Os 10 principais desafios enfrentados pelos CHROs estrategistas em 2023

Jeffrey Erickson | Estrategista de Conteúdo Técnico | 27 de abril de 2023

Nos últimos três anos, os eventos mundiais conspiraram para colocar o Diretor de Recursos Humanos (CHRO) no centro das atenções. Desde as mudanças radicais na força de trabalho que a pandemia de COVID-19 trouxe e as demissões em massa de 2021 até as dispensas de tecnologia no final de 2022 e uma recessão iminente, os CHROs de todos os setores foram encarregados de superar um conjunto crescente de desafios sem precedentes. E em 2023 esse cenário não será diferente. Este ano, os CHROs e suas equipes de recursos humanos (RH) continuarão a gerenciar a diminuição da força de trabalho, mesmo enquanto trabalham nas melhores práticas para ajudar suas organizações a gerenciar equipes cada vez mais híbridas e geograficamente dispersas.

Por meio de tudo isso, os CHROs também precisarão melhorar a experiência geral do funcionário – e, portanto, a retenção de funcionários – ajudando uma força de trabalho diversificada a construir uma cultura que permita que todos os trabalhadores encontrem significado em suas vidas profissionais.

Os 10 desafios principais que os CHROs precisam superar em 2023

Então, no que os CHROs devem prestar atenção em 2023? Existem 10 desafios principais que os líderes que dirigem a política de pessoas terão de enfrentar no próximo ano.

1. Implementar um modelo de trabalho híbrido que seja bem aceito

Os CHROs que constroem com sucesso uma cultura híbrida flexível e trabalhadora não apenas aumentarão a produtividade, mas também terão uma história de trabalho híbrido que pode ajudar a atrair e reter talentos - um ativo crítico em um mercado onde, de acordo com a pesquisa Marketing Jobs Outlook de 2022 conduzida pelo LinkedIn, 87% dos os funcionários desejam permanecer remotos a maior parte do tempo.

Aqui estão três etapas que podem ajudar os CHROs a criar um modelo de trabalho híbrido bem-sucedido.

  • Busque pelas perspectivas dos funcionários. O trabalho híbrido coloca pressões diferentes em funcionários diferentes. Por exemplo, trabalhadores remotos desfrutam de flexibilidade e liberdade de deslocamento, mas podem se sentir isolados da cultura da empresa e negligenciados pelos gerentes - 62% dos quais, de acordo com uma pesquisa da Society for Human Resource Management (SHRM), sentem que os trabalhadores remotos estão menos envolvidos e mais fáceis de substituir do que os colegas no local. Os colaboradores no escritório, por outro lado, podem sentir que seus dias precisam da mesma flexibilidade que os seus colegas de trabalho remoto.

    Os CHROs e suas equipes devem solicitar feedback dos funcionários de forma proativa por meio de pesquisas e reuniões e, em seguida, usar esses dados obtidos para ajudar a criar uma cultura em que funcionários remotos e locais podem prosperar.
  • Mantenha-se flexível para ampliar seu conjunto de talentos. Em 2023, use a flexibilidade do trabalho remoto ou híbrido para expandir seu canal de talentos para novas geografias. Se você está tendo dificuldades para preencher uma função de tempo integral, explore mercados de talentos menos competitivos e use a perspectiva de trabalho remoto para atrair novos candidatos. Além disso, considere se uma posição pode ser preenchida por um trabalhador de meio período ou por um contratado. Esteja disposto a reestruturar uma posição e adaptá-la para a pessoa certa.
  • Comunique-se claramente com executivos e funcionários. Parte das tarefas de um CHRO é fornecer políticas de trabalho bem pesquisadas para líderes C-level, para que possam comunicar as expectativas para suas respectivas equipes. Por exemplo, a melhor política de trabalho híbrido é três dias no escritório e dois em casa? Qualquer que seja o acordo que faça sentido para uma organização, os CHROs devem defini-lo por escrito e informar as pessoas. Todos os anúncios de políticas provavelmente terão algum retorno, mas, no final, é menos estressante gerenciar essas mudanças quando os executivos e a equipe sabem exatamente o que é esperado.

2. Promover a diversidade, igualdade e inclusão

Até agora, a maioria dos CHROs sabe que perspectivas diversas criam ideias melhores e equipes mais fortes. E sua experiência é apoiada por um relatório recente da reunião do Fórum Econômico Mundial de 2022, que sugere que diversas equipes superam significativamente o equilíbrio ao longo do tempo em termos de lucratividade e engajamento dos funcionários.

