Não foi possível encontrar uma correspondência para sua pesquisa.

Sugerimos que você tente o seguinte para ajudar a encontrar o que procura:

  • Verifique a ortografia da sua pesquisa por palavra-chave.
  • Use sinônimos para a palavra-chave digitada; por exemplo, tente “aplicativo” em vez de “software.”
  • Inicie uma nova pesquisa.

O Que é Computação em Nuvem?

Computação em nuvem definida

Em termos simples, a computação em nuvem permite alugar, em vez de comprar sua TI. Em vez de investir pesadamente em bancos de dados, software e hardware, as empresas optam por acessar seu poder de computação pela Internet ou nuvem e pagar por isso à medida que o usam. Esses serviços em nuvem agora incluem, mas não estão limitados a, servidores, armazenamento, bancos de dados, rede, software, análise avançada e inteligência de negócios.

A computação em nuvem fornece velocidade, escalabilidade e flexibilidade que permite às empresas desenvolver, inovar e oferecer suporte a soluções de TI de negócios.

Noções básicas de computação em nuvem

Quando uma empresa escolhe "migrar para a nuvem", isso significa que sua infraestrutura de TI é armazenada externamente, em um data center mantido pelo provedor de computação em nuvem. Um provedor de nuvem líder do setor tem a responsabilidade de gerenciar a infraestrutura de TI do cliente, integrar aplicativos e desenvolver novos recursos e funcionalidades para acompanhar as demandas do mercado.

Para os clientes, a computação em nuvem oferece mais agilidade, escala e flexibilidade. Em vez de gastar dinheiro e recursos em sistemas de TI legados, os clientes podem se concentrar em tarefas mais estratégicas. Sem fazer um grande investimento antecipado, podem acessar rapidamente os recursos de computação que necessitam - e pagar apenas pelo que usam.

Benefícios da computação em nuvem

Existem várias tendências impulsionando os negócios - em todos os setores - para a nuvem. Para a maioria das organizações, a forma atual de fazer negócios pode não oferecer agilidade para crescer ou pode não fornecer plataforma ou flexibilidade para competir. A explosão de dados criados por um número crescente de empresas digitais está elevando o custo e a complexidade do armazenamento do data center para novos níveis – exigindo novas ferramentas de habilidades e análises da TI.

Modernas soluções em nuvem ajudam as empresas a enfrentar os desafios da era digital. Em vez de gerenciar sua TI, as organizações têm a capacidade de responder rapidamente a um cenário de negócios mais rápido e complexo.

A computação em nuvem oferece uma alternativa superior à tecnologia da informação tradicional, incluindo estas áreas:

  • Custo - elimine despesas de capital
  • Velocidade - provisione instantaneamente espaço para desenvolvimento e teste
  • Escala global - escale elasticamente
  • Produtividade - maior colaboração, desempenho previsível e isolamento do cliente
  • Desempenho - melhor preço/desempenho para cargas de trabalho nativas da nuvem
  • Confiabilidade - sistemas tolerantes a falhas, escaláveis e distribuídos em todos os serviços

Tipos de computação em nuvem

Existem três tipos de nuvens: pública, privada e híbrida. Cada tipo requer um nível diferente de gerenciamento do cliente e fornece um nível diferente de segurança.

Nuvem pública

Em uma nuvem pública, toda a infraestrutura de computação está localizada nas instalações do provedor de nuvem, que fornece serviços ao cliente pela Internet. Clientes não precisam manter sua própria TI e podem adicionar rapidamente mais usuários ou capacidade de computação, conforme necessário. Neste modelo, vários locatários compartilham a infraestrutura de TI do provedor de nuvem.

Nuvem privada

Uma nuvem privada é usada exclusivamente por uma organização. Pode ser hospedada no local da organização ou no data center do provedor de nuvem. Uma nuvem privada fornece o mais alto nível de segurança e controle.

Nuvem híbrida

Como o nome sugere, uma nuvem híbrida é uma combinação de nuvens pública e privada. Geralmente, os clientes de nuvem híbrida hospedam seus aplicativos críticos de negócios em seus próprios servidores para mais segurança e controle, e armazenam seus aplicativos secundários no local do provedor de nuvem.

