Application development with Oracle Database

Oracle Database provides the most comprehensive platform with both application and data services to make development and deployment of enterprise applications simpler. Build SaaS apps with CI/CD, Multitenant database, Kubernetes, cloud native, and low-code technologies.

Microservices with Oracle's Converged Database (1:09)

Oracle Database 23c Grátis — Versão do desenvolvedor

Apresentando uma versão inicial gratuita para desenvolvedores do Oracle Database 23c — incluindo JSON Relational Duality, a “maior inovação em ciência da informação nos últimos 20 anos” — pronta para a nuvem e on-premises.

“Fazendo jus ao codinome ‘App Simple’, a Oracle está tornando extremamente fácil para os desenvolvedores experimentarem suas inovações mais recentes com o Oracle Database 23c Grátis — Versão do desenvolvedor. Os desenvolvedores contam com mais de 300 recursos e aprimoramentos no Oracle Database 23c, mas o JSON Relational Duality provavelmente será o favorito, pois resolve uma incompatibilidade entre as abordagens de documento e SQL para armazenar e analisar dados.”

Holger Mueller Vice-Presidente e Analista Principal, Constellation Research

Build a mobile food delivery app with a data-centric architecture pattern using Kubernetes engine, Docker containers, and Oracle Autonomous Database. Modern AppDev is synonymous with data-driven microservices generating operational data and code events, and it incorporates artificial intelligence (AI) and/or machine learning (ML). A converged data platform on Oracle Cloud Infrastructure (OCI) simplifies the creation of new microservices to handle a variety of events and data with tables, JSON, graph, and spatial data types. The GrabDish app example shows how a complete microservices platform can be instantiated automatically using terraform scripts, simplified DevOps with Kubernetes, and sample microservices code.

mobile food delivery app diagram, description below here's where i put a description including all text and the important details of the diagram. Imagine having to describe the diagram to a blind person so they get all the ideas conveyed visually.

e-shop is a web-based, ecommerce retail application example, developed to demonstrate Oracle Sharding, a hyperscale globally distributed converged database with OLTP and analytics in a massively parallel processing (MPP) architecture. Multiple technologies and products are usually required to develop an application such as this. For example, you would need a JSON database, a text index application, a relational database, and an analytics engine—all of which makes it difficult to query data across multiple data stores. This example uses Oracle Sharding (with three shards) with different types of data —including structured and unstructured data, relational, JSON, and text—stored in a single database platform.

This example app includes multiple capabilities, such as the simple Oracle document access (SODA) API and text search for JSON, joins, transactions, and ACID properties for relational queries, fuzzy match, type ahead, free-form text search, and sentiment.

Customer case studies

  • BlueKai uses Oracle Sharding to store petabytes of data to scale to millions of transactions per second with a single database (43:48)
  • Epsilon improves scalability, performance, and availability with Oracle Sharding (1:34)
e-shop diagram, description below here's where i put a description including all text and the important details of the diagram. Imagine having to describe the diagram to a blind person so they get all the ideas conveyed visually.

Make specialized offers to at-risk customers using Autonomous Database.

Modern data platforms require analytics across storage engines (relational, object storage, and others) and data types. Oracle Autonomous Database captures tabular, spatial, graph, and JSON data and includes specialized algorithms for each of these data types. Oracle MovieStream—a fictitious online movie streaming company—is used to illustrate how different types of sophisticated analytics can be applied to both structured and unstructured data. You can access data from a data lake, unlock and discover movie viewing insights from tabular and JSON data, use machine learning to predict churn, localize offers using spatial analytics, and apply graph algorithms to recommend movies based on derived communities.

marketing offers diagram, description below here's where i put a description including all text and the important details of the diagram. Imagine having to describe the diagram to a blind person so they get all the ideas conveyed visually.

Build and deploy a personal productivity application using cloud native services, such as Oracle Autonomous Database, Oracle Container Registry, Kubernetes clusters, API gateway, and Helidon.

This application makes REST calls to a Java backend using the Helidon microservices framework. The application is containerized using Docker, deployed in the Container Registry, and managed by Kubernetes. The Java code implements the REST APIs and connects to the Autonomous Database to persist changes.

