True Cache

O Oracle True Cache é um cache SQL na memória, consistente e gerenciado automaticamente para o Oracle Database. O True Cache melhora o tempo de resposta da aplicação e reduz a carga no banco de dados. O gerenciamento automático de cache e a consistência simplificam o desenvolvimento de aplicações, reduzindo o esforço e o custo de desenvolvimento.

Por que escolher o Oracle True Cache?

Dados consistentes e em tempo real

O Oracle True Cache mantém automaticamente os dados acessados com mais frequência no cache, o que mantém o cache consistente com o banco de dados.

Gerenciamento de cache simplificado

O conteúdo do cache é carregado automaticamente quando acessado e atualizado quando os dados são alterados. O Oracle True Cache é compatível com todas as APIs e tipos de dados do Oracle Database, incluindo os tipos de dados relacionais, JSON, de texto, espaciais, gráficos e vetoriais. Os dados no True Cache podem ser acessados em um formato de linha ou coluna usando as mesmas APIs do Oracle Database.

Melhore a escalabilidade

O Oracle True Cache melhora a escalabilidade e o tempo de resposta da aplicação descarregando consultas e reduzindo o número de solicitações ao banco de dados.

IA generativa econômica

A geração aumentada de recuperação (RAG) geralmente envolve chamadas de back-end para grandes modelos de linguagem (LLMs). O armazenamento em cache desses resultados reduz o custo associado ao uso de LLM.

Use flash de alto desempenho para cache estendido

O True Cache permite que os dados sejam armazenados em disco se não couberem na memória de sua instância de computação. Isso permite que o cache armazene mais dados do que o que poderia caber na memória da instância de computação, expandindo assim o tamanho total do cache.

Alta disponibilidade e multithreading

O True Cache redefine o gerenciamento de cache com desempenho extremo, aproveitando o multithreading e utilizando todos os núcleos/vCPUs em um host. Ele assegura a alta disponibilidade nativa, garantindo a resiliência dos dados e a disponibilidade contínua durante falhas de nós ou interrupções na rede.

Como o True Cache funciona

O True Cache é uma réplica totalmente funcional e somente leitura do banco de dados principal, praticamente sem disco.

As aplicalçies modernas geralmente exigem um grande número de conexões e acesso rápido e de baixa latência aos dados. Uma abordagem popular é colocar os caches na frente do banco de dados porque as aplicações normalmente executam muito mais leituras do que atualizações e podem ler do cache sem afetar o desempenho do banco de dados. Por exemplo, um sistema de reservas de companhias aéreas lê dados com frequência à medida que as pessoas compram voos. Não há problema se os dados não forem os mais atuais em comparação com o que está no banco de dados, pois a aplicação só precisa acessar os dados mais atuais quando alguém reserva um voo.

Ao contrário dos demais, o True Cache armazena automaticamente os dados acessados com mais frequência e mantém o cache consistente com o banco de dados principal, com outros objetos dentro do mesmo ou em outros caches. Ele armazena em cache todos os objetos e tipos de dados do Oracle Database, inclusive JSON.

Como o True Cache implementa as políticas de segurança do Oracle Database, você pode controlar o acesso ao cache. Isso permite armazenar dados confidenciais que normalmente não são armazenados em cache, como informações pessoais privadas.

Uma aplicação decide se deve consultar os dados do True Cache ou do banco de dados principal. Por exemplo, a aplicação pode manter duas conexões: uma somente de leitura com o True Cache e outra de leitura/gravação com o banco de dados. Como alternativa, uma aplicação Java pode usar uma conexão e alternar dinamicamente entre o True Cache e o banco de dados, definindo o atributo somente leitura.

Com o True Cache, os dados são sempre consistentes em uma única consulta. Isso é ainda mais importante quando há junções em múltiplas linhas; fazer isso no nível da aplicação pode levar a resultados incorretos.​

Diagrama do True Cache

Descrição do diagrama do True Cache

  1. 1. Uma aplicação direciona as consultas ao True Cache manual ou semiautomaticamente por meio do driver Oracle JDBC.
  2. 2. Uma instância do True Cache satisfaz as consultas usando os dados armazenados em cache para os serviços de aplicações de banco de dados associados.
  3. 3. Quando ocorre uma falha no cache, uma instância do True Cache busca blocos da instância do banco de dados principal.
  4. 4. Quando uma instância do True Cache é inicializada pela primeira vez, as consultas SQL são disparadas para aquecer o cache, o que resulta na busca de blocos circundantes em grandes blocos.
  5. Depois que um bloco é armazenado em cache, ele é atualizado automaticamente por meio do redo apply de um banco de dados primário, geralmente com um atraso de menos de um segundo. Os blocos de redo do banco de dados principal são continuamente enviados aos arquivos de redo log do True Cache standby pelo processo Log Writer (LGWR) na instância do banco de dados primário no modo ASYNC.
  6. 5. Uma consulta ao True Cache retorna apenas dados confirmados que são tão recentes quanto o redo apply lag.
  7. 6. Cada consulta a uma instância do True Cache sempre retorna dados consistentes.
  8. 7. O True Cache melhora o dimensionamento ao transferir consultas e reduz o número de solicitações ao banco de dados principal.

Casos de uso do True Cache

  • IA Generativa

    Simplifique o processo de desenvolvimento de IA por meio da geração aumentada de recuperação (RAG) e do armazenamento em cache do LLM.

  • Aplicações de eCommerce

    Os clientes recuperam dados para catálogos de produtos online acessando o Oracle True Cache em vez do banco de dados back-end. Esse processo melhora os tempos de resposta e eleva a experiência do cliente durante os períodos de pico de vendas, como Black Friday, Cyber Monday e eventos televisivos em horário nobre.

  • Soberania de dados

    O Oracle True Cache transfere leituras para instâncias implantadas mais próximas do usuário final ou de regiões soberanas, acelerando os tempos de resposta de análises e mantendo a soberania dos dados.

  • Games online

    O Oracle True Cache reduz a latência e melhora a experiência imersiva de jogo armazenando dados de jogadores em tempo real, oferecendo suporte a recursos como tabelas de liderança e classificações de usuários.

  • Autenticação de usuário

    O Oracle True Cache lida com milhões de atualizações diárias de perfis de usuários, validando o usuário da aplicação em tempo real. Ele também oferece suporte a vários modelos de dados para armazenar nativamente diferentes tipos de elementos, reduzindo a complexidade e os custos.

  • Análise em tempo real

    O Oracle True Cache pode ser usado para armazenar dados em cache e descarregar a E/S do banco de dados para reduzir a carga operacional, reduzir custos e melhorar o desempenho do banco de dados e da aplicação.

  • Computação de borda

    O Oracle True Cache pode ser implantado em regiões mais próximas de usuários ou dispositivos, reduzindo o tempo necessário para coletar, armazenar e recuperar dados de bancos de dados.

19 de setembro de 2023

Aprimorando o desempenho: apresentação do Oracle True Cache para disponibilidade global

Pankaj Chandiramani, Diretor Sênior de Gerenciamento de Produtos

Apresentando o Oracle True Cache: SQL gerenciado automaticamente, na memória, consistente e cache de valor-chave (objeto).

Blogs de Banco de Dados em destaque

Exibir tudo

Introdução ao Oracle True Cache


Experimente o Modo Gratuito da Oracle Cloud

Crie, teste e implemente aplicações na Oracle Cloud Infrastructure Platform.


Entre em contato

Ficou interessado e quer saber mais? Entre em contato com um de nossos especialistas.