Nenhum resultado encontrado

Sua pesquisa não corresponde a nenhum resultado.

Sugerimos que você tente o seguinte para ajudar a encontrar o que procura:

  • Verifique a ortografia da sua pesquisa por palavra-chave.
  • Use sinônimos para a palavra-chave digitada; por exemplo, tente “aplicativo” em vez de “software.”
  • Tente uma das pesquisas populares mostradas abaixo.
  • Inicie uma nova pesquisa.
Perguntas Frequentes

JSON definido

Dados são fundamentais. Mas saber como trabalhar com uma variedade de dados tornou-se ainda mais importante. Programadores, desenvolvedores e profissionais de TI precisam transferir estruturas de dados populadas de qualquer linguagem para formatos que são reconhecíveis por outras linguagens e plataformas. JavaScript Object Notation (JSON) é o formato de troca de dados que torna isso possível.

O JSON se tornou popular como formato de dados para desenvolvedores por causa de seu texto legível, que é leve, requer menos codificação e é processado mais rápido.

Tipos e exemplos de dados JSON

O JSON pode ser usado em programas JavaScript sem a necessidade de análise ou serialização. É uma forma baseada em texto de representar literais de objetos JavaScript, matrizes e dados escalares.

O JSON é relativamente fácil de ler e escrever, embora também seja fácil para o software analisar e gerar. Geralmente é usado para serializar dados estruturados e trocá-los em uma rede, normalmente entre um servidor e aplicativos da web.

No nível granular, o JSON consiste em tipos de dados.

  1. String
  2. Número
  3. Booliano
  4. Nulo
  5. Objeto
  6. Matriz

String

Uma string em JSON é composta de caracteres Unicode, com escape de barra invertida (\).

Exemplo


{ "name" : "Jones" }
	

Número

Um número JSON segue o formato de ponto flutuante de precisão dupla do JavaScript.

Exemplo


{
  "number_1" : 210,
  "number_2" : 215,
  "number_3" : 21.05,
  "number_4" : 10.05
}
	

Booliano

Os valores boolianos são designados como true ou false. Os valores booleanos não são colocados entre aspas e são tratados como valores de string.

Exemplo


{ "AllowPartialShipment" : false }
	

Nulo

Nulo é um valor vazio. Quando não há valor a ser atribuído a uma chave, ela pode ser tratada como nula.

Exemplo


{ "Special Instructions" : null }
	

Objeto

O tipo de dados do objeto JSON é um conjunto de pares de nomes ou valores inseridos entre {} (chaves). As chaves devem ser strings e devem ser exclusivas e separadas por vírgula.

Exemplo


{
  "Influencer" :   { "name" : "Jaxon" ,  "age" : "42" ,  "city" ,  "New York" }
}
	

Matriz

Um tipo de dado de matriz é uma coleção ordenada de valores. No JSON, os valores da matriz devem ser do tipo string, número, objeto, matriz, booliano ou nulo .

Exemplo


{

"Influencers" :   [ 
{
 "name" : "Jaxon", 
 "age" : 42, 
 "Works At" : "Tech News"
}

{
 "name" : "Miller", 
 "age" : 35
 "Works At" : "IT Day"
}

] 
}
	

Agora que o JSON e seus tipos de dados foram identificados e descritos, vamos explorar como eles podem ser usados.

Principais casos de uso para JSON

Tutorial JSON
Explore a nova funcionalidade para trabalhar com documentos JSON armazenados no Oracle Database.

1. Gerando um objeto JSON a partir de dados gerados pelo usuário
JSON é perfeito para armazenar dados temporários. Por exemplo, dados temporários podem ser dados gerados pelo usuário, como um formulário enviado em um site. O JSON também pode ser usado como um formato de dados para qualquer linguagem de programação para fornecer um alto nível de interoperabilidade.

2. Transferindo dados entre sistemas
Um banco de dados de site tem o endereço de correspondência de um cliente, mas o endereço precisa ser verificado por meio de uma API para garantir que seja válido. Envie os dados de endereço no formato JSON para a API do serviço de validação de endereço.

3. Configurando dados para aplicativos
Ao desenvolver aplicativos, cada um precisa de credenciais para se conectar a um banco de dados, bem como um caminho de arquivo de log. As credenciais e o caminho do arquivo podem ser especificados em um arquivo JSON para serem lidos e disponibilizados.