O desafio em 2023 é levar a diversidade para toda a empresa. Para isso, um CHRO precisará de bons dados sobre a diversidade da força de trabalho, incluindo análises sobre como a diversidade, a equidade e a inclusão (D&I) afetam a aquisição de talentos e o desgaste e retenção de funcionários. Para adquirir esses tipos de insights, os CHROs precisarão de um software de gestão de capital humano (HCM) que os ajude a entender o status de D&I de sua organização. Mais do que rastrear o ROI, também deve facilitar a demonstração de conformidade com os regulamentos locais e nacionais sobre DE&I e ajudar a organização a criar uma cultura de DE&I que atraia e retenha trabalhadores.

3. Desenvolver uma cultura organizacional

Em 2023, os candidatos em potencial olharão além da remuneração para a cultura à qual ingressarão se assinarem. Nesse ambiente, a experiência do funcionário não pode mais ser um subproduto da estratégia de talentos - ela deve orientar essa estratégia.

Os CHROs devem procurar construir organizações que promovam conexões mais profundas entre os funcionários e reconheçam seu trabalho árduo e seu impacto social.

  • Facilite a localização dos funcionários. Uma maneira importante de conseguir isso é ajudar seus colaboradores a encontrar ou formar grupos de afinidade.
  • Reconheça cada conquista. Um programa vibrante para reconhecer o desempenho no trabalho pode ajudar a inspirar uma cultura positiva. De acordo com 68% dos gerentes de RH em uma pesquisa recente da SHRM, isso também pode melhorar a retenção e o recrutamento.
  • Ajude os funcionários a contar suas histórias. Forneça um local online e experiência em conteúdo para ajudar os funcionários a compartilhar suas experiências positivas no trabalho com suas próprias palavras.

4. Contratar e reter talentos

Uma das principais responsabilidades de um CHRO é encontrar e manter as pessoas certas nas funções necessárias para atingir os objetivos de uma organização. Mas os desafios de recrutamento estão crescendo e a competição pela mão de obra continua acirrada. Os economistas consultados pela Reuters descobriram que, em 2023, ainda havia 1,74 empregos para cada pessoa desempregada nos EUA.

Para manter o ritmo nesse ambiente competitivo, os CHROs precisam ir além das práticas tradicionais de contratação e recrutamento – como recrutamento interno, anúncios de emprego e extensão universitária – e explorar novos métodos.

Por exemplo, mais organizações de RH estão adotando processo de recrutamento e práticas de contratação pelo ambiente virtual. Os eventos virtuais de admissão são particularmente úteis para alcançar grandes grupos de pessoas. E como possibilitar o trabalho híbrido e remoto também é uma prática recomendada para 2023 — de acordo com pesquisadores da Wharton —, os eventos virtuais permitem que a equipe de RH alcance mercados menos competitivos onde podem existir talentos inexplorados.

Um bom sistema de recrutamento corporativo ajudará a equipe de RH a promover eventos on-line, rastrear registros e pré-selecionar os participantes para ajudar a identificar os melhores candidatos. Seu sistema de gerenciamento de capital humano deve fornecer às equipes de RH uma plataforma que as ajude a interagir com novos talentos e encaminhar candidatos promissores para plataformas de contratação e integração.

5. Capacitar, reciclar e desenvolver funcionários

De acordo com um relatório da empresa de recrutamento remoto OutStaffer.com, os analistas acreditam que a escassez global de habilidades continuará até 2023 – com 75% dos empregadores continuando a relatar desafios para encontrar funcionários qualificados para preencher as vagas. Uma solução: Desenvolver os talentos internamente. Dê aos funcionários um caminho para aprender novas habilidades e os recursos para o sucesso.

A capacitação e treinamento de gerentes pode ter o maior retorno em termos de felicidade e retenção de funcionários. Os líderes e gerentes devem ser treinados e capacitados com ferramentas e estratégias para ajudá-los a construir um ambiente de trabalho positivo e solidário. Isso pode incluir coisas simples, como check-ins regulares com os membros da equipe ou facilitar oportunidades de aprendizado e crescimento. Uma plataforma de HCM pode servir como uma base de conhecimento para gerentes que os orienta para oportunidades relevantes de aprendizado e desenvolvimento – para eles e para os membros de sua equipe – dentro e fora da organização.

6. Deixar os funcionários engajados

Os CHROs sabem que funcionários engajados são o coração de uma organização com bom desempenho; uma força de trabalho comprometida pode levar a uma produtividade 17% maior e vendas 21% maiores, de acordo com uma pesquisa recente da Gallup. E 2023 é o ano em que as organizações param de esperar que as coisas “voltem ao normal” no escritório e começam a construir uma organização de RH com trabalhadores remotos e híbridos em mente.