MyToDo list  diagram, description below here's where i put a description including all text and the important details of the diagram. Imagine having to describe the diagram to a blind person so they get all the ideas conveyed visually.

A shopping cart app allows customers to select, review, and purchase a product or service from an online store at any time.

This sample application creates a shopping cart from scratch using Oracle Autonomous Database and Oracle APEX. First, a sample dataset is imported, and then an app is built with pages, such as dashboard, products, and multiple reports. You can then add pages to manage the shopping cart.

The application allows online store administrators to manage products, customers, and stores. Customers can explore, add products to the cart, and eventually proceed to checkout. This method can be applied to other use cases, building a starter application in 60 minutes with customer features and administrator features to securely manage changes to the site.

online shopping cart diagram, description below here's where i put a description including all text and the important details of the diagram. Imagine having to describe the diagram to a blind person so they get all the ideas conveyed visually.

Oracle Machine Learning is a powerful solution for analyzing data and applying it to the most valuable data in your organization—the existing enterprise data in your Oracle Database. This example shows how a data professional can build a machine learning–driven insurance app with APEX, starting with data preparation and finishing up with the successful deployment of a model.

The sample insurance application also addresses DevOps best practices for model deployment in real applications so developers have simple access to powerful AI/ML.

online shopping cart diagram, description below here's where i put a description including all text and the important details of the diagram. Imagine having to describe the diagram to a blind person so they get all the ideas conveyed visually.

Desenvolvimento de aplicações modernas

Linguagens

Java

Java é a linguagem de programação e plataforma de desenvolvimento nº 1. Reduz custos, diminui prazos de desenvolvimento, impulsiona a inovação e aprimora serviços de aplicação. Com milhões de desenvolvedores executando mais de 51 bilhões de Java Virtual Machines em todo o mundo, o Java continua sendo a plataforma de desenvolvimento preferida por empresas e desenvolvedores em todo o mundo.

Python

A linguagem de programação Python é usada ativamente em todos os domínios da ciência da computação contemporânea. Como o desenvolvimento em Python é mais eficiente do que a maioria das outras linguagens, é uma escolha popular para startups em que as alterações na base de código devem ser feitas de forma rápida e barata. Também é usado por cientistas e matemáticos e em várias bibliotecas internas poderosas para processar estatística e matemática complexa. Explore os recursos do driver Python "python-oracledb" para Oracle Database. O python-oracledb é um módulo de extensão para Python que oferece acesso ao Oracle Database. Ele está em conformidade com a especificação API 2.0 do banco de dados Python com um número considerável de adições e algumas exclusões.

APIs de chamada de interface Oracle C e C++

As APIs Oracle Call Interface C e C++ permitem criar aplicações que usam chamadas de função para acessar o Oracle Database e controlar todas as fases da execução da instrução SQL e acesso aos dados.

Node.js

O Node.js permite que os desenvolvedores criem aplicações redimensionáveis de rede de forma rápida, usando um código fácil de interpretar. Funciona com Windows OS, macOS, Linux, Unix e outros sistemas operacionais. Além de oferecer suporte para processadores ARM, como o Raspberry Pi ou BeagleBone Black. O Node.js é a escolha ideal para desenvolvedores que precisam criar aplicações de rede escaláveis de forma rápida, como servidores web e outros sistemas de back-end que alimentam aplicativos móveis, usando código simples.

O add-on node-oracledb para Node.js traz aplicações do Oracle Database de alto desempenho. As aplicações podem ser escritas em TypeScript ou diretamente em JavaScript.

.NET

A comunidade de desenvolvimento do Oracle .NET já acumula mais de 800 mil membros. Produtos populares incluem o Oracle Data Provider para .NET (ODP.NET), que é otimizado para usar os recursos de alta disponibilidade, desempenho e segurança do Oracle Database, ao mesmo tempo em que oferece aos desenvolvedores acesso completo a .NET e .NET Framework. Oracle Developer Tools for Visual Studio Code (VS Code) e Visual Studio são suplementos para edição, execução e depuração de SQL e PL/SQL para Oracle Database na nuvem ou on-premises.