4. Simplificando modelos de dados complexos
JSON simplifica documentos complexos até os componentes que foram identificados como significativos, convertendo o processo de extração de dados em um arquivo JSON previsível e legível.

Por que o JSON é popular entre os desenvolvedores

Guia do desenvolvedor JSON
Obtenha uma compreensão mais profunda de como alterar os aplicativos sem mudar os esquemas de armazenamento.

O JSON ganhou impulso na programação de código API e serviços web porque ajuda na troca de dados e resultados de serviços web mais rápidos. É baseado em texto, leve e tem um formato de dados fácil de analisar, não exigindo nenhum código adicional para análise. Para serviços web, a necessidade de retornar e exibir muitos dados torna o JSON a escolha ideal.

O que é um banco de dados de documentos JSON?

Os aplicativos que usam diferentes tipos de dados JSON e linguagem de consulta orientada a JSON podem interagir com dados armazenados em um banco de dados de documentos JSON. O banco de dados de documentos JSON também fornece suporte nativo para JSON.

Características que definem um banco de dados de documentos JSON:

  • Um banco de dados de documentos JSON é um banco de dados não relacional projetado para armazenar e consultar como documentos JSON
  • Os dados JSON no banco de dados são textuais, mas o texto pode ser armazenado usando o tipo de dadosBLOB, VARCHAR2, CLOBou tipo de dados JSON binário em 21c
  • Acessar dados JSON armazenados no banco de dados é semelhante a acessar outros dados do banco de dados, incluindo o uso de OCI, .NET e JDBC
  • Os dados JSON em um banco de dados de documentos JSON podem ser armazenados, indexados e consultados sem a necessidade de um esquema que defina os dados

Trabalhando com um banco de dados de documentos JSON

Conforme afirmado anteriormente, JSON é um formato de transferência de dados leve que definiu o padrão para a troca de documentos. Vamos dar uma olhada em como armazenar e gerenciar dados JSON em um banco de dados de documentos JSON.

Armazenando dados JSON

Armazenar dados JSON em um banco de dados de documento JSON usa colunas cujos tipos de dados são VARCHAR2, CLOB, BLOB ou tipo de dados JSON binário em 21c. A escolha de qual usar geralmente é determinada pelo tamanho dos documentos JSON. Armazenar dados JSON no banco de dados usando tipos de dados SQL padrão significa que os dados JSON podem ser manipulados como qualquer outro tipo de dados.

Gerenciando dados JSON

Os dados JSON podem ser gerenciados e manipulados com tabelas em um banco de dados de documentos JSON, independentemente do tipo de dados. A escolha de qual tabela usar é normalmente motivada pelo tamanho dos documentos JSON. Um dos recursos do Oracle Database é a capacidade de replicar facilmente tabelas que possuem colunas usando dados JSON.

Casos de uso de banco de dados de documentos JSON

Aplicativos com experiências mais personalizadas
Ofereça experiências envolventes e personalizadas para o cliente e forneça recomendações em tempo real sobre várias propriedades digitais.

Gerenciamento de conteúdo e catálogo
Desenvolva serviços de gerenciamento de conteúdo e catálogo de produtos que lidam com uma ampla variedade de atributos e metadados.

Aplicativos IoT integrados
Crie aplicativos integrados para sistemas de clickstream, monitoramento, registro e sensor para processar milhões de inserções e recuperações por segundo, gerando novos insights sem comprometer a precisão dos dados.

Um banco de dados de documentos JSON nativo oferece aos desenvolvedores a capacidade de visualizar, criar e, por fim, saber mais.

Não apenas os clientes são identificados como nomes e endereços em um banco de dados. Seus respectivos atributos podem ser atribuídos como valores e aparecem em matrizes para recomendações personalizadas de produtos e compromissos mais atraentes.

A eficácia dos dados JSON depende exclusivamente do banco de dados que os alimenta.

Dados JSON e um banco de dados autônomo

Um banco de dados de documentos JSON não oferece apenas suporte nativo para tipos de dados JSON; também permite migrações fáceis, desenvolvimento de baixo código e nenhuma mudança no esquema quando se trata de armazenamento e gerenciamento. E se houvesse uma maneira de aproveitar os benefícios do JSON em um ambiente sem servidor? Um banco de dados de documentos em nuvem simplifica o desenvolvimento de aplicativos JSON com provisionamento, dimensionamento e reparo automatizados, ao mesmo tempo que oferece disponibilidade de 99,995%.

Assista a uma introdução ao Oracle Autonomous JSON Database.