O que é o Financial Management? Um guia por especialistas

Lynne Sampson | Estrategista de Conteúdo sobre ERP | Janeiro de 2023

Quando a maioria das pessoas pensa em gerenciamento financeiro, muitas vezes pensa em gerenciar suas próprias contas bancárias: pagar o aluguel ou a hipoteca, pagar contas de serviços públicos, comprar mantimentos, talvez até planejar um orçamento mensal. No entanto, a gestão financeira para empresas é uma jornada mais complexa, envolve controlar e rastrear todo o dinheiro que entra e sai do negócio, bem como tomar medidas para tornar a empresa o mais lucrativa e financeiramente segura possível.

Para entender melhor, vamos repensar alguns objetivos e funções principais da gestão financeira.

O que é o Financial Management?

A gestão financeira controla o fluxo de dinheiro que entra e sai de uma empresa. Cada empresa precisa vender produtos ou serviços, pagar pelas despesas, balancear as contas, preencher e pagar GRUs. A gestão financeira engloba tudo isso, juntamente com processos mais complexos, como pagamento de funcionários, compra de suprimentos e envio de relatórios a órgãos governamentais para mostrar que estão atendendo às regulamentações. O ato de supervisionar todas essas transações para um negócio é o que queremos dizer quando falamos sobre a gestão financeira de uma empresa. Em regra, quanto maior a empresa, mais complicado fica sua gestão financeira.

Os funcionários que se especializam na gestão financeira se tornam responsáveis por todo o dinheiro que entra e sai da empresa. As empresas menores terão pelo menos um contador que trabalhe com o banco para executar essas transações e rastrear o fluxo de dinheiro. As grandes empresas geralmente têm equipes financeiras inteiras lideradas por um diretor financeiro (CFO), controller, líder financeiro ou alguém com cargo semelhante.

O principal trabalho da equipe financeira é garantir que a empresa permaneça saudável e nunca fique sem dinheiro, mas não é o único trabalho deles. Eles também são responsáveis por lidar com empréstimos e dívidas, balancear as contas, supervisionar investimentos, levantar capital de risco e gerenciar ofertas públicas (ou seja, vender ações da empresa no mercado aberto). Basicamente, a equipe financeira protege os recursos financeiros de uma empresa, monitora e controla todas as transações e toma medidas para tornar a empresa o mais lucrativa possível.

Principais conclusões

  • A gestão financeira é sobre o monitoramento, controle, proteção e emissão de relatórios sobre os recursos financeiros da empresa.
  • As empresas têm contadores ou equipes financeiras responsáveis por administrar suas finanças, incluindo todas as transações bancárias, empréstimos, dívidas, investimentos e outras fontes de financiamento.
  • As equipes financeiras também são responsáveis por garantir que a empresa siga todos as regulamentações, permaneça saudável e seja o mais lucrativa possível.

Como entender gestão financeira

A gestão financeira inclui os processos comerciais que abrangem cada tipo e departamento interno da empresa. As responsabilidades da equipe financeira incluem:

  • Cobrança e recebíveis: Dinheiro que os clientes pagam, ou prometeram pagar, ao negócio. As equipes financeiras são responsáveis por enviar as faturas e processar os pagamentos à medida que forem confirmados. As equipes de cobrança são responsáveis pelo acompanhamento das contas vencidas (este processo, por vezes, é terceirizado).
  • Recebíveis: Dinheiro que a empresa deve aos seus fornecedores e provedores. As equipes financeiras são responsáveis por pagar essas faturas e registrar os pagamentos.
  • Transações bancárias e reconciliações As equipes financeiras trabalham em estreita colaboração com seus bancos para garantir que todas as transações bancárias sejam processadas corretamente. Eles também devem certificar-se de que os extratos do banco correspondem aos seus próprios registros, que são mantidos no livro-razão-geral e nos livros auxiliares da empresa. A equipe financeira deve acompanhar e corrigir qualquer incompatibilidade entre os extratos bancários e os livros contábeis - um processo conhecido como reconciliação de contas.
  • Fechamento dos livros: Em uma determinada data, a empresa contabilizará as transações de um determinado período para poder reconciliar suas contas e relatar sua posição financeira. O fechamento, como esse processo é conhecido, geralmente acontece no final de um mês, trimestre ou ano.
  • Relatório: as empresas devem relatar regularmente seu desempenho financeiro, seja para o CEO, um conselho de administração, investidores, acionistas ou reguladores do governo. A equipe financeira é responsável por garantir que esses relatórios sejam claros e precisos.
  • Modelagem, planejamento e orçamento de cenários: a modelagem de cenário começa com certas suposições sobre um período futuro, como "No próximo trimestre, esperamos gerar US$ 10 a 15 milhões em receita". A equipe financeira executará vários cenários “e se” para os melhores e piores casos para estimar quanto dinheiro a empresa terá se essas condições acontecerem. Com base nesses modelos, a equipe financeira avaliará a melhor forma de responder e desenvolver planos, previsões e orçamentos apropriados. Frequentemente, a equipe financeira trabalhará com outros departamentos – como vendas, RH, gerenciamento de projetos ou equipes de compras – para criar modelos que incluam dados de previsões de vendas, despesas de mão de obra e custos de estoque. Isso também é conhecido como planejamento conectado.
  • Folha de pagamento e despesas: os contracheques individuais dos funcionários geralmente são de responsabilidade do departamento de RH. No entanto, os custos gerais com a força de trabalho aumentam, para poder diluir esses custos nos planos e orçamentos. O financeiro também é responsável por reembolsar os gastos dos funcionários relacionados ao trabalho, como viagens, almoço.
  • Gestão e previsão de caixa: com o dinheiro entrando e saindo constantemente de uma empresa, é importante que as equipes financeiras olhem para o futuro. Eles devem garantir que a empresa tenha dinheiro suficiente para permanecer saudável no próximo trimestre, no próximo ano - até mesmo nos próximos três a cinco anos. Em muitas empresas, a previsão de caixa é feita uma vez ao mês.
  • Estratégias fiscais: toda empresa deve arquivar. impostos; e, como o resto de nós, eles querem aproveitar o maior número possível de deduções para evitar pagamentos indevidos. Algumas equipes financeiras contam com especialistas tributários internos para ajudar neste assunto. As equipes que não contam com esses profissionais, geralmente contratam um escritório de contabilidade.
  • Risco e conformidade Todos os negócios possuem um risco financeiro, desde o aumento nas taxas de juros até uma pandemia global. É serviço para a equipe financeira evitar esses riscos e reduzir a exposição da empresa o tanto quanto for possível. Eles também devem garantir que a empresa siga as regras e as regulamentações estabelecidas pelos governos, reguladores e outras jurisdições para permanecer em conformidade e evitar multas pesadas.
Guia Completo do ERP Moderno

Seu Guia Completo do ERP Moderno

Descubra os componentes de uma solução ERP moderna e como o ERP na nuvem impulsionam a agilidade e inovação comercial.

Por que a gestão financeira é importante?

Cinco práticas recomendadas para automatizar o seu fechamento financeiro

O fechamento financeiro automatizado e conectado é essencial para entregar rapidamente relatórios precisos aos tomadores de decisão. Veja como começar do jeito certo.

A gestão financeira é importante para manter a empresa saudável. O objetivo essencial é garantir que a empresa não decrete falência. A gestão financeira aborda os problemas mais críticos que um negócio pode enfrentar, como perda de receita (como aconteceu durante a pandemia do COVID-19), desastres naturais, greves, guerras e assim por diante.

Além da sobrevivência básica, um bom software de gerenciamento financeiro e uma boa gestão — podem ajudar uma empresa a crescer e prosperar. As equipes financeiras têm as ferramentas prontas para uso durante a viagem para ajudar a impulsionar o crescimento. Em boas condições de mercado, com uma economia em crescimento e taxas de juros baixas, as equipes financeiras podem pedir dinheiro emprestado aos bancos, arrecadar fundos de empresários ou abrir o capital da empresa (ou seja, vender ações na bolsa de valores). A empresa pode investir esses fundos para crescimento abrindo novos locais, expandindo para outros territórios, atualizando equipamentos e assim por diante. Quando as condições de mercado são menos favoráveis, por exemplo, durante uma recessão, as táticas de gerenciamento financeiro podem incluir cortar custos demitindo funcionários ou fechando locais não lucrativos.