Quando um funcionário está engajado, muito além de apenas satisfeito, eles se tornam emocionalmente ligados ao seu desempenho individual e de sua equipe. Em suma, eles querem sempre mais para ajudar seus colegas e atender os pacientes. Conheça três maneiras de os CHROs ajudarem os funcionários, seja de forma remota, no hospital ou em atendimento externo.

  • Simplificar as principais atribuições do RH. Qualquer esforço dos CHROs em desenvolver um processo de integração simples e eficiente será benéfica para a empresa, oferecendo aos novos funcionários todo o suporte que precisam para finalizar as tarefas e cumprir as metas de sua escala. Esperar que novos colaboradores compreendam um processo complexo de integração sem nenhuma orientação serve de alerta sobre como a sua empresa enxerga o tempo gasto pelo trabalhador.
  • Incentivar o feedback. Em geral, os trabalhadores remotos não têm conversas casuais com outros membros da equipe que podem ser um termômetro de seu desempenho e deixá-los a par da dinâmica da equipe. Os CHROs podem ajudar incentivando os gerentes a realizar reuniões mais regulares em toda a equipe para se conectar com os funcionários e ajudá-los a entender como seu trabalho suporta metas mais amplas da empresa. Eles também podem ajudar fornecendo um sistema HCM que permite comunicação bidirecional por meio de vários canais, como pesquisas de pulso individuais e de equipe, check-ins e ferramentas para reconhecer realizações.
  • Promover o crescimento de forma remota Quando um trabalhador remoto sente que está crescendo profissionalmente ou pessoalmente, com certeza ele permanecerá em seu posto de trabalho, além de se sentir apto a ajudar seus colegas e clientes.

7. Revisar os processos e fluxos de contratação usados pelo RH

À medida que os ambientes sociais e de trabalho evoluam em 2023, os CHROs devem ajudar sua equipe nessa jornada. Melhorar os processos e fluxos de trabalho de contratação remota pode ajudar as organizações a superar a escassez contínua de habilidades. O CHRO deve ajudar suas equipes de RH a projetar e implementar métodos de contratação que evitem práticas como adicionar avaliações desnecessárias, julgar lacunas no histórico de cargos de um candidato e postar requisitos irrealistas de funções, o que pode resultar em afastar desnecessariamente candidatos promissores ou impedir que se candidatem.

Desde a contratação até a avaliação do desempenho, por meio de toda a experiência do funcionário, uma plataforma de gerenciamento de capital humano empresarial pode ajudar um CHRO a reprojetar a função de RH em torno das melhores práticas. Pode, por exemplo, orientar uma equipe de RH para procurar candidatos com base em habilidades básicas em vez de graduações ou reexaminar funções para ver se cargos tradicionalmente presenciais - um técnico de campo, por exemplo - poderia concluir a documentação remotamente. O aplicação HCM também pode orientar o processo de entrevista, ajudando a programar conversas com candidatos, desde entrevistas iniciais de "ajuste no cargo" até teste de habilidades mais profundas e fornecendo transparência com comunicação regular ao longo do caminho.

8. Administrar a disciplina e os conflitos

Se a tendência atual perdurar em 2023, os CHROs ainda enfrentarão muitos desafios e um cenário de incertezas. Os líderes de RH podem ser proativos no enfrentamento de incertezas e criar processos que garantam a estabilidade em sua empresa. Veja duas formas de os CHROs ajudarem suas empresas em períodos de incerteza.

Use dados e análises para tomar decisões rápidas. Um CHRO com uma equipe de análise confiável pode combinar business intelligence, pesquisa de mercado, análise preditiva e até feedback dos funcionários para entender quais fontes geram os melhores candidatos, quanto tempo leva para contratar um profissional e o que custa atrair, selecionar e integrar cada nova contratação. E graças a tecnologias como inteligência artificial e machine learning, que muitas vezes são incorporadas ao software de RH empresarial, um CHRO tem uma oportunidade sem precedentes de ser proativo, em vez de reativo, em tempos incertos.

Certifique-se de que os funcionários estejam engajados e prontos para caminharem sozinhos. Espera-se que os CHROs forneçam continuidade e respondam com agilidade às mudanças contínuas. Mas sistemas incompletos, complexos e isolados impedem a visibilidade, retardam a tomada de decisões e dificultam a implementação de mudanças em todo o negócio. Uma única solução abrangente na nuvem pode fornecer uma visão completa dos negócios e dar às equipes de RH a capacidade de fazer alterações rapidamente, adaptar o sistema para atender às necessidades em evolução dos funcionários e acessar novas funcionalidades quando necessário.

9. Escolher e integrar novas tecnologias

As equipes de RH usam muitos softwares, desde uma seleção de módulos em uma plataforma principal de HCM até separar os melhores pacotes de sistema operacional para gerenciamento de projetos e documentos e muitas outras funções. Antes que a nova tecnologia comece a trazer resultados, no entanto, ela precisa ser integrada e amplamente aceita pela organização.

