou maintenance release upgrade (exemplo: 12.1.0.1 para 12.1.0.2).

    Sobre major upgrades e maintenance release upgrade, veja documento oficial:

    https://docs.oracle.com/database/121/UPGRD/app.htm#UPGRD12530

    Para maiores informações sobre o Parallel Upgrade, veja documento oficial:

    https://docs.oracle.com/database/121/UPGRD/upgrade.htm#UPGRD52865

Upgrade direto

O DBUA pode ser utilizado somente no modo Direct Upgrade, onde vamos direto de uma versão antiga para o 12.2.

Direct Upgrade é suportado quando atualizamos de:

Base de Origem Base de Destino
11.2.0.3 ou superior 12.2.0.x
12.1.0.x (12.1.0.1 - 12.1.0.2) 12.2.0.x

Se você utiliza em uma versão anterior à 11.2.0.3, o Direct Upgrade não é suportado e deverá ser feito em múltiplas etapas, conforme tabela abaixo:

Base de origem Caminho de atualização Base de Destino
7.3.3 (ou anterior) 7.3.4 --> 9.2.0.8 --> 11.2.0.3 or higher 12.2.0.x
8.0.5 (ou anterior) 8.0.6 --> 9.2.0.8 --> 11.2.0.3 or higher 12.2.0.x
8.1.7 (ou anterior) 8.1.7 --> 9.2.0.8 --> 11.2.0.3 or higher 12.2.0.x
9.0.1.3 (ou anterior) 9.0.1.3 --> 9.2.0.8 --> 11.2.0.3 or higher 12.2.0.x
9.2.0.7 (ou anterior) 9.2.0.7 --> 11.2.0.3 or higher 12.2.0.x
10.2.0.4 (ou anterior) 10.2.0.4 --> 11.2.0.3 or higher 12.2.0.x
11.1.0.6 11.1.0.6 --> 11.2.0.3 or higher 12.2.0.x
11.2.0.1 11.2.0.1 --> 11.2.0.3 or higher 12.2.0.x

Purge da RecycleBin

A recycle bin deve estar vazia antes de iniciarmos o upgrade. Para isso, conecte na base com o usuário SYS ou SYSTEM e execute:

SQL> PURGE DBA_RECYCLEBIN;

Pre-Upgrade Information Tool

Esse utilitário é executado na base atual e gerará um relatório com ítens a serem corrigidos antes que o upgrade seja feito.

A versão Oracle 12 release 2 introduz o preupgrade.jar Pre-Upgrade Information Tool, que passa a ser executado diretamente do sistema operacional, diferentemente das versões anteriores onde a execução era feita através do SQLPlus.

Faça o download da última versão disponível do utilitário através do MOS: How to Download and Run Oracle's Database Pre-Upgrade Utility (Doc ID 884522.1)

Copie o arquivo para o servidor e descompacte.

Abra todos os pluggable databases executando alter pluggable database all open;

Para executar o utilitário, rode:

java -jar preupgrade.jar TERMINAL TEXT -c 'LABPDB1'

onde na opção –c devemos incluir a lista dos containers que incluiremos no processo. Caso essa opção seja omitida, todos os PDBs serão processados. O resultado será:

   

Leia as recomendações e aplique o script pré-atualização: preupgrade_fixups.sql

No exemplo acima as recomendações são:

  1. Crescimento das tablespaces SYSTEM, SYSAUX e TEMP no container LABPDB1.
    Como as tablespaces estão configuradas para crescimento automático, podemos passar adiante.

  2. Coleta de estatísticas de dicionário. Conecte como sysdba e execute: exec dbms_stats.gather_dictionary_stats;
  3. A atualização do Oracle APEX antecipada não é obrigatória e será feita durante o processo de atualização do banco. Caso você prefira atualizar o Oracle APEX antes de atualizar para a versão 12.2, leia o MOS Master Note for Oracle Application Express (APEX) Upgrades (Doc ID 1088970.1).

Realizando os ajustes:

Dessa forma, o ambiente Oracle 12.1 foi adequado para a atualização.