Aumentar a lucratividade é uma parte importante da gestão financeira. Muitas vezes, as equipes financeiras trabalham com as equipes de vendas e marketing para definir os preços dos produtos e serviços da empresa. Eles devem encontrar um equilíbrio para definir os preços certos. Se os preços forem muito altos, os clientes podem buscar concorrentes mais baratos; e, a empresa pode não gerar receita suficiente para cobrir as despesas. Da mesma forma, o controle de custos também é uma das principais responsabilidades da equipe financeira, sejam funcionários, aluguel, eletricidade, matérias-primas ou despesas de remessa.

Os relatórios são uma parte essencial de uma gestão financeira eficiente. O CFO e outros líderes de negócios querem saber o desempenho da empresa para que possam tomar as melhores decisões para a saúde do negócio. Eles querem saber se o negócio está funcionando de acordo com o planejado e se está gerando um bom retorno para os investidores da empresa. Uma boa gestão financeira é importante por ajudar a empresa a atender, ou até superar, os objetivos estabelecidos.

Objetivos da gestão financeira nos negócios

Em se tratando de gestão financeira, as equipes possuem diversos objetivos. Entre eles:

1. Manter a empresa saudável evitando a falência e garantindo que a empresa tenha dinheiro suficiente para continuar operando.

2. Maximizar a lucratividade definindo o preço certo para produtos e serviços existentes, descontinuando produtos e serviços não lucrativos e avaliando o lucro potencial de novos produtos e serviços.

Torne o mundo um lugar melhor com o  Oracle Cloud EPM for ESG (1:49)

3. Reduzir custos através do monitoramento dos gastos e buscar formas de reduzir a sobrecarga.

4. Garantir um bom retorno sobre o investimento (ROI, Return Over Investment) para os grandes empresários, acionistas e outros investidores.

5. Aumentar o capital através da atração de mais investimento, com a ajuda de um ROI positivo.

6. Prever o caixa para garantir que a empresa possua caixa suficiente - não apenas para funcionar, mas para investir no crescimento.

7. Reduzir riscos e evitar multas, garantindo que a empresa cumpra com todas as exigências regulatórias. Isso também inclui planejamento e relatórios ambientais, sociais e de governança (ESG)

Funções da gestão financeira

Em empresas menores, uma pessoa ou uma pequena equipe de pessoas pode executar todas as funções de gerenciamento financeiro do negócio. Empresas de porte maior geralmente têm equipes responsáveis por funções específicas. Incluindo:

1. Contabilidade

Isso inclui o acompanhamento, registro e conciliação de todas as transações monetárias de dentro da empresa. A equipe de contabilidade geralmente é liderada por um controller ou diretor de contabilidade e auxiliado pelo software de contabilidade. Eles costumam usar sistemas ERP na nuvem – em particular, sistemas financeiros – para executar, registrar e relatar as finanças da empresa. A contabilidade também é responsável pela reconciliação de contas e fechamento dos livros (vide acima).

2. Gestão de projetos

Os projetos são a principal fonte de receitas e despesas, especialmente para serviços profissionais, como engenheiros, advogados e consultores. As equipes financeiras são responsáveis por distribuir o orçamento entre os projetos e acompanhar a receita gerada por cada um.

3. Compras

Essa função é dividida em duas categorias:

  • Compra direta inclui peças e materiais brutos, usados para produzir os produtos da empresa. A aquisição direta é normalmente supervisionada pela cadeia de suprimentos e/ou equipes de operações que gerenciam e trabalham com fornecedores por meio de um sistema de aquisição. As peças, materiais brutos e produtos finais são acompanhados com a ajuda de um sistema de estoque. Ter esses sistemas conectados uns aos outros facilita muito as operações, o controle e a supervisão dos fornecedores e do estoque.
  • Compras indiretas refere-se a suprimentos que não vão para os produtos e serviços de uma empresa, mas são usados para as operações do dia a dia. Eles podem incluir itens como móveis de escritório, laptops e artigos de papelaria. O financeiro autoriza e acompanha essas compras usando um sistema de compras.

4. Planejamento e análise financeira (FP&A, financial planning and analysis)

Em empresas de grande porte, essa função conta com uma equipe à parte dentro do departamento financeiro. Os especialistas em FP&A são responsáveis por modelar cenários potenciais e prever resultados prováveis para as situações de melhor e pior caso. É possível usar essas previsões para criar planejamentos e orçamentos financeiros para o próximo trimestre. Os profissionais de FP&A geralmente trabalham em estreita colaboração com outras áreas do negócio para desenvolver previsões e orçamentos, incluindo planos de vendas, planos de força de trabalho e planos operacionais. Isso também é conhecido como planejamento conectado.

