Não foi possível encontrar uma correspondência para sua pesquisa.

Sugerimos que você tente o seguinte para ajudar a encontrar o que procura:

  • Verifique a ortografia da sua pesquisa por palavra-chave.
  • Use sinônimos para a palavra-chave digitada; por exemplo, tente “aplicativo” em vez de “software.”
  • Inicie uma nova pesquisa.

O que é um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS)?

Um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS) ajuda as empresas a gerenciarem os conteúdos digitais. Equipes inteiras podem utilizar esses sistemas para criarem, editarem, organizarem e publicarem conteúdos. Ele atua como um ponto focal para armazenar conteúdo e fornece processos automatizados para gerenciamento e criação colaborativa de conteúdo digital usando fluxos de trabalho internos (ou projetados). Privilégios diversos e responsabilidades são fornecidos aos usuários, com base seus cargos e funções. Por exemplo, os autores podem publicar e salvar os seus conteúdos. Porém, os editores podem publicar e alterar esses conteúdos. Os administradores podem fazer tudo isso, bem como conceder permissões aos outros integrantes da empresa para que possam atualizar ou revisar o conteúdo.

Um CMS ajuda a criar e gerenciar sites e conteúdo de sites usando o mínimo de sobrecarga técnica, para que você possa fazer melhor conteúdo em vez de atuar como gerente de projeto ou tráfego. Ao fornecer uma solução fácil e econômica para gerenciamento de conteúdo, um CMS permite que as empresas gerenciem e distribuam seu conteúdo sem investir em uma equipe de desenvolvimento de conteúdo em tempo integral.

Tipos de sistemas de gerenciamento de conteúdo (CMS)

Praticamente qualquer CMS possuem duas partes, e front e o back-end. O front-end é a interface com a qual o usuário interage. É a a estrutura e estilo visual do site. O front-end reúne HTML, CSS e JavaScript para entregar conteúdo rico e interativo, que possuam o estilo do branding da sua marca.

O back-end de um CMS é a aplicação utilizada para publicar novos conteúdos em um website. O processo começa com o acesso à interface web para adicionar, criar e públicar conteúdo no front-end do seu CMS. Em vez de programar em HTML, CSS e JavaScript, você cria o seu conteúdo com uma interface similar a do Microsoft Word. Em seguida, o back-end armazena o conteúdo em um banco de dados e o publica no front-end do website.

Juntos, esses dois sistemas compõem o CMS. Eles permitem que você publique conteúdo sem a necessidade de conhecer as tecnologias web por trás ou desenvolver uma aplicação web do zero.

Veja a seguir alguns tipos de sistemas de gerenciamento de conteúdo disponíveis atualmente.

1

CMS Acoplado

Um CMS acoplado geralmente remete a um CMS tradicional. Esse sistema oferece um back-end totalmente acessível que se conecta e modifica o banco de dados do site, além de publicar os conteúdos em um front-end com os estilos definidos.

Embora um CMS acoplado seja uma solução completa, a principal distinção entre ele e um CMS de software como serviço (SaaS) é que um CMS acoplado requer hospedagem na web dedicada para execução. Embora a hospedagem web seja relativamente barata, é importante lembrar que um CMS requer a instalação e manutenção de tecnologias específicas para tornar o software funcional.

De forma complementar, é provável que um CMS acoplado exija que um administrador o configure e ajuste as configurações de instalação para uso contínuo. O WordPress é um exemplo de um CMS acoplado, pois ele oferece um pacote completo para que os usuários instalem, publiquem um site e publiquem o conteúdo avançando.

2

CMS SaaS

Um CMS SaaS também é uma solução completa, de ponta a ponta. Porém, o CMS SaaS é armazenado na nuvem, em comparação com um CMS acoplado. Isso significa que esse CMS não requer instalação, configuração com hospedagem web pré-configurada.

Um CMS baseado no SaaS é uma excelente solução para empresas que precisam de uma presença web direta, pois oferece todos os recursos sem nenhum servidor ou sobrecarga de hospedagem web. Essa plataforma permite que todos os usuários acessem rapidamente os websites, gerenciem o conteúdo e distribuam os conteúdos entre os canais digitais.