PL/SQL

O PL/SQL é uma linguagem integrada, projetada para trabalhar de forma eficiente com o Oracle Database. O PL/SQL adiciona construções procedurais ao SQL e fornece uma solução de linguagem de programação mais abrangente para criar aplicações de missão crítica nos Oracle Databases.

Microsserviços e mobilidade

O que são microsserviços?

Os microsserviços são uma abordagem arquitetural no desenvolvimento de software modernos. Cada função, ou serviço principal representa um contexto comercial relacionado, criado e implementado de forma independente. Os microsserviços agilizam o desenvolvimento e a manutenção das aplicações. Hoje, a modernização de aplicações é sinônimo de microsserviços.

Microsserviços com Spring Boot

A criação de aplicações pequenas, independentes e prontas para execução pode trazer grande flexibilidade e maior resiliência ao seu código. Os recursos específicos do Spring Boot facilitam a criação e a execução de seus microsserviços em produção em escala. A natureza distribuída dos microsserviços traz alguns desafios, mas o Spring Boot ajuda na resolução. O Spring Cloud Stream facilita o consumo e a produção de eventos, independentemente da plataforma de mensagens que você escolher. A Oracle oferece o Oracle Backend for Spring Boot and Microservices.

Desenvolvimento de aplicações móveis

O Oracle Mobile Backend as a Service (MBaaS) ajuda os desenvolvedores a criarem aplicações móveis modernas usando as APIs da plataforma Parse, usando uma variedade de SDKs para desenvolvedores, como Javascript, Flutter, Unity etc. Um adaptador do Oracle Database está disponível para aproveitar os serviços completos de aplicação e dados no banco de dados convergente da Oracle. Os adaptadores MongoDB e PostgreSQL já estão disponíveis como parte da plataforma Parse, e a plataforma emula as APIs do Google Firebase em uma demonstração de prova de conceito, com uma aplicação de exemplo que pode ser executado no serviço Google Firebase e com alterações mínimas para incluir uma execução parsef na biblioteca do emulador na plataforma Oracle MBaaS.

O desenvolvimento de aplicações corporativas combina microsserviços web-first com recursos mobile-first internamente na aplicação, e a capacidade de executar microsserviços em contêineres de aplicação e contêineres Parse gerenciados pelo Kubernetes, facilitando a convergência desses dois estilos de aplicação, uma em Java e outra em JavaScript.

Microsserviços no Java com Helidon

O Helidon é uma coleção de bibliotecas Java para escrever microsserviços que são executados em um núcleo web rápido alimentado pela Netty.

Microsserviços no Java com Micronaut

Um framework full-stack moderno, baseado em JVM, para a construção de microsserviços modulares e facilmente testáveis e aplicações serverless. Com esse framework, o tempo de inicialização da aplicação e o consumo de memória não estão vinculados ao tamanho de sua base de código, resultando em um tempo de inicialização reduzido, taxa de transferência rápida e consumo mínimo de memória.

Gerente de transações para microsserviços (MicroTx)

O Oracle Transaction Manager for Microservices simplifica o desenvolvimento e as operações de aplicações, permitindo transações distribuídas para garantir a consistência entre os microsserviços poliglotas implementados no Kubernetes e/ou em outros ambientes. Esse gerenciador de transações é executado fora do banco de dados e é adequado para execução em bancos de dados heterogêneos. Além disso, o MicroTX suporta os protocolos de consistência Long Running Actions (LRA) e Try-confirm-cancel (TCC).

Arquitetura de referência para dados convergentes

AppDev moderno orientados a dados

As arquiteturas de referência usam princípios de design para atender aos principais requisitos de desenvolvimento de aplicativos modernos para aplicativos da Web/móveis que integram IA/ML, análises orientadas por dados e plataformas de mensagens. As arquiteturas são orientadas a eventos, reagindo a eles em tempo real. Essas arquiteturas ajudam a acelerar o AppDev personalizado em finanças, varejo, saúde, energia, manufatura, além de ajudar a estender as Oracle Applications em pacotes. A maioria das aplicações corporativas são centradas em dados, com uma variedade de dados que são melhor tratados por um banco de dados convergente. O AppDev de baixo código comprime o número de camadas de tecnologia necessárias e é uma opção, juntamente com a programação poliglota, que usa linguagens populares, como Java, Python, JavaScript e muito mais. Aplicativos e contêineres de banco de dados gerenciados pelo Kubernetes podem ser implementados em OCI, ambientes autônomos e outras nuvens públicas importantes.

