Preços do NoSQL Database Cloud Service

O Oracle NoSQL Database Cloud Service oferece duas formas de cobrança: pela on-demand capacity (capacidade sob demanda) ou pela provisioned capacity (capacidade provisionada).

Benefícios do On-Demand Capacity

  • Gestão da capacidade totalmente gerenciável e descomplicada, sem a necessidade de construir algoritmos sofisticados de previsão de picos no tráfego, ou através de unidades de leitura e gravação.
  • Ideal para monitoramento e aprendizado sobre novas cargas de trabalho de tabelas NoSQL antes de decidir sobre adequação na alocação e modelo de cobrança.
  • Economize tempo e esforço sem modelar cada padrão de carga de trabalho de aplicativo para estimar o consumo de unidades de leitura e gravação.
  • O modelo de cobrança é baseado na capacidade de leitura e gravação consumida pelas suas aplicações.
  • Configure uma única vez e deixe que a Oracle gerencie a capacidade.
Veja mais detalhes abaixo.
+

Benefícios do Provisioned Capacity

  • Serviço totalmente gerenciável com dimensionamento baseado nas capacidades de gravação, leitura e armazenamento.
  • Ideal para cargas de trabalho em que os picos e gargalos são previsíveis.
  • Ideal para cargas de trabalho contínuas e previsíveis, sem picos repentinos.
  • Fatura baixa caso as capacidades provisionadas sejam bem gerenciadas.
  • Preço baixo pela unidade para unidades de leitura e gravação.
  • Fatura mensal previsível através do provisionamento da capacidade, controlado pelo próprio usuário.
Veja mais detalhes abaixo.


Visão geral da On-Demand Capacity

O modelo de cobrança do modelo on-demand exime você de provisionar a capacidade de leitura e gravação de antemão. De forma dinâmica e em tempo real, o Oracle NoSQL Database Cloud Service ajusta a capacidade de acordo com a necessidade da sua aplicação. O faturamento é feito com base na capacidade real de leitura e gravação consumida pela sua aplicação.

Capacidade sob demanda

Produto
Preço unitário
Métrica
Oracle NoSQL Database Cloud–Gravação–Auto

Unidade de gravação por mês*
Oracle NoSQL Database Cloud–Leitura–Auto

Unidade de leitura por mês*
Oracle NoSQL Database Cloud–Armazenamento

Capacidade de armazenamento em GB por mês*
Oracle NoSQL Database Cloud - Gravação Replicada Regional

Unidade de Gravação Por Mês

* Veja a descrição das métricas para mais detalhes.


    • Descrição das métricas

      De acordo com a descrição do serviço (PDF), as métricas são definidas em:

      • Unidade de gravação por mês: Estabelece a taxa de transferência de até um kilobyte (KB) de dados por segundo para uma operação de gravação dentro do período de um mês, ou, aproximadamente a quantidade de 2,6 milhões de gravações. Considera-se que cada mês contenha 744 horas.
      • Unidade de leitura por mês: Estabelece a taxa de transferência de até 1 KB de dados por segundo para uma operação consistente de leitura, ou seja, quando o dado retornado talvez não seja o dado gravado mais recentemente no banco de dados, dentro do período de um mês, ou, aproximadamente a quantidade de 2,6 milhões de leituras. Considera-se que cada mês contenha 744 horas. Para alcançar a taxa de transferência de até 1 KB de dado por segundo em uma operação consistente de leitura, isto é, quando o dado retornado é o mais recente no banco de dados, é necessário atingir duas unidades de leitura por mês.
      • Capacidade de armazenamento em Gigabyte (GB) por mês* Estabelece o espaço de 1 GB no armazenamento do computador utilizado pelo armazenador da Oracle Cloud durante um mês de funcionamento.

      Uma unidade de leitura ou gravação por mês mensura o consumo total de 2.678.400 KB de gravações ou leituras por mês (744 horas).

      Dado que um mês contém 2.678.400 segundos:

      • Caso a sua aplicação grave ou leia 1 KB de dados a cada segundo de forma consistente ao longo das 744 horas, considera-se que ela consumirá 1 unidade de leitura ou de gravação por mês.
      • Caso a sua aplicação leia ou grave 2 KB de dados a cada 2 segundos de forma consistente ao longo das 744, ela ainda consumirá 1 unidade de leitura e gravação no mês.