3

CMS Desacoplado

Em um CMS desacoplado, a apresentação do website é "desacoplada" do back-end. O sistema de entrega se encaixa entre a apresentação do website e acessa o back-end por meio de uma interface de programação de aplicações (API).

Um CMS desacoplado é uma solução avançada que oferece mais flexibilidade para interagir com o conteúdo criado no back-end. Por exemplo, imagine que a sua empresa quer usar a biblioteca de conteúdo para outro fim, por exemplo, com aplicações móveis. Nesse caso, um CMS desacoplado é uma solução atraente porque ele suporta vários aplicativos adaptáveis no front-end, mantendo ao mesmo tempo seu conteúdo e informações consistentes no back-end.

4

Headless CMS

Um headless CMS só possui um sistema back-end que acessa o banco de dados e armazena o conteúdo com uma aplicação front-end integrada personalizada. Esse sistema oferece mais flexibilidade do que um CMS desacoplado, porém o nível de trabalho é maior do que com qualquer outro tipo. Um headless CMS também exigem que o desenvolvedor defina, crie e conecte uma aplicação front-end.

Um headless CMS é uma boa solução para organizações que precisem de maior controle e flexibilidade sobre o acesso aos conteúdos. Ele fornece armazenamento de conteúdo e recursos organizacionais ao mesmo tempo que permite um aplicativo personalizado no front-end, seja um site, um aplicativo móvel ou algum outro front-end.

Recursos principais que um sistema de gerenciamento de conteúdo deve ter

Descobrir quais recursos de um CMS são essenciais para o seu negócio pode começar com os recursos que sejam essenciais para um sistema de gerenciamento de conteúdo. Em seu processo de tomada de decisão, pode ser útil fazer comparações lado a lado de soluções e produtos de gerenciamento de conteúdos. Porém, a pergunta que ainda fica é: "Quais são os recursos principais de qualquer solução?"

Funções de usuário e gerenciamento de conteúdo baseado em funções

Existem diversas funções dentro de um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. Compreender como eles funcionam juntos é importante para dar acesso aos seus usuários e eles possam realizar suas tarefas e acessar o conteúdo digital apropriado para a função de cada um. Essas funções variam desde funções típicas da organização até funções de gerenciamento de aplicativos, comparação de tarefas e recursos por funções de aplicativo, até funções de tipo de recurso (permissões), decidindo o que os usuários podem ver e fazer com o conteúdo, incluindo documentos, sites ou modelos.

Gerenciamento de ativos digitais

Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo como o da Oracle oferecem recursos avançados para gerenciar todos os seus ativos digitais para uso em diferentes canais de marketing, incluindo sites, materiais de marketing, campanhas por e-mail, lojas on-line, pesquisa paga e blogs. Ele fornece um hub de conteúdo centralizado para todos os seus ativos, onde você pode organizá-los em repositórios e coleções e criar regras e fluxos de trabalho para definir como o conteúdo pode ser usado e onde.

Criar tipos de ativos para definir quais informações você precisa coletar quando os usuários criam ativos que sejam essenciais para qualquer CMS. Os tipos de ativos digitais definem os atributos personalizados necessários para os seus ativos digitais (arquivos, imagens e vídeos).

Gerenciamento de conteúdo na nuvem

Como acontece conosco, é fundamental migrar o seu gerenciamento de conteúdo para a nuvem, centralizando seu conteúdo em um só lugar e tornando-o acessível de qualquer lugar.

Você pode agrupar seus arquivos em pastas para executar operações diárias de gerenciamento de arquivos, incluindo copiar, mover, excluir, da mesma forma que em seu sistema local e arquitetura. Como todos os arquivos estão armazenados na nuvem, os usuários conseguem acessá-los de qualquer lugar, incluindo dispositivos móveis.

Conteúdo colaborativo

Com todo o conteúdo de suas organizações na nuvem, será fácil compartilhar ativos ou pastas para colaborar com outras pessoas dentro e fora de sua organização. Todos com os quais você compartilha conteúdo terão acesso às informações mais recentes, onde quer que estejam, sempre que precisarem. Compartilhar e registrar a coloração do conteúdo permitirá que o usuário monitore como e quando cada item compartilhado foi acessado.