As opções de opinião com tecnologias recomendadas abrangem o seguinte, embora percebamos que possa haver uma sobreposição de opções de design e práticas recomendadas entre essas categorias, como um aplicativo móvel orientado a eventos, construído com low code e processa big data. Trouxemos algumas recomendações abaixo como as principais categorias de padrões de arquitetura:

Aplicativos low-code

Low-code com Oracle APEX

As plataformas low-code permite que você desenvolva aplicativos empresariais mais rápido do que usar as técnicas de código manual. Essas plataformas são adequadas para criar relatórios de dados e aplicativos de análise e aplicações oportunistas em colaboração com as partes interessadas nos negócios, estendendo aplicações SaaS e modernizando as aplicações legadas.

O Oracle APEX usa uma arquitetura simples encapsulada em banco de dados e orientada por metadados que fornece acesso rápido aos dados, alto desempenho e escalabilidade.

Blockchain App Builder

O Blockchain App Builder fornece um ambiente de desenvolvimento e teste em low code para oferecer suporte a andaimes, testes locais e implementação automatizada de contratos inteligentes. Ele pode gerar automaticamente contratos inteligentes a partir de especificações declarativas e ajuda no desenvolvimento, teste e implementação. Também suporta tokenização com geração automática de códigos em cadeia durante todo o ciclo de vida do token.

APIs simples para JSON

Oracle Transactional Event Queues

As Oracle Transactional Event Queues (TxEventQs) são filas de implementação particionadas de alto desempenho com vários fluxos de eventos por fila. Um TxEventQ é a implementação do Oracle Advanced Queuing particionado e integrado à memória. As filas TxEventQ suportam a especificação JMS e podem ser acessadas em Java, Python, Node.js, PL/SQL, C/C++, .NET e Go.

Oracle XML Developer’s Kit

O XML é uma linguagem de marcação, parecida com HTML, usada para armazenar e transportar dados. O Oracle XML Developer's Kit (XDK) é um conjunto versátil de componentes que permite criar e implementar programas de software C, C++ e Java que processam XML. Você pode montar esses componentes em uma aplicação XML que atenda as suas necessidades comerciais.

Machine learning

O Oracle Database impulsiona o machine learning com algoritmos poderosos, executados internamente no banco de dados. Isso permite desenvolver e executar modelos de ML sem precisar migrar ou reformatar os dados. Os cientistas de dados aproveitam Python, R, SQL e outras ferramentas para integrar recursos de ML a aplicações de banco de dados e oferecer resultados analíticos em painéis fáceis de usar.

Oracle REST Data Services API

A API do Oracle REST Data Services permite que os usuários do Oracle REST Data Services executem operações de gerenciamento e monitoramento do Oracle Database por meio de uma API REST amigável. As APIs de banco de dados ORDS fornecem serviços, como gerenciamento de banco de dados conectável, exportação de dados e revisão de desempenho do banco de dados.

SQL

Oracle SQL

O Oracle SQL fornece uma arquitetura fácil, elegante e de alto desempenho para acessar, definir e manter dados. Use SQL e Oracle, com PHP, Java, Python, .NET, Hadoop, Node.js e Oracle APEX.

SQL*Plus

O SQL*Plus é uma ferramenta de consulta interativa e em lote fornecida com cada servidor de banco de dados Oracle ou instalação de cliente. Ele fornece uma interface de usuário de linha de comando que permite inserir e executar comandos SQL, PL/SQL, SQL*Plus e do sistema operacional.

SQL Developer

O Oracle SQL Developer é uma ferramenta gratuita de gráficos que simplifica as tarefas de desenvolvimento de banco de dados. Com o SQL Developer, você pode procurar objetos de banco de dados, executar instruções SQL e scripts SQL, editar e depurar instruções PL/SQL, manipular e exportar dados e visualizar e criar relatórios. Você pode se conectar tanto a Oracle Databases, quanto a bancos de dados selecionados de terceiros (que não sejam da Oracle), visualizar metadados e dados e migrar esses bancos de dados para a Oracle. O SQL Developer também integra interfaces em várias tecnologias relacionadas, incluindo Oracle Data Miner, Oracle OLAP, Oracle TimesTen In-Memory Database e SQL Developer Data Modeler (somente leitura).