      As características da carga de trabalho da sua aplicação podem variar de forma dinâmica e consumir um número diferente de unidades de gravação ou leitura por mês. Você será cobrado de acordo com o seu consumo do Oracle NoSQL Database Cloud.

      Além de leituras e gravações, o armazenamento ainda é um recurso necessário. O armazenamento é provisionado antecipadamente. A capacidade pode variar dentro de um mesmo mês. Ela é mensurada e faturada de acordo com a quantidade de GB provisionados.

    • Exemplos de faturamento

      Considere uma aplicação que execute algumas operações de gravação e leitura em diferentes períodos de um mês e que consome as seguintes operações de gravação e leitura:

      • Dias 1 a 5: Consumiu 100.000 gravações e leituras diariamente
      • Dias 6 a 15: Consumiu 250.000 gravações e leituras diariamente
      • Dias 16 a 31: Consumiu 45.000 gravações e leituras diariamente

      Suposições

      Para facilitar a compreensão:

      • O tamanho do registro para a operação de leitura e gravação é de 1 KB ou menor.
      • As leituras são consistentes, o que possibilita o faturamento em 1 unidade de leitura para cada 1 KB dentro da operação.
      • As gravações são faturadas em 1 unidade de gravação para cada 1 KB dentro da operação.
      • Não há indexações secundárias. Os registros são acessos através de chave(s)-primária(s)
      • Um mês possui 31 dias e 744 horas.
      • O armazenamento provisionado no Dia 1 se manteve constante em 5 GB em todo o mês.

      Exemplos de cobrança mensal

      Aqui está uma amostra da cobrança mensal, pressupondo que ambas as cargas de trabalho resultam no mesmo valor total de unidades de gravação e leitura consumidas pelos 31 dias.

      Exemplo de cobrança para ambas as cargas de trabalho pelo período de um mês (31 dias)

      Gravações
      Período da cargas de trabalho Cargas de trabalho diárias de gravação Total de gravações consumidas para cada período Detalhes
      Dias 1 a 5 100.000 500.000 100.000 gravações x 5 dias
      Dias 6 a 15 250.000 2.500.000 250.000 gravações x 10 dias
      Dias 16 a 31 45.000 720.000 45.000 gravações x 16 dias
      Total no mês 3.720.000
      Total de unidades de gravação no mês 1,39 3.720.000/2.678.400
      Cobrança mensal US$4,35 3.720.000/2.678.400 x US$3,135
      Leitura
      Período da cargas de trabalho Carga de trabalho diária de leitura Total de leituras consumidas em cada período Detalhes
      Dias 1 a 5 100.000 500.000 100.000 leituras x 5 dias
      Dias 6 a 15 250.000 2.500.000 250.000 leituras x 10 dias
      Dias 16 a 31 45.000 720.000 45.000 leituras x 16 dias
      Total no mês 3.720.000
      Total de unidades de leitura no mês 1,39 3.720.000/2.678.400
      Cobrança mensal $0,22 3.720.000/2.678.400 x US$0,16
      Armazenamento
      Total de unidades de leitura em GB de armazenamento Cobrança mensal Detalhes
      Dias 1 a 31 5 US$0,33 5 GB x US$0,066
      Total cobrado no mês US$4,91
      (Leitura, gravação e armazenamento)

      Observação: o valor da cobrança foi arredondado. Haverá algumas pequenas diferenças se você simplesmente totalizar os números nos exemplos usando uma calculadora.

    • Cargas de trabalho dinâmicas diferentes com o mesmo consumo e custos

      A cobrança no modelo on-demand capacity se baseia no número total de unidades de leitura e gravação consumidas por seu aplicativo durante um mês. O exemplo abaixo pressupõe que você tenha as duas cargas de trabalho muito diferentes a seguir: uma é contínua com vários picos e calhas, e a outra é picante com pausas abruptas. Ambos consomem a mesma quantidade de unidades de leitura e gravação no período de um mês. As áreas abaixo da curva de cada carga de trabalho representam o total de unidades de leitura e gravação consumidas, e é o mesmo. Dessa forma, os custos mensais serão os mesmos.