Crie websites

Com as soluções de gerenciamento de conteúdo, você pode criar e publicar rapidamente sites de marketing, ajuda e comunidade - do conceito ao lançamento - com experiências on-line envolventes. O processo de criação de sites é totalmente integrado entre conteúdo, colaboração e design por meio de um único ambiente de criação e publicação.

Soluções baseadas em nuvem facilitam o início rápido, usando modelos prontos, componentes de arrastar e soltar (WYSIWYG), layouts de página de amostra e temas de site para montar um site a partir de blocos de construção predefinidos. Ou os seus desenvolvedores podem criar designs personalizados, incluindo modelos, temas ou componentes para criar experiências online únicas.

O que levar em consideração antes de avaliar se um CMS é o ideal para você

Um CMS deixa o conteúdo mais fácil de ser encontrado, trabalhando com seis áreas do gerenciamento de conteúdo.

Governança de conteúdo

Existem políticas e procedimentos implementados para criar e gerenciar conteúdo?

Arquitetura da informação para utilização de tags

O conteúdo atual e novo é categorizado e marcado de forma que todos entendam?

Processos comerciais para o gerenciamento de conteúdo

Será que os fluxos de trabalho estão padronizados e automatizados?

Experiência do usuário aplicado a conteúdo

Como as suas principais partes interessadas, de colaboradores à clientes, conseguem encontrar todas as informações de que eles precisam?

Tecnologia e aplicações

Será que a tecnologia atual está sendo utilizada da forma adequada? Quais melhorias ou novos sistemas otimizariam o fluxo de informações com a segurança ideal? Você tem um sistema de gerenciamento de conteúdo baseado na nuvem?

Valor comercial de um CMS

Será que os seus dados e conteúdos podem ser gerenciados de forma segura e eficiente? Você está cumprindo todas as diretrizes regulatórias aplicáveis?

Como utilizar um sistema de gerenciamento de conteúdo para o seu website

Um sistema de gerenciamento de conteúdo ajuda na criação, gerenciamento e publicação de conteúdo na internet. Esse sistema também ajuda a manter os conteúdos organizados e acessíveis para que possam ser reutilizados e ressignificados de forme efetiva. Existem vários tipos de sistemas de gerenciamento de conteúdo disponíveis, desde baseados em nuvem até um CMS sem interface do usuário, para atender a todas as necessidades do público.

Ele não apenas oferece uma maneira de armazenar e gerenciar todas as suas informações em um único banco de dados facilmente acessível, como também faz o seguinte:

  • Apoia a colaboração interna e entre equipes
  • Oferece uma forma fácil e acessível para atualização do conteúdo
  • Aumenta a visibilidade do conteúdo
  • Aumenta a produtividade
  • Reduz os custos
  • Permite que você mantenha a consistência do conteúdo
  • Permite escalonar os serviços, à medida que você cresce
Como utilizar um CMS para desenvolver um website

Como um CMS pode ajudar a desenvolver um website?

Em suma, uma plataforma CMS cuida de todos os detalhes técnicos do desenvolvimento e gerenciamento de website. Por exemplo, para publicar conteúdo na internet, como um post de blog, o primeiro passo é criar um arquivo HTML. O HTML permite estruturar o conteúdo escrito para que o navegador consiga interpretar o conteúdo. Esse arquivo permite a inserção de imagens e vídeos no conteúdo, além de criar links para outros documentos HTML.

Assim que o conteúdo é criado e estruturado, você consegue alterar o visual por meio de folhas de estilo (CSS). O CSS ajuda a mudar a fonte, cor e tamanho de qualquer elemento na página, para que fiquem no estilo que você desejar. Depois de concluído, você faz upload dos arquivos HTML e CSS - juntamente com quaisquer arquivos de imagem e vídeo - para um servidor Web onde seu novo site está acessível a qualquer pessoa.

Embora esse processo possa parecer até que simples, não é um método muito eficiente para criar documentos e compartilhá-los online. E muitas empresas não possuem os recursos de TI para se dedicar a essa tarefa.

Tecnologia CMS avançada

HTML e CSS são viáveis para criar documentos simples e legíveis, mas são limitados ao criar sites que oferecem amplas capacidades e funcionalidades - o tipo de site moderno que a maioria das empresas precisa para ter sucesso.