SQL Developer Data Modeler

O Oracle SQL Developer Data Modeler é uma ferramenta de modelagem de dados e design de banco de dados que fornece um ambiente para capturar, modelar, gerenciar e explorar metadados.

SQLcl

O Oracle SQLcl (linha de comando do SQL para desenvolvedor) é uma interface de linha de comando baseado em Java para o Oracle Database. Ao usar o SQLcl, você pode executar declarações SQL e PL/SQL de modo interativo ou em lotes. O SQLcl fornece edição em linha, conclusão de instrução, recuperação de comando e oferece suporte a seus scripts SQL*Plus existentes.

LiveSQL

Aprenda, divulgue e melhore as suas habilidades de programação em SQL. Conte com tutoriais, macros de exemplo, explicação dos planejamentos de consultas. Execute os códigos direto do seu navegador em segundos.

Oracle Database Actions

O Oracle Database Actions (antigo SQL Developer Web) é uma interface baseada na web que fornece recursos de desenvolvimento, ferramentas de dados, administração e monitoramento para o Oracle Database. Ele está disponível com o Oracle Autonomous Database e incluído no download do Oracle REST Data Services (ORDS) para on-premises.

Tipos de dados

Dados e documentos JSON

O Oracle Database fornece APIs para a manipulação de dados JSON e suporte para armazenamento nativo de dados JSON. Essas APIs permitem que você analise, proteja e realize outras operações nos dados em JSON.

Banco de dados espacial da Oracle

O banco de dados espacial da Oracle está disponível no Oracle Database. Ele permite que desenvolvedores e analistas comecem facilmente com análises de inteligência de localização e serviços de mapeamento. Ele permite que profissionais de sistemas de informações geográficas (GIS) implementem aplicações geoespaciais avançadas com êxito. As organizações podem gerenciar diferentes tipos de dados geoespaciais, executar centenas de operações analíticas espaciais e usar ferramentas de visualização de mapas interativos com os recursos espaciais do Oracle Autonomous Database e do Oracle Database.

Banco de dados para gráficos e análises de gráficos

O banco de dados gráfico da Oracle está disponível no banco de dados convergente da Oracle. Permitindo que os usuários de gráficos usem os dois modelos mais populares: gráficos proprietários e RDF. Desenvolvedores, analistas e cientistas de dados podem explorar relacionamentos de dados usando consultas de gráficos e realizar análises de gráficos usando algoritmos de gráficos pré-construídos para reunir insights de negócios, como fazer recomendações, encontrar comunidades, correspondência de padrões, identificar fraudes e outras anomalias. O Graph Studio no Oracle Autonomous Database fornece uma interface de dados de gráficos totalmente gerenciada e automatizada que facilita a criação e a consulta de gráficos. Ele oferece ampla análise de gráficos e suporte a consultas de gráficos com notebooks avançados e visualizações interativas.

Oracle XML Database

O Oracle XML Database (XML DB) permite armazenar e manipular dados em XML de forma nativa. Ele fornece análises e relatórios complexos de dados, alto desempenho e escalabilidade, proteção de dados e controle de acesso.

DevOps

Kubernetes Operator

Oracle Database Operator for Kubernetes (também OraOperator) estende a API do Kubernetes com definições personalizadas de fonte e controles para automatizar as operações dos Oracle Databases. O Kubernetes se tornou a estrutura de código aberto mais popular e onipresente para automatizar pipelines de integração contínua e entrega contínua (CI/CD).

Observabilidade unificada

Observabilidade completa do desenvolvimento de aplicação, incluindo camada de aplicações, camada intermediária e camada de dados. Métricas, logs e rastreamentos são coletados e analisados com o Prometheus, usando o Grafana como painel de monitoramento.

Real Application Security

O Oracle Database Real Application Security Administration (RASADM) permite criar políticas de segurança de dados do Real Application Security usando uma interface gráfica do usuário.