      Exemplo 1: Diversas operações contínuas de leitura/gravação no período de um mês

      Os dias 1 a 5 têm cargas de trabalho contínuas, médias de leitura/gravação em comparação com os Dias 6 a 15 com cargas de trabalho mais altas. Os dias 16 a 31 têm cargas de trabalho contínuas, de leitura/gravação mais baixas entre os três diferentes períodos.

      Gráfico de várias operações contínuas de leitura/gravação em um mês.

      Exemplo 2: Pico repentino imprevisível nas operações de leitura e gravação no período de um mês

      Os dias 1 a 5 têm um pico com cargas de trabalho de leitura/gravação médias. Em seguida, há um período de descanso antes dos Dias 6 a 15 que têm três picos com cargas de trabalho de leitura/gravação mais altas e descansos mais curtos entre eles. Os dias 16 a 31 têm as operações de leitura/gravação mais baixas com três picos menores e descansam mais entre eles.

      Gráfico de pico repentino imprevisível em operações de leitura/gravação em um mês.


Visão geral da Provisioned Capacity

O preço do modelo provisionado permite que você reserve com antecedência os limites de capacidade de gravação e leitura de acordo com as necessidades do seu aplicativo. O Oracle NoSQL Database Cloud Service administrará o provisionamento da capacidade para atender aos requisitos das cargas de trabalho. A cobrança feita com base na capacidade de leitura e gravação reservada pela sua aplicação.

Provisioned Capacity

Produto
Preço unitário
Métrica
Oracle NoSQL Database Cloud–Gravação

Unidade de gravação por mês*
Oracle NoSQL Database Cloud–Leitura

Unidade de leitura por mês*
Oracle NoSQL Database Cloud–Armazenamento

Capacidade de armazenamento em GB por mês*

* Veja a descrição das métricas para mais detalhes.


    • Descrição das métricas

      De acordo com a descrição do serviço (PDF), as métricas são definidas em:

      • Unidade de gravação por mês: Estabelece a taxa de transferência de até um kilobyte (KB) de dados por segundo para uma operação de gravação dentro do período de um mês, ou, aproximadamente a quantidade de 2,6 milhões de gravações. Considera-se que cada mês contenha 744 horas.
      • Unidade de leitura por mês: Estabelece a taxa de transferência de até 1 KB de dados por segundo para uma operação consistente de leitura, ou seja, quando o dado retornado talvez não seja o dado gravado mais recentemente no banco de dados, dentro do período de um mês, ou, aproximadamente a quantidade de 2,6 milhões de leituras. Considera-se que cada mês contenha 744 horas. Para alcançar a taxa de transferência de até 1 KB de dado por segundo em uma operação consistente de leitura, isto é, quando o dado retornado é o mais recente no banco de dados, é necessário atingir duas unidades de leitura por mês.
      • Capacidade de armazenamento em Gigabyte (GB) por mês* Estabelece o espaço de 1 GB no armazenamento do computador utilizado pelo armazenador da Oracle Cloud durante um mês de funcionamento.

      Uma unidade de leitura ou gravação por mês oferece a possibilidade de realizar leituras ou gravações de 2.678.400 KB ao longo de um mês em intervalos de um por segundo. Caso a sua tabela exija diversas leituras ou gravações por segundo, será necessário alocar mais de 1 unidade de leitura ou gravação por mês.

      A capacidade de armazenamento é mensurada e faturada com base na quantidade de GB provisionada ao longo de um mês. A capacidade pode variar dentro desse período de um mês; O Oracle NoSQL Database terá a mesma base de cobrança.

    • Exemplos de faturamento

      Abaixo estão alguns exemplos de faturamento com diferentes padrões de carga de trabalho e capacidades provisionadas. Aprenderemos como o faturamento mensal pode ser calculado usando os métodos mais rápidos e fáceis de entender. Exploraremos diferentes cálculos de cobrança nos quais as capacidades flutuam mensalmente ou mesmo por hora. Como as capacidades de gravação, leitura e armazenamento provisionadas são medidas por segundo em granularidade, os usuários têm a flexibilidade de calcular usando outros preços unitários, por exemplo, por minuto, por hora.