Multinuvem

A principal diferença entre nuvem híbrida e multinuvem é o uso de diversos dispositivos de armazenamento e computação em nuvem em uma única arquitetura.

Serviços de computação em nuvem

Existem três tipos principais de serviços em nuvem: software como serviço (SaaS), plataforma como serviço (PaaS) e infraestrutura como serviço (IaaS). Não existe uma abordagem única para a nuvem; trata-se de encontrar a solução certa para suportar seus requisitos de negócios.

SaaS

SaaS é um modelo de entrega de software no qual o provedor de nuvem hospeda os aplicativos do cliente no local do provedor de nuvem. O cliente acessa esses aplicativos pela Internet. Em vez de pagar e manter sua própria infraestrutura de computação, clientes SaaS aproveitam a assinatura do serviço em uma base de pagamento conforme o uso.

Muitas empresas consideram o SaaS a solução ideal porque permite que elas sejam colocadas em funcionamento rapidamente com a tecnologia mais inovadora disponível. As atualizações automáticas reduzem o ônus sobre os recursos internos. Os clientes podem dimensionar os serviços para suportar cargas de trabalho flutuantes, adicionando mais serviços ou recursos que eles desenvolvam. Um pacote de nuvem moderno oferece software completo para todas as necessidades de negócios, incluindo experiência do cliente, gerenciamento de relacionamento com o cliente, atendimento ao cliente, planejamento de recursos empresariais, compras, gerenciamento financeiro, gerenciamento de capital humano, gerenciamento de talentos, folha de pagamento, gerenciamento da cadeia de suprimentos, planejamento empresarial e mais.

PaaS

PaaS oferece aos clientes a vantagem de acessar as ferramentas de desenvolvedor de que precisam para construir e gerenciar aplicativos móveis e da web sem investir - ou manter - a infraestrutura subjacente. O provedor hospeda os componentes de infraestrutura e middleware e o cliente acessa esses serviços por meio de um navegador web.

Para ajudar na produtividade, o PaaS da Oracle oferece as soluções PaaS que precisam ter componentes de programação prontos para uso que permitem aos desenvolvedores criar novos recursos em seus aplicativos, incluindo tecnologias inovadoras, como inteligência artificial (IA), chatbots, blockchain e Internet das Coisas (IoT). Os serviços PaaS também incluem soluções para analistas, usuários finais e administradores de TI profissionais, incluindo análise avançada de big data, gerenciamento de conteúdo, gerenciamento de banco de dados, gerenciamento de sistemas e segurança.

IaaS

IaaS permite que os clientes acessem serviços de infraestrutura sob demanda pela Internet. A principal vantagem é que o provedor de nuvem hospeda os componentes de infraestrutura que fornecem processamento, armazenamento e capacidade de rede para que seus assinantes possam executar suas cargas de trabalho na nuvem. O assinante da nuvem é geralmente responsável por instalar, configurar, proteger e manter qualquer software em soluções nativas na nuvem, como banco de dados, middleware e software de aplicativo.

Como a computação em nuvem fomenta a inovação

Os clientes da nuvem se beneficiam de ter automaticamente as últimas inovações e tecnologias emergentes incorporadas em seus sistemas de TI, porque o provedor de nuvem assume o trabalho de desenvolver novos recursos.

É sobre a velocidade da inovação. Com o provedor de nuvem certo, os clientes podem aproveitar uma arquitetura moderna de computação em nuvem para inovar com mais rapidez, aumentar a produtividade e reduzir custos. Melhor ainda, a escolha de um provedor de nuvem que oferece uma arquitetura de nuvem integrada (SaaS, PaaS e IaaS) dá às empresas a capacidade de passar das operações à inovação e entregar novos aplicativos e serviços, incluindo o uso de tecnologias inovadoras, como inteligência artificial (IA), chatbots, blockchain e a Internet das Coisas (IoT). As empresas podem aproveitar a abundância de dados para obter informações preditivas sobre seus negócios e, em última análise, gerar melhores resultados para seus clientes.