Obs: O script de pré-requisitos é automaticamente executado como parte do processo de atualização quando opta-se pela utilização do utilitário DBUA.

Instalação do Oracle 12.2

Faça o download do Oracle 12.2 no site OTN (otn.oracle.com) ou Edelivery (edelivery.oracle.com) da Oracle.

No exemplo abaixo, realizei o download do arquivo linuxx64_12201_database.zip através do OTN.

Copie o arquivo para o servidor e descompacte.

Acesse o diretório database criado pela descompactação e rode o instalador:

./runInstaller
  1. Informe seu email e senha do MOS para receber informações sobre atualizações.
  2. Temos dois caminhos: Instalar os binários e depois executar o utilitário DBUA ou realizar o upgrade diretamente do runInstaller. Para esse artigo vou seguir com a primeira opção.
  3. Escolha a instalação que deseja realizar. Nesse caso faremos a instalação de uma “single instance”.
  4. Escolha a edição do Oracle: Enterprise ou Standard Edition 2. Farei a atualização da versão Enterprise.
  5. Informe os diretórios de ORACLE_BASE e ORACLE_HOME onde a nova versão (12.2) será instalada. O ORACLE_HOME novo deverá ser ter a localização diferente da versão anterior.
  6. Nesse artigo o ORACLE_HOME da versão 12.1 é:

    /u01/app/oracle/product/12.1.0.2/db_1 e o ORACLE_HOME novo será /u01/app/oracle/product/12.2.0.1/db_1.

  7. Informe os grupos que serão utilizados para as tarefas.
  8. O utilitário reportará situações em que os pré-requisitos de instalação não foram cumpridos. Veja na figura abaixo que meu servidor tem espaço de SWAP insuficiente. Essa situação em específico não afetará a processo de atualização, portanto, ignorei o resultado e seguiremos em frente.
  9. Um resumo da instalação será mostrado.
  10. Clique em Install,  aguarde o término da instalação e execute o scrit root.sh com o usuário root:
  11. Confirme a instalação da ferramenta Oracle Trace File Analyzer (TFA).

  12. Clique em OK e a instalação estará finalizada.

Upgrade da base

  1. Execute o utilitário DBUA: $ORACLE_HOME/bin/dbua e informe as credenciais do usuário sys.
  2. Como essa instance é multitenant, precisamos Informar a ordem de prioridade em que os containers serão atualizados, porém, para esse artigo eu criei somente um PDB e esse passo é desnecessário:
  3. Os pré-requisitos para o upgrade serão checados e poderemos corrigir situações que forem reportadas. No exemplo abaixo temos somente uma recomendação pós-upgrade para execução de script posupgrade_fixups.sql
  4. Clique em Next para prosseguir.
  5. Opções de Recover caso a atualização falhe. Nesse caso temos 3 opções:
    1. Utilizar o Oracle Flashback Database para criar ou usar um restore point
    2. Utilizar o RMAN para criar um backup FULL ou utilizar o último backup existente
    3. Utilizar uma estratégia de backup prória
  6. Configuração de rede: temos aqui a informação sobre o listener que será atualizado e a possiblidade de adicionar um novo listener.
  7. Configuração de gerenciamento: Temos a opção de configuração do Enterprise Manager database express ou registrar essa instalação em um Enterprise Manager Cloud Control existente.
  8. Resumo da atualização: Verifique o que será aplicado e clique em finish caso esteja tudo correto.
  9. Janela de progresso: você poderá acompanhar em detalhe a atualização e caso necessário corrigir e repetir algum passo que porventura termine com falha. Aguarde pelo término e clique em finish.
  10. DB_Upgrd_12cR2_DBCA_15

    A instalação terminou sem problemas e a página de resultado foi apresentada.

  11. Página de Resultado: você terá um relatório com o resultado da atualização, tempos de execução e recursos atualizados.

Silent Mode install

Você pode realizar a atualização em modo não interativo, ou seja, com um único comando todo o trabalho de atualização será realizado.