Por exemplo, para adicionar recursos interativos e funcionalidades que saltem aos olhos em seu site, você precisa usar o JavaScript - a linguagem de programação da web. HTML e CSS são linguagens de programação relativamente simples, utilizadas para criar documentos. O JavaScript é uma linguagem de programação dedicada, não muito diferente das linguagens utilizadas para desenvolver aplicações móveis ou para computadores.

Suponha que você planeja migrar seu site de blog para um site de mídia que serve milhares de visitantes por mês e publica vários conteúdos por dia. Neste caso, você precisa começar a incorporar tecnologias de banco de dados para armazenar e acessar todos os seus conteúdos. Você precisa de um banco de dados com sua própria linguagem de programação e outra linguagem de programação para passar informações entre o banco de dados e a parte do site que os usuários acessam e navegam. Assim, o cenário se complica rapidamente. E é nesse ponto que o CMS entra em ação.

Benefícios de um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS)

Explore o Oracle Content Management
Explore o Oracle Content Management

A demanda por experiências de marketing digital está crescendo e não mostra sinais de desgaste. Os consumidores atuais estão exigindo soluções omnichannel e experiências sem atrito. A tecnologia digital oferece infinitas maneiras de as empresas se envolverem com seus clientes e se manterem conectadas. Então não é de se admirar que o mercado CMS cresça de US$36 bilhões em 2018 para US$123,5 bilhões até 2026.

As empresas reconhecem como um sistema de gerenciamento de conteúdo pode ajudá-las a aproveitar todo o valor de seu conteúdo, simplificando o processo de criação e distribuição de conteúdo. As equipes de marketing e vendas que investem em um CMS podem esperar obter quatro benefícios principais à medida que trabalham para colocar sua mensagem no mercado e melhorar as experiências dos clientes.

1

Melhor colaboração e organização

Com um CMS, vários membros da equipe de marketing de conteúdo podem contribuir e ajudar a publicar conteúdo. Com seus recursos de gerenciamento de fluxo de trabalho, armazenamento de conteúdo e programação, o sistema ajuda a manter tudo organizado. Os CMSs baseados em navegador podem ser acessados de qualquer lugar, e os colegas de equipe de diferentes locais podem colaborar em projetos de conteúdo no mesmo sistema e na versão mais atual. Os membros da equipe podem acessar o mesmo conteúdo, por estar armazenado no mesmo local. Não há necessidade de enviar vários arquivos para várias pessoas - e nenhuma dor de cabeça de tentar controlar várias versões.

2

Amigável e intuitivo

Com o CMS, os usuários não precisam saber programar em HTML e CSS. Não importa o nível de habilidade, os usuários por toda empresa podem acessar e publicar os conteúdos. Um sistema de gerenciamento de conteúdo facilita o upload de conteúdo nas páginas web e atualizá-los por meio do editor de conteúdo.

3

SEO e plug-ins e ferramentas de otimização de conteúdo

Você quer melhorar o seu SEO (Otimização de Mecanismo de Busca) e aumentar o tráfego do seu site? Com o CMS, pode pode usar plug-ins e ferramentas para aumentar a sua classificação nas buscas. Essas ferramentas podem incluir recursos para a interface front-end para incluir títulos, tags "meta" e tags "alt" às páginas web.

4

Mais tempo para focar nos conteúdos

Com um sistema CMS direto, melhor organização e ferramentas e plug-ins para ajudar a SEO, os criadores de conteúdo podem se concentrar na produção de conteúdo de qualidade. As equipes de marketing não precisam trabalhar com diversos arquivos e códigos. É possível compartilhar as criações com os demais colaboradores que estejam há quilômetros de distância. Eles têm tempo para refinar a cópia, ajustar imagens, produzir mais conteúdo de vídeo ou conduzir testes A/B em diferentes linhas de assunto, ofertas, CTAs e formatos.

Saiba mais sobre as soluções de gerenciamento de conteúdo voltados à experiência do usuário

Por que escolher a Oracle para gerenciar o seu conteúdo

O Oracle Content Management administra os ativos digitais e conteúdos estruturados para criar experiências digitais em qualquer canal ou ponto de contato. Com um repositório de ativos centralizado em suas principais APIs, de conteúdo como serviço (CaaS) e um criador de sites reativo, e um editor de sites WYSIWYG arrastar e soltar, você pode criar rapidamente as experiências certas para qualquer público-alvo.