Como a segurança na nuvem gera confiança

A mudança para a nuvem elimina as dores de cabeça e os custos de manutenção da segurança de TI. Um provedor de nuvem experiente investe continuamente na mais recente tecnologia de segurança – não apenas para responder a ameaças potenciais, mas também para permitir que os clientes atendam melhor às suas exigências regulatórias.

Os melhores provedores de nuvem investem em todas as camadas de segurança em nuvem como parte de seu projeto geral nas regiões globais de data center. Essa abordagem de nuvem segura multicamadas oferece segurança no nível que o negócio do cliente exige.

Como a nuvem conecta os processos de negócios

Os processos de negócios descrevem como o trabalho é feito do início ao fim. Eles são uma boa maneira de descrever como as pessoas estão trabalhando juntas hoje, como gostariam de trabalhar juntas de maneira ideal e como seu trabalho será moldado com a introdução de novas tecnologias de nuvem. Com uma solução de nuvem integrada, as organizações estão mais bem equipadas para gerenciar e avaliar os custos e benefícios dos projetos de tecnologia.

Para organizações que lutam contra processos comerciais desconectados e silos de dados, a nuvem oferece uma maneira de transformar suas operações de negócios. Com a nuvem, não há necessidade de reinventar a roda do processo. Os pacotes completos de aplicativos em nuvem não são modulares, mas sim conectados, eliminando silos de dados e permitindo integração e decisões de negócios inteligentes.

Encontrar um provedor de nuvem que forneça todas as três camadas da nuvem - de maneiras conectadas e sem precedentes - é essencial. Além disso, as empresas precisam de uma plataforma completa e integrada com soluções inteligentes em todas as camadas.

Como funciona o consumo da nuvem

Da perspectiva do usuário final, o consumo de nuvem significa usar um aplicativo em nuvem ou consumir infraestrutura em nuvem. Independentemente da localização do recurso, no entanto, entender o uso e o consumo dos recursos da infraestrutura continua crítico, porque representa a capacidade de uma organização de atender aos clientes, inovar e reduzir despesas operacionais.

O consumo é definido como o ato de usar um recurso. Este conceito parece bastante simples quando aplicado à nuvem, mas a implementação difere de acordo com os provedores de serviço. Entender o que exatamente significa consumir um recurso aumenta a complexidade. Os melhores provedores de nuvem ajudarão seus clientes a entender claramente o custo de seus serviços de nuvem e o que eles podem esperar pagar pelo consumo desses serviços.

Por que a computação em nuvem permanece indefinida para alguns

Muitas organizações hoje ainda estão decidindo se devem ou não migrar suas cargas de trabalho on-premises para a nuvem. Para a maioria das organizações, a promessa de sistemas de informações baseados em nuvem e sem problemas continua sendo uma meta indescritível. Embora a tecnologia de nuvem seja difundida, as instalações atuais consistem principalmente em novos aplicativos em nuvens privadas gerenciadas pela equipe de TI interna. A grande maioria dos aplicativos e infraestrutura corporativos ainda permanece on-premises, embora isso esteja mudando rapidamente.

No entanto, os líderes de TI muitas vezes hesitam em mover aplicativos essenciais para as mãos de provedores de serviços em nuvem - em parte porque não veem um caminho de migração claro para ativos legados consolidados, mas também porque não têm certeza se os serviços de nuvem pública estão prontos para atender às necessidades da empresa. Eles estão certos em serem céticos: A maioria das ofertas de nuvem pública é caracterizada por opções de implementação insuficientes, compatibilidade limitada entre sistemas on-premises e em nuvem, além de uma falta de recursos de gerenciamento de nível empresarial.

Como a Oracle ajuda você a migrar para a nuvem

A plataforma de computação em nuvem líder do setor da Oracle pode ajudá-lo a migrar facilmente para a nuvem enquanto reduz os custos de modernização de TI. Sua empresa pode preservar seus investimentos existentes com ferramentas familiares e você não precisa reescrever o código para migrar seus ativos de software. A capacidade elástica por meio do "estouro da nuvem" oferece a capacidade de que você precisa sem ter que assinar excessivamente. A maior economia vem da eliminação das despesas de capital, elevando e transferindo cargas de trabalho inteiras para a nuvem e aposentando ativos do data center.