Exemplo:

Configure as variáveis de ambiente ORACLE_HOME, PATH e LD_LIBRARY_PATH para a instalação 12.2 e execute: dbua –silent –sid <instance>

Veja as opções do modo não interativo através do comando dbua –help.

Pós Upgrade

  1. Execute o script postupgrade_fixups.sql, gerado pela ferramenta de pré-upgrade
  2. Rode a ferramenta da pós-upgrade: utlu122s.sql

    Caso seu ambiente seja multitenant, como neste artigo, utilize a ferramenta PERL catcon.pl, exemplo:

    
    $ORACLE_HOME/perl/bin/perl 
     $ORACLE_HOME/rdbms/admin/catcon.pl -n 1 -e -b utlu122s -
    d '''.''' $ORACLE_HOME/rdbms/admin/utlu122s.sql
    
    
  3. Verifique os logs utlu122s*.log

  4. Recompile os objetos inválidos

    Exemplo:

    $ORACLE_HOME/perl/bin/perl catcon.pl -n 1 -e -b utlrp -d '''.''' utlrp.sql
  5. Verifique os logs utlrp*.log

    Após os passos de pós-upgrade, a base atualizada pode ser disponibilizada para acesso.

    Dica: Lembre de atualizar seus scripts para refletir o novo $ORACLE_HOME.

Ajustes no parâmetro de inicialização da nova versão

O parâmetro COMPATIBLE controla o nível de compatibilidade da base e pode ser alterado caso você tenha certeza que um downgrade não será necessário. Para isso, execute:

SQL> ALTER SYSTEM SET COMPATIBLE = '12.2.0' SCOPE=SPFILE;

Faça um shutdown e inicie a base novamente. Exemplo:


Atualização do software client

A Oracle recomenda que seja feito o upgrade do software client para que tenha a mesma versão do server. Isso garantirá uma melhor estabilidade para suas aplicações.



Melhores práticas após o upgrade

  1. Execute um backup full do banco de dados
  2. Execute o script postupgrade_fixups.sql
  3. Colete estatísticas de dicionário
  4. Colete estatísticas para Fixed Objects
  5. Mude as senhas e ative o recurso de senhas case-sensitive.

    Entre outros.

    Consulte o Oracle Upgrade Guide para mais detalhes.

Links úteis

Oracle Upgrade Guide: https://docs.oracle.com/database/122/UPGRD/title.htm

Complete Checklist for Upgrading to Oracle Database 12c Release 2 (12.2) using DBUA (Doc ID 2189854.1)

Complete Checklist for Manual Upgrades to Non-CDB Oracle Database 12c Release 2 (12.2) (Doc ID 2173141.1)

Complete checklist for Manual Upgrade for Multitenant Architecture Oracle Databases from 12.1.x.x to 12.2..x.x (Doc ID 2173144.1)      

Oracle Database 12c Release 2 (12.2) DBUA In Silent Mode (Doc ID 2172040.1)

Master Note For Oracle Database 12c Release 2 (12.2) Database/Client Installation/Upgrade/Migration Standalone Environment (Non-RAC) (Doc ID 2195547.1)

How to Upgrade Pluggable Databases (PDBs) Sequentially to 12.2 (Doc ID 2171026.1)

Oracle Database Upgrade Blog - https://mikedietrichde.com/

Rogerio Bacchi Eguchi é um DBA Oracle Sênior com extensa experiência em ambientes OLTP de missão crítica e que empregam as tecnologias da "Oracle Maximum Availability Architecture". Atuou como DBA em empresas como Oracle, UOL, UOLDiveo, PagSeguro e atualmente atua como DBA/DMA na TOTVS. Possui as certificações Oracle OCP 8i, 9i, 10g, 11g, 12c e OCE Exadata. Atua também como SysAdmin/DEVOPS onde é certificado Linux RHCE. Entusiata de novas tecnologias como big data, automações e cloud computing. Compartilha conhecimento no blog reguchi.wordpress.com e twitter @reguchi_br.

Este artigo foi revisto pela equipe de produtos Oracle e está em conformidade com as normas e práticas para o uso de produtos Oracle.