O CHRO deve estar no centro desse processo. Comece definindo exatamente o que o módulo ou parte do software deve fazer e certifique-se de que ele o faça Em seguida, envolva os funcionários que usarão a aplicação e considere criar uma força de tarefas de membros da equipe para ajudá-lo a identificar as personalizações necessárias para atender às necessidades de funções de negócios específicas.

Depois que o software tiver sido implementado e os membros da força de trabalho estiverem satisfeitos, é hora de comprar do resto da organização. Este passo exigirá tempo e persistência; mensagens consistentes, treinamento oficial, embaixadores que podem compartilhar suas experiências e, eventualmente, reconhecimento e até mesmo prêmios por participação regular podem ajudar a incorporar totalmente a tecnologia em toda a organização. Só então o CHRO pode começar a mensurar e comemorar o ROI.

10. Preparar-se substituições

De acordo com uma pesquisa conduzida pela BenefitsPRO ao final de 2022 com gerentes de benefícios de RH, a competição na busca de talentos permanecerá acirrada em 2023. Como resultado, mais funcionários em todos os níveis estão pesando suas opções profissionais e, em alguns casos, escolhendo seguir em frente, às vezes com pouca advertência. Como chefe de RH, o CHRO desempenha um papel fundamental na identificação de indivíduos promissores e na preparação deles para assumir papéis de liderança.

Em 2023, o CHRO deve equilibrar vários fatores ao formar um plano de sucessão, como entender a dinâmica da força de trabalho em equipes remotas, desenvolver critérios para avaliar sucessores potenciais em diferentes regiões geográficas e obter o "buy-in" da liderança. Com uma estratégia bem abrangente e procedimentos transparentes, as empresas podem garantir transições suaves e encontrar candidatos prontos para preencher as posições executivas agora e no futuro.

Qual o cenário futuro para os CHROs?

Para enfrentar os desafios de RH de 2023 e além, os CHROs modernos contarão com o software de gerenciamento de capital humano (HCM). Uma plataforma de HCM oferece às equipes de RH as melhores práticas do setor e análises de dados sofisticadas para ajudá-las a tomar decisões sobre contratação, remuneração, retenção e muitas outras funções. Eles encontrarão ferramentas para ajudar a automatizar tarefas administrativas durante os processos de contratação e integração e uma interface para ajudá-los a oferecer uma melhor experiência ao funcionário para a força de trabalho moderna diversificada - seja ele remoto, híbrido, no local de trabalho ou em campo.

Perguntas Frequentes sobre os desafios para CHROs

Qual o desafio principal para o CHRO em 2023?
Os principais desafios do CHRO deste ano serão gerar resultados comerciais (lucratividade e desempenho) por meio de uma força de trabalho produtiva e atender às expectativas dos funcionários quanto ao bem-estar, pertença e crescimento totais.

Quais são as novidades na contratação e retenção de talentos em 2023?
Observe o crescimento de eventos remotos e a contratação de força de trabalho remota. Eles ajudam a alcançar uma boa quantidade de pessoas, em diversas regiões geográficas.

Como os CHROs podem promover a diversidade, igualdade e inclusão no ano de 2023?
Os CHROs podem usar uma combinação de dados internos e do setor para entender a experiência de DE&I de sua organização; em seguida, projetar programas que demonstrem um verdadeiro compromisso com a DE&I e sejam transparentes em relação ao seu progresso.

Por que os CHROs precisarão promover valores culturais no ano de 2023?
Em 2023, os potenciais olharão além da remuneração e focarão na cultura, escolhendo organizações que promovam conexões mais profundas entre os funcionários e reconheçam tanto o trabalho árduo quanto o impacto social.

Por que incentivar a reciclagem e ampliação de habilidades dos funcionários será um desafio no ano de 2023?
De acordo com os gerentes de benefícios de RH, a falta de habilidades globais promete continuar até 2023. A reciclagem e ampliação de habilidades é uma forma de planejar a continuidade de cargos-chave dentro de uma empresa alocando os funcionários que já fazem parte da força de trabalho.

Qual tecnologia de RH será a chave para os CHROs serem bem-sucedidos no ano de 2023?
Será a tecnologia que oferece uma fonte abrangente de dados, com visibilidade completa da empresa, permitindo que o RH crie experiências personalizadas para cada funcionário e adapte o sistema de acordo com às necessidades da força de trabalho.

Captura de tela Solicite uma demonstração do HCM

Descubra como o Oracle Cloud HCM oferece a solução HCM na nuvem mais completa e unificada