A Real Application Security gerencia a segurança da aplicação para todos os usuários da aplicações, e não apenas aos usuários dos bancos de dados. Ele permite que a identidade do usuário da aplicação seja conhecida durante a aplicação da segurança. Com o Real Application Security, os desenvolvedores podem gerenciar a segurança para tarefas no nível da aplicação e devolver a segurança à camada do banco de dados, de forma incremental ou de uma só vez.

Java Database Connectivity

O Java Database Connectivity (JDBC) é um padrão Java que fornece a interface para conectar aplicações Java a bancos de dados relacionais. Além de oferecer suporte às interfaces de programação de aplicação (APIs) JDBC padrão, o Oracle JDBC também fornece extensões para oferecer suporte a tipos de dados específicos da Oracle e aprimorar o desempenho de aplicações Java que se conectam ao banco de dados Oracle.

Histórias de sucessos de clientes com AppDev com Oracle Database convergente

Explore todas as histórias de clientes
A Exelon Corporation eleva o patamar da experiência do cliente com o Oracle Mobile Cloud Enterprise
A Epsilon melhora a escalabilidade, o desempenho e a disponibilidade com o Oracle Sharding
Usando sensores de raio-x em enormes escavadeiras, a MineSense envia dados de IoT para o Oracle Autonomous Database, que ajuda a aumentar a precisão das operações nas minas.
A empresa de mídia externa com sede em Nova York usa o Oracle Autonomous Database e o Oracle Analytics, incorporando dados de terceiros mais rápido para orientar os clientes sobre como investir em publicidade com eficiência.
A NHSBSA usa machine learning para melhorar os resultados dos clientes, otimizar os processos internos e reduzir fraudes. Ela conseguiu alcançar o montante de £1 bilhão em economias anuais.
A Siemens Mobility reduziu os custos em 90% e melhorou o tempo de lançamento no mercado usando o Autonomous Transaction Processing para integrar dados de várias fontes, fornecendo aos gerentes de projeto informações precisas em tempo real.

Benefícios do AppDev com o Oracle Database

  • Recursos de dados convergentes

    Os padrões de arquitetura de dados convergentes fornecem convergência em várias dimensões de uma pilha de aplicação, permitindo que você execute uma consulta em vários tipos de dados juntos, trabalhe com dados operacionais e análises com IA/ML, desenvolva em vários idiomas e implemente em várias nuvens. O DevOps fica simplificado com uma arquitetura de banco de dados em contêineres, gerenciado pelo Kubernetes.

  • Integridade de dados e eventos

    Suporte para transações ACID em uma variedade de dados no banco de dados convergente da Oracle, com programação em linguagem de escolha e mensagens/eventos transacionais integrados.

  • Observabilidade unificada

    Métricas e logs são coletados e analisados em todos os níveis, de aplicativo, intermediário e de dados, todos unificados para que o desenvolvedor simplifique a depuração e o ajuste de desempenho.

  • Segurança de dados e aplicativos simplificada

    Integra segurança para funções de aplicativos com segredos do Kubernetes usando cofres para senhas com avaliação de segurança de dados, mascaramento e criptografia.

4 de setembro de 2021

Desenvolvendo microsserviços orientados a eventos em Java, JavaScript, Python, .NET e Go with AQ/TEQ no Oracle Database

Paul Parkinson, Desenvolvedor Porta-Voz, Oracle

Os microsserviços usam cada vez mais arquiteturas orientadas a eventos para comunicação, e é por isso que muitos sistemas orientados a dados também estão empregando um padrão de fornecimento de eventos de uma forma ou de outra. É quando as alterações de dados são enviadas por meio de eventos que descrevem a alteração de dados recebida pelos serviços interessados. Os dados são provenientes dos eventos e da origem de eventos, em geral, move a origem da verdade dos dados para o broker de eventos. Isso se encaixa perfeitamente no paradigma de desacoplamento dos microsserviços.

Blogs do Oracle Database em destaque

Ver tudo

Primeiros passos no desenvolvimento de aplicações com Oracle Database

 

Oracle LiveLabs for AppDev

Crie aplicativos de demonstração a partir do Oracle Database no Oracle LiveLabs for AppDev.

 

Entre em contato

Tem interesse em saber mais? Fale com um de nossos especialistas.