5. Tributário

Toda empresa deve recolher impostos, mas isso se torna especialmente complicado para grandes empresas que devem registrar em diferentes países. Essas empresas costumam ter equipes especializadas em impostos que usam software de relatórios de impostos para relatórios país por país e outros.

6. Tesouraria

A tesouraria é responsável por administrar e acompanhar os ativos circulantes, débitos, empréstimos e o dinheiro no banco. O Tesouro aconselha o CFO sobre quanto dinheiro está disponível para coisas como investimentos de capital (por exemplo, grandes compras de equipamentos) ou fusões e aquisições (F&A). Também são responsáveis pela estrutura de capital da empresa (vide abaixo).

7. Risco e conformidade

Essa função gerencia os controles de riscos financeiros – desde auditorias até desastres naturais – e reduz ao máximo a exposição da empresa. Eles também devem garantir que a empresa siga as regras e os regulamentos estabelecidos por governos, reguladores e outras jurisdições para permanecer em conformidade e evitar multas pesadas.

Tipos de gestão financeira

Em geral, a gestão financeira está dividida em:

Gestão do capital de giro

Isso se concentra principalmente nas operações do dia a dia, como garantir que haja dinheiro suficiente para pagar funcionários ou comprar matérias-primas. O capital de giro abrange coisas como dinheiro em caixa, estoque disponível ou outros ativos que podem ser vendidos rapidamente para arrecadar dinheiro se surgirem problemas críticos.

Gestão do ciclo de receita

Isso contabiliza a receita que uma empresa ganha ao longo do tempo vendendo seus produtos e serviços. Cada vez mais, à medida que mais empresas passam a vender tudo “como um serviço”, a receita deve ser reconhecida no período mensal ou trimestral em que é obtida, e não de uma só vez no momento da venda. Esse ciclo de receita distribuída é reconhecido como receita recorrente mensal ou MRR.

Orçamento de capital

Essa área da gestão financeira trata de identificar o que uma empresa precisa financeiramente para atingir suas metas de curto e longo prazo. Os gerentes financeiros usam o orçamento de capital para avaliar a rentabilidade dos investimentos e/ou projetos para ver se eles agregam valor ao negócio.

Estrutura de capital

A estrutura de capital é uma combinação de dívida e patrimônio usado para financiar as operações, aquisições, investimentos e crescimento de uma empresa. A estrutura de capital de uma empresa é feita sobre a proporção entre débito e patrimônio.

Gerencie os seus dados financeiros com a Oracle

Qualquer empresa, sem nenhum software de gestão financeira, pode ter sérios problemas para se manter ativa. À medida que sua empresa cresce, o gerenciamento financeiro fica mais complicado - você precisará de um software financeiro que possa fazer mais do que contabilidade básica. Os sistemas avançados de gerenciamento financeiro podem ajudá-lo não apenas a gerenciar o fluxo de dinheiro, mas também a otimizar a lucratividade, determinar obrigações fiscais, reduzir riscos, manter a conformidade, melhorar o gerenciamento de receita e muito mais. Com o sistema de planejamento de recursos empresariais (ERP) correto, você estará pronto para o que vier em seu caminho.

Seção de Perguntas Frequentes sobre gestão financeira

O significa gestão financeira?
A gestão financeira refere-se à gestão das finanças de uma empresa, incluindo todo o dinheiro que entra no negócio, todo o dinheiro que sai e qualquer caixa ou ativos em reserva.

Qual o papel da gestão financeira?
A função mais básica da gestão financeira é manter a empresa saudável. Aprofundando um pouco mais, ela pode ajudar a empresa a crescer e prosperar.

O que é um exemplo de gestão financeira?
Um exemplo de gestão financeira é quando uma equipe de gestão financeira determina quanto dinheiro uma empresa deve tomar emprestado para investir em uma nova fábrica, linha de produtos ou oferta de serviços.

Veja como o Oracle Cloud ERP oferece agilidade na adoção de novos modelos e processos de negócios rapidamente, ajudando a reduzir custos, aprimorar previsões e inovar com mais rapidez.