      Como exemplos, utilize as unidades de preço mensais e por hora. Para derivar o preço unitário por hora, divida o preço unitário mensal por 744 horas. O preço por hora é recomendado quando a carga de trabalho muda de hora em hora.

      Exemplos de preços e métricas de cobrança

      Produto Preço da unidade por mês Preço da unidade por hora
      Oracle NoSQL Database Cloud–Gravação US$0,1254 US$0,0001685
      Oracle NoSQL Database Cloud–Leitura US$0,0064 US$0,0000086

      Suposições

      Para facilitar a compreensão:

      • O tamanho do registro para a operação de leitura ou gravação é de 1 KB ou menor.
      • As leituras são consistentes, o que possibilita o faturamento em 1 unidade de leitura para cada 1 KB dentro da operação.
      • As gravações são faturadas em 1 unidade de gravação para cada 1 KB dentro da operação.
      • Não há indexações secundárias. Os registros são acessos através de chave(s)-primária(s)
      • Um mês possui 31 dias e 744 horas.
      • O armazenamento provisionado no Dia 1 se manteve constante em 25 GB em todo o mês.

      Exemplos de cobrança mensal

      Veja a seguir três exemplos com diferentes cargas de trabalho, capacidades provisionadas e outros métodos de cálculo de cobrança.

      Exemplo 1: Carga de trabalho previsível, com capacidade provisionada consistente em um mês

      Suponha que a sua aplicação desempenho uma boa quantidade consistente de operações de leitura e gravação dentro de um mês completo. As cargas de trabalho são contínuas e apenas uma pequena variação dentro de todo mês, resultando em capacidades provisionadas de leitura e gravação consistentes mensalmente. As capacidades são provisionadas para o pequeno pico da carga de trabalho no meio do mês. Suponha que o armazenamento provisionado no dia um permaneça constante em 25 GB (com tempo de permanência ativado) durante todo mês.

      Preço da unidade por mês É o melhor método para cálculo do faturamento mensal, já que as capacidades profissionais de leitura e gravação e o armazenamento foram consistentes durante o mês.

      Dias 1 a 31 têm cargas de trabalho consistentes com a cobrança mínima durante o mês. As capacidades de gravação e leitura provisionadas estão em 200 KB/s (200 Unidades de Leitura/Gravação) para atender ao pico no meio do mês.

      Gráfico da quantidade de unidades de leitura/gravação provisionadas no mês.

      Método de cálculo da fatura

      Fatura mensal = (unidade de leitura/gravação provisionada) x (Preço mensal por unidade de leitura/gravação)

      Fatura de exemplo

      Gravações
      Período da cargas de trabalho Unidades de gravação Cobrança mensal Detalhes
      Dia 1–31 (Gravação 200 KB/s) 200 US$25,08 200 gravações x US$0,1254
      Leitura
      Período da cargas de trabalho Unidades de Leitura Cobrança mensal Detalhes
      Dia 1–31 (Leitura 200 KB/s) 200 US$1,28 200 gravações x US$0,0064
      Armazenamento
      Total de armazenamento em GB Cobrança mensal Detalhes
      Dias 1 a 31 25 US$1,65 25 GB x US$0,066
      Total cobrado no mês US$28,01
      (Leitura, gravação e armazenamento)

      Observação: o número total de faturamento mensal é arredondado. Haverá algumas pequenas diferenças se você simplesmente totalizar os números nos exemplos usando uma calculadora.

      Exemplo 2: Cargas de trabalho dinâmicas e contínuas e capacidades provisionadas em um mês

      Suponha que sua aplicação execute várias operações de gravação e leitura para diferentes períodos dentro do mês. Veja a seguir a variação nas cargas de trabalho:

      • Dias 1–5: 100 unidades de gravação provisionadas, 100 unidades de leitura para a carga de trabalho esperada a 100 KB/s.
      • Dias 6–15: 200 unidades de gravação provisionadas, 200 unidades de leitura para a carga de trabalho elevada a 200 KB/s.
      • Dias 16–31: 70 unidades de gravação provisionadas, 70 unidades de leitura para a carga de trabalho reduzida a 70 KB/s.

      Em nosso exemplo, as capacidades de leitura e gravação ocorrem à meia-noite. Também, o armazenamento provisionado no dia um permaneça constante em 25 GB (com tempo de permanência ativado) durante todo mês.

      Preço da unidade por hora é o método ideal para calcular o faturamento mensal agregando o total de capacidades de gravação e leitura por hora provisionadas.

      Dias 1–5 possuem 120 horas de 100 unidades de gravação e 100 unidades de leitura provisionadas. Dias 6–15 possuem 240 horas de 200 unidades de gravação e 200 unidades de leitura provisionadas Dias 16–31 possuem 384 horas de 70 unidades de gravação e 70 unidades de leitura provisionadas

      Gráfico com a quantidade de unidades de leitura/gravação provisionadas em 3 períodos diferentes.

      Método de cálculo da fatura

      Fatura mensal = SOMA ((unidade de leitura/gravação provisionada por hora) x (Preço mensal por unidade de leitura/gravação))

      Fatura de exemplo

      Gravações
      Período da cargas de trabalho Unidades de gravação por hora Custo da gravação por hora Custo por hora total para x dias Detalhes
      Dias 1 a 5 100 US$0,0169 US$2,02 Custo por hora x 120 horas
      Dias 6 a 15 200 US$0,0337 US$8,09 Custo por hora x 240 horas
      Dias 16 a 31 70 US$0,0118 US$4,53 Custo por hora x 384 horas
      Cobrança mensal US$14,64
      Leitura
      Período da cargas de trabalho Unidades de leitura por hora Custo da leitura por hora Custo por hora total para x dias Detalhes
      Dias 1 a 5 100 US$0,0009 US$0,10 Custo por hora x 120 horas
      Dias 6 a 15 200 US$0,0017 US$0,41 Custo por hora x 240 horas
      Dias 16 a 31 70 US$0,0006 US$0,23 Custo por hora x 384 horas
      Cobrança mensal US$0,75
      Armazenamento
      Total de armazenamento em GB Cobrança mensal Detalhes
      Dias 1 a 31 25 US$1,65 25 GB x US$0,066
      Total cobrado no mês US$17,04
      (Leitura, gravação e armazenamento)

      Observação: o valor da cobrança foi arredondado. Haverá algumas pequenas diferenças se você simplesmente totalizar os números nos exemplos usando uma calculadora.

      Exemplo 3: Cargas de trabalho dinâmicas e diversas capacidades provisionadas no período de uma hora

      Este é um caso especial em que diferentes capacidades de leitura/gravação são provisionadas em uma hora. Suponha que a sua aplicação execute duas alterações extremas de carga de trabalho em uma hora. Veja a seguir como o custo é calculado quando há mais de uma unidade de leitura/gravação provisionada em uma hora.

      • Dias 1–5: 100 unidades de gravação e 100 unidades de leitura provisionadas para a carga de trabalho esperada
      • Dia 6 (entre 00h e 1h.):
        • 00h01 até 00h15 (15 minutos): 20 unidades de gravação e 20 unidades de leitura provisionadas para uma queda na carga de trabalho.
        • 00h16 até 1h. (45 minutos): 60 unidades de gravação e 60 unidades de leitura provisionadas para um aumento ligeiro na carga de trabalho.
      • Dia 6 (1h01 até 23h59) (23 horas): 200 unidades de gravação e 200 unidades de leitura provisionadas para aumento repentino na carga de trabalho.
      • Dias 7–15: 200 unidades de gravação e 200 unidades de leitura provisionadas para carga de trabalho elevada.
      • Dias 16–31: 70 unidades de gravação e 70 unidades de leitura provisionadas para baixa carga de trabalho.

      Preço da unidade por hora é o método ideal para calcular o faturamento mensal agregando o total de capacidades de gravação e leitura por hora provisionadas. Nesse caso, o preço da unidade por hora também é usado para calcular o custo médio durante a hora que tem duas alterações nas capacidades de gravação e leitura provisionadas.

      Dias 1–5 possuem 120 horas de 100 unidades de gravação e 100 unidades de leitura provisionadas. Dia 6 (00h01 até 00h15) possui 20 unidades de gravação e 20 unidades de leitura provisionadas. Dia 6 (00h16 até 1h.) possui 60 unidades de gravação e 60 unidades de leitura provisionadas Dia 6 (1h01 até 23h59) possui 200 unidades de gravação e 200 unidades de leitura provisionadas Dias 7–15 possuem 216 horas de 200 unidades de gravação e 200 unidades de leitura provisionadas Dias 16–31 possuem 384 horas de 70 unidades de gravação e 70 unidades de leitura provisionadas

      Gráfico com a quantidade de unidades de leitura/gravação provisionadas em 3 períodos diferentes.

      Método de cálculo da fatura

      Fatura mensal = SOMA ((Unidades de leitura/gravação provisionada por hora) x (Preço da unidade de leitura/gravação por hora) + (Média de unidade de leitura/gravação provisionada entre 00h01 e 1) x (Preço da unidade de leitura/gravação por hora))

      Fatura de exemplo

      Veja uma demonstração do cálculo da fatura, assumindo que o armazenamento provisionado no Dia Um permaneça constante em 25 GB (com tempo de permanência ativado) durante todo mês. Veja a seguir a média de unidades de leitura/gravação no Dia 6 entre 00h e 1h da manhã.:

      • 00h01 - 00h15 = 20 unidades de leitura/gravação * 900 s = 18.000 unidades de leitura/gravação
      • 00h16 – 1h = 60 unidades de leitura/gravação * 2700 s = 162.000 unidades de leitura/gravação
      • Média de unidades de leitura/gravação no dia 6 entre 00h e 1h da manhã = (18.000 + 162.000)/3600 = 50 unidades de leitura/gravação
      Gravações
      Período da cargas de trabalho Unidades de gravação por hora Custo da gravação por hora Custo por hora total para x dias Detalhes
      Dias 1 a 5 100 US$0,0169 US$2,02 Custo por hora x 120 horas
      Dia 6, entre 00h e 1h (Média da capacidade provisionada) 50 US$0,0084 US$0,01 Custo por hora x 1 hora
      Dia 6, entre 00h01 e 00h15 (Gravação a 20 KB/s) 20 20 gravações x 900 segundos
      Dia 6, entre 00h16 e 1h. (Gravação a 60 KB/s) 60 60 gravações x 2700 segundos
      Dia 6, entre 1h01 e 00h (meia noite do dia seguinte) 200 US$0,0337 US$0,78 Custo por hora x 23 horas
      Dias 7–15 200 US$0,0337 US$7,28 Custo por hora x 216 horas
      Dias 16 a 31 70 US$0,0118 US$4,53 Custo por hora x 384 horas
      Cobrança mensal US$14,62
      Leitura
      Período da cargas de trabalho Unidades de leitura por hora Custo da leitura por hora Custo por hora total para x dias Detalhes
      Dias 1 a 5 100 US$0,0009 US$0,10 Custo por hora x 120 horas
      Dia 6, entre 00h e 1h (Média da capacidade provisionada) 50 US$0,0004 US$0,0004 Custo por hora x 1 hora
      Dia 6,entre 00h01 e 00h15 (Leitura a 20 KB/s) 20 20 leituras x 900 segundos
      Dia 6, entre 00h16 e 1h. (Leitura a 60 KB/s) 60 60 leituras x 2700 segundos
      Dia 6, entre 1h01 e 00h (meia noite do dia seguinte) 200 US$0,0017 US$0,04 Custo por hora x 23 horas
      Dias 7–15 200 US$0,0017 US$0,37 Custo por hora x 216 horas
      Dias 16 a 31 70 US$0,0006 US$0,23 Custo por hora x 384 horas
      Cobrança mensal US$0,75
      Armazenamento
      Total de armazenamento em GB Cobrança mensal Detalhes
      Dias 1 a 31 25 US$1,65 25 GB x US$0,066
      Total cobrado no mês US$17,01
      (Leitura, gravação e armazenamento)

      Observação: o valor da cobrança foi arredondado. Haverá algumas pequenas diferenças se você simplesmente totalizar os números nos exemplos usando uma calculadora.

    • Demonstrativo da fatura

      Amostra de cobrança mensal da Oracle Cloud Infrastructure (OCI) para a Oracle NoSQL Database Cloud

      Veja uma amostra da declaração de faturamento mensal da OCI para dezembro de 2022 com base no Exemplo